Marinha do Brasil divulga fotos do resgate de refugiados, pela corveta Barroso,...

Marinha do Brasil divulga fotos do resgate de refugiados, pela corveta Barroso, no Mediterrâneo

2107
10

Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 3 facebook MB

Neste sábado, 5 de setembro, a página da Marinha do Brasil no Facebook divulgou imagens do resgate realizado pela Corveta Barroso. Segundo a Marinha, o navio resgatou 220 refugiados de uma embarcação em risco no Mar Mediterrâneo, e a maioria das pessoas salvas é composta por mulheres e crianças, dentre elas quatro bebês, todos bastante debilitados.

Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto facebook MB Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 6 facebook MB

Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 7 facebook MB

O texto que acompanha as fotos ressaltou que,  sob a forte comoção provocada pelas imagens dessa semana em uma praia da Turquia, algumas ações, como essa da corveta Barroso, amenizam o sentimento de tristeza diante da crise humanitária que tem provocado tantas mortes.

Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 8 facebook MB Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 5 facebook MB Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 4 facebook MB Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 2 facebook MB

Também foi divulgada uma declaração do comandante do navio, capitão de fragata Alexandre Amendoeira Nunes: “Me sinto apenas um cidadão, um servidor da Marinha do Brasil. Sinto muito orgulho do que faço perante o Brasil. Nada de heroísmo, apenas a nossa função de salvaguarda da vida no mar, como somos treinados desde os bancos escolares. Não considero isso heroísmo, mas parte do nosso dever na Marinha do Brasil.”

Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 9 facebook MB Barroso - resgate refugiados Mediterraneo - foto 10 facebook MB

10 COMMENTS

  1. Mesmo com todas as dificuldades operativas e tudo que se fala, ainda temos orgulho da nossa MB.

    Bravo Zulu.

    Mundo estranho este, queremos livre circulação de mercadorias, mas consideramos nosso próximo um “ilegal”.

  2. Prezados,

    O Comandante da Marinha, AE Eduardo Bacellar Leal Ferreira determinou ontem, dia 08 de setembro de 2015, por meio das Portarias nº 388, nº 390, nº 391 que autoriza os militares que irão participar dos Grupos de Fiscalização, Apoio e Recebimento do Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia” – A nova designação é NDM – a partirem para Toulon.

    No dia 04 de setembro, o Capitão-de-Mar-e-Guerra LUIS FELIPE MONTEIRO SERRÃO, encarregado do Grupo de Fiscalização e Apoio (GFA) do Navio Doca Multipropósito “Bahia”, partiu para Paris e posteriormente irá para Toulon.

    No próximo dia 14 de setembro, partirão os oficiais que farão parte do Subgrupo ALFA do GFA do Navio Doca Multipropósito “Bahia”. A missão do GFA será: executar tarefas, que transcendam às atividades intranavio, durante o processo de obtenção do NDM “Bahia”, incluindo o gerenciamento dos recursos financeiros no exterior, a programação e realização dos cursos e treinamentos, a fiscalização técnica do Contrato, a obtenção de equipamentos, serviços e sobressalentes, além do apoio administrativo ao pessoal envolvido no recebimento do navio.

    Este Grupo de Fiscalização e Apoio (GFA) do Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia” será formado por 1 CMG – LUIS FELIPE MONTEIRO SERRÃO; 1 CF – LUIS EDUARDO SOARES FRAGOZO ; 1 CC (IM) – LUIZ GUSTAVO PRINCIPE CANEDO; 4 CC/CT (EN); 1 CT; e 2 SO.

    O Grupo de Recebimento (GR) do Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”, inicialmente funcionando no Brasil e, oportunamente, transferido para a França, ficará subordinado à Diretoria-Geral do Material da Marinha, enquanto instalado no Rio de Janeiro, e ao Grupo de Fiscalização e Apoio (GFA), quando em Toulon, será composto por Oficiais e Praças da futura Tripulação do NDM “Bahia”.

    O GR do NDM “Bahia” deverá ficar em Toulon até a incorporação do navio à MB, prevista para ocorrer em 31 de dezembro de 2015.

    Abraços

  3. Prezados,

    Seguem abaixo as Portarias publicadas hoje no Diário Oficial:

    COMANDO DA MARINHA
    GABINETE DO COMANDANTE
    PORTARIA No 388/MB, DE 8 DE SETEMBRO DE 2015

    O COMANDANTE DA MARINHA, no uso das atribuições que lhe confere o inciso VII do art. 1º do Decreto nº 2.790, de 29 de setembro de 1998, combinado com os art. 4º e 19 da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999, alterada pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010, resolve:

    Art. 1º Designar os militares abaixo relacionados para as seguintes missões no exterior:
    I – Pessoal:
    Capitão-de-Mar-e-Guerra LUIS FELIPE MONTEIRO SERRÃO (Encarregado).
    Missão – Integrar o Grupo de Fiscalização e Apoio (GFA) do Navio Doca Multipropósito “Bahia”.
    Local – Paris e Toulon (França).

    Período – de 10 a 18 de setembro de 2015, em Paris, e de 19 de setembro a 22 de dezembro de 2015, em Toulon, podendo se ausentar do País a partir do dia 4 de setembro de 2015 e retornar ao País até o dia 31 de dezembro de 2015.

