liaoning-new-1

Os chineses divulgaram novas fotos de operações aéreas com jatos J-15 (cópia chinesa do Su-33) a bordo do seu porta-aviões “Liaoning”.

Aos poucos a China vai desenvolvendo sua doutrina de operação que vai estar presente nos futuros porta-aviões atualmente em construção.

Para quem há poucos anos não sabia nada de aviação naval de asa-fixa, até que está se saindo muito bem.

liaoning-new-2

liaoning-new-3

liaoning-new-4

liaoning-new-5

liaoning-new-6

liaoning-new-7

liaoning-new-8

liaoning-new-9

11 COMMENTS

  1. Recordo muito bem que em meados de 2010 a noticia era de uma parceria entre MB e PLAN, parceria esta em que a MB ensinaria a doutrina de operações aéreas de ANVs de asa fixa em NAe, resumindo, que a MB ensinaria a PLAN a operar porta aviões e jatos embarcados, e na esquadra corria o boato de que o A-12 navegaria para a China para prover a devida instrução aos tripulantes do futuro porta aviões chinês que estava em estado de “reconstrução” em cima do casco do inacabado ex-Variag, resumindo, passaram-se 6 anos, o “Chão” Paulo (como comumente é chamando o São Paulo na esquadra) continua parado, e a modernização dos AF-1 ainda não terminou (não temos nenhum modernizado disponivel), enquanto o Liaoning e os J-15 dispensam adjetivos, resumindo, sorte a deles que não aprenderam conosco pois corriam o grande risco de estarem como estamos hoje.

  2. Muito mais que nós! E se estas cópias (j-15) são fido dignas, com poucos vetores, se tem um excelente nael de respeito.
    Agora, se conseguirem por em funcionamento as catapultas magnéticas nos futuros porta aviões, é de se temer…..
    O que produção em massa e engenharia reversa pode fazer não!!

  3. Perdão Willhorv, mas é até um pouco de falta de respeito chamar o Liaoning de NAeL (Navio Aerodromo Ligeiro), enquanto o termo correto devido ao deslocamento seria NAe (Navio Aerodromo) por se tratar de um NAe de Esquadra.

  4. Agora eles tomarão o Brazil para poder chegar até o Paraguay e finalmente prove-los de praia própria. Ou seria a Bolívia ?
    O que grana e trabalho escravo fazem né !

  5. O que planejamento não faz é amigos, uma década atrás isso seria motivo de piada e tudo mais. Hoje se traduz numa realidade que vem deixando os especialistas de cabelo em pé vide o acelerado desenvolvimento da aviação naval chinesa.

    Com a entrada de um porta aviões dotado de catapultas vamos ver uma nova e bem variada gama de aeronaves entrando em serviço, para quem acompanha mais de perto as notícias sobre a industria militar chinesa sabe do que estou falando. Aeronaves AEW/COD entre outras fazem parte deste avanço significativo e preocupante para os vizinhos e ocidente.

  6. Correção ao amigo Airacobra: Foram modernizados dois AF-1, inclusive o acidente que ocorreu com o jato da marinha ocorreu entre os dois modelos modernizados, agora um encontra-se no fundo do mar em local indefinido e outro encontra-se na base aérea naval sabe-se lá em que estado, pois a MB até agora não liberou nenhuma imagem do mesmo (não consigo entender o pq).

  7. E pensar que no início dos anos 2000 a China nem mesmo tinha uma Marinha de Águas Azuis efetiva. Em breve poderia apostar que vão começar construção de navios de desembarque, se é que já não iniciaram e eu perdi a notícia. Mas isso tudo é planejamento e o fato de que não precisam se preocupar com a opinião pública.

  8. Boa tarde Jodreski, quando disse que a modernização dos AF-1 ainda não terminou me referi aos 12 previstos no contrato, dos quais somente dois foram concluidos e entregues e nenhum dos 2 está operativo no momento (um PT no fundo do mar e o outro sobrevivente em SPA como vc bem citou), então resumindo não temos nenhum AF-1 modernizado disponivel (pelo tempo passado ja daria para ter modernizado todos), muito menos o “chão” paulo, enquanto que no mesmo tempo a PLAN ja tem o Liaoning modernizado e bem armado e mais de meia duzia de J-15 operando.

LEAVE A REPLY