Santos recebe dois veículos anfíbios da Marinha

Santos recebe dois veículos anfíbios da Marinha

5351
18

Eles estavam a bordo do navio ro-ro Torrens, que chegou à região nessa quarta-feira

O Porto de Santos recebeu nesta quarta-feira (31) dois veículos anfíbios importados pelo Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil. Eles estavam a bordo do navio ro-ro  (PCTC) inglês Torrens, que chegou à região nessa quarta-feira, às 5 horas, e atracou no Terminal de Exportação de Veículos (TEV) por volta das 12h30.

Os veículos – carros lagarta anfíbios (CLAnf), um na versão para transporte de pessoal e outro na versão comando e controle – foram desembarcados por volta das 13 horas. Toda a operação foi feita pela Wallenius Wilhelmsen Logistics, do Grupo Wilhelmsen, o proprietário do cargueiro.

O navio, que veio de Paranaguá (PR), zarpou no final da noite com destino à Vitória (ES). Os CLAnf foram embarcados em Galveston, nos Estados Unidos. Segundo a Marinha, os veículos foram levados para o Centro Tecnológico do Corpo de Fuzileiros Navais, no Rio de Janeiro.

A Armada ainda informou que eles foram adquiridos junto à Marinha dos Estados Unidos. O contrato prevê a entrega de mais 21 unidades até o próximo ano.

FONTE: A Tribuna

SAIBA MAIS:

Foto: Henrique do Nascimento Ferrinho

18 COMMENTS

  1. Esse tipo de veiculo não é para desembarques anfíbios em praias inimigas ? qual utilidade uma marinha que não tem capacidade expedicionária pode tirar deles ?

  2. Se compra, reclamam porque comprou…se não compram, reclamam porque não compraram…Se for novo está superfaturado, senão é obsoleto…como é fácil a vida de crítico blogueiro…coitado do operacional que tem que equilibrar orçamento e condições de manutenção do equipamento a ele confiado…abs ao FD.

  3. Total no inventário é ou será de 49 unidades. Sendo a força na América do Sul com mais unidades.

    CM

  4. Lord Nelson: Não são velharia, estão no mesmo nível técnico dos Clanfs do USMC, estes foram totalmente remanufaturados, só aproveitaram o chassis.
    Claudio Moreno: O CFN tem alguns mais antigos que serão descartados pois tem problemas estruturais e não é viável economicamente recuperar.

    g abraço

  5. caramba AAV7 ferro velho ? carai tamo fudido, o que seria estado da arte então ? Sabe fiquei tentando conjecturar como uim AAVT7 poderia ser um ferrovelho, mas não consegui, ainda mais modernizado …

  6. aaaaahhhhh mais o Brasil poderia está adquirindo esses ai mais “moderninhos”.
    – Pois é, mas nem o USMC tá com grana apara adquirir todos os que eles querem, parte por causa do ACV, parte por causa da naval air wing, parte por causa do F-35 e parte por falta de grana mesmo. Não tá fácil pra ninguém.

  7. temos condições de obter mais e colocar um canhão de 30mm, ou melhor dizendo obter licença para construí-los? Só hipóteses.

LEAVE A REPLY