    II – Pessoal:
    Capitão-de-Fragata LUIS EDUARDO SOARES FRAGOZO (Oficial de Logística);
    Capitão-de-Corveta (IM) LUIZ GUSTAVO PRINCIPE CANEDO (Oficial de Abastecimento); e
    Capitão-Tenente VINÍCIUS BARCELOS RANGEL (Ajudante do Oficial de Logística).
    Missão – Integrar o Subgrupo ALFA do GFA do Navio Doca Multipropósito “Bahia”.
    Local – Toulon (França).
    Período – de 14 de setembro a 22 de dezembro de 2015, podendo se ausentar do País a partir do dia 8 de setembro de 2015 e retornar ao País até o dia 31 de dezembro de 2015.

    Art. 2º As referidas missões são enquadradas como transitórias, militares, com mudança de sede, sem dependentes e inferiores a seis meses, de acordo com a alínea b do inciso I e alínea b do inciso II do art. 3º, e inciso VI do art. 5º da Lei nº 5.809, de 10 de outubro de 1972, regulamentada pelo Decreto nº 71.733, de 18 de janeiro de 1973.

    Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na presente data.

    EDUARDO BACELLAR LEAL FERREIRA

    PORTARIA No 390/MB, DE 8 DE SETEMBRO DE 2015

    O COMANDANTE DA MARINHA, no uso das atribuições que lhe conferem os art. 4º e 19 da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999, alterada pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010, e o art. 26, inciso V, do Anexo I ao Decreto nº 5.417, de 13 de abril de 2005, resolve:

    Art. 1º Instituir, em caráter temporário, o Grupo de Recebimento (GR) do Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”, inicialmente funcionando no Brasil e, oportunamente, transferido para a França.

    I – Missão: Executar as tarefas referentes ao recebimento do navio, a fim de incorporá-lo à Marinha do Brasil (MB);
    II- Local: Rio de Janeiro-RJ e Toulon, França;
    III – Período: da presente data até o dia de incorporação do navio à MB;
    IV- Subordinação: Será subordinado à Diretoria-Geral do Material da Marinha, enquanto instalado no Rio de Janeiro, e ao Grupo de Fiscalização e Apoio (GFA), quando transferido para Toulon, França; e
    V- Composição: Será composto por Oficiais e Praças da futura Tripulação do NDM “Bahia”.

    Art. 2º O GR, quando na França, será apoiado pelo GFA.

    Art. 3º Nomear o Capitão-de-Fragata ALEXANDRE ITIRO VILLELA ASSANO para exercer o cargo de Encarregado do GR do NDM “Bahia”.

    Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na presente data.

    EDUARDO BACELLAR LEAL FERREIRA

    PORTARIA No 391/MB, DE 8 DE SETEMBRO DE 2015

    O COMANDANTE DA MARINHA, no uso das atribuições que lhe conferem os art. 4º e 19 da Lei Complementar nº 97, de 9 de junho de 1999, alterada pela Lei Complementar nº 136, de 25 de agosto de 2010, e o art. 26, inciso V, do Anexo I ao Decreto nº 5.417, de 13 de abril de 2005, resolve:
    Art. 1º Instituir, em caráter temporário, o Grupo de Fiscalização e Apoio (GFA) do Navio Doca Multipropósito (NDM) “Bahia”.

    I- Missão: executar tarefas, que transcendam às atividades intranavio, durante o processo de obtenção do NDM “Bahia”, incluindo o gerenciamento dos recursos financeiros no exterior, a programação e realização dos cursos e treinamentos, a fiscalização técnica do Contrato, a obtenção de equipamentos, serviços e sobressalentes, além do apoio administrativo ao pessoal envolvido no recebimento do navio;
    II- Local: Paris e Toulon, França;
    III- Período: da presente data até o término das tarefas para o recebimento do navio; e
    IV- Subordinação: O GFA ficará subordinado à Diretoria- Geral do Material da Marinha, que mantém a supervisão funcional do processo de obtenção do NDM “Bahia”.

    Art. 2º O GFA será apoiado administrativamente pela Comissão Naval Brasileira na Europa e pelo Adido Naval na França e na
    Bélgica.

    Art. 3º O GFA terá a seguinte composição:
    – 1 CMG;
    – 1 CF;
    – 1 CC (IM);
    – 4 CC/CT (EN);
    – 1 CT; e
    – 2 SO.

    Art. 4º Nomear o Capitão-de-Mar-e-Guerra LUIS FELIPE MONTEIRO SERRÃO para exercer o cargo de Encarregado do GFA do NDM “Bahia”.

    Art. 5º O GFA será extinto mediante proposta da Diretoria-Geral do Material da Marinha.

    Art. 6º O Diretor-Geral do Material da Marinha e o Diretor-Geral do Pessoal da Marinha estão autorizados a baixar os atos complementares que se fizerem necessários à execução desta Portaria.

    Art. 7º Esta Portaria entra em vigor na presente data.

    EDUARDO BACELLAR LEAL FERREIRA

LEAVE A REPLY