Home Indústria Naval NPa Maracanã: sai o vencedor da concorrência para remoção do casco do...

NPa Maracanã: sai o vencedor da concorrência para remoção do casco do Estaleiro Eisa

6550
43
Futuro NPa Maracanã em construção no Estaleiro Eisa, em 2013

A Marinha do Brasil realizou o julgamento das propostas da concorrência para a contratação de empresa especializada na execução dos serviços de remoção e transporte, por via marítima, do casco EI-515 parcialmente construído (futuro Navio Patrulha (NPa) Maracanã) do Estaleiro Ilha S.A. (EISA), com entrega no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), por meio de operações de “Load Out”, transporte marítimo e lançamento.

A proposta vencedora foi a da Tranship Transportes Marítimos Ltda, com o preço global de R$ 2.447.500,00 pelo serviço. A outra proposta era da Locar Guindastes e Transportes Intermodais S.A., que apresentou o preço de R$ 2.735.457,00.

O processo de contratação do serviço pode ser acompanhado aqui.

No final de 2015 o estaleiro EISA encerrou operações e demitiu cerca de três mil funcionários, na Ilha do Governador. Os portões foram lacrados e a presidência do estaleiro – controlado pela holding Synergy Shipyards -, justificou o corte de pessoal pelos impactos da recessão econômica e da operação Lava-Jato. O Estaleiro Ilha S.A (Eisa) confirmou na mesma época em nota que tinha entrado com pedido de recuperação judicial.

43
Deixe um comentário

avatar
43 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
20 Comment authors
Fernando "Nunão" De MartiniJodreskiFabio.Adriano MadureiraEParro Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Cassiofrc
Visitante
Cassiofrc

Boa tarde
A Marinha pediu ou vai pedir algum ressarcimento por parte dos antigos controladores do estaleiro?
A reportagem abaixo,informa que o Judiciário nomeou a empresa de consultoria KPMG: http://www.liganaval.poli.ufrj.br/index.php/2017/05/25/httpswww-portosenavios-com-brnoticiasind-naval-e-offshore38923-eisa-tem-novo-administrador-juridico-e-espera-retomar-projetos-de-construcao-ainda-em-2017/

Fabio Souto.
Visitante
Fabio Souto.

Ainda cabe recurso ou a tranship venceu mesmo???

Nunão
Visitante
Nunão

Fabio, está explicado no último documento do link colocado na matéria. Sugiro a leitura, como já sugeri a você outras vezes.
.
Cabe recurso, em até cinco dias úteis a partir da publicação no Diário Oficial.
.
A publicação no DOU foi terça, dia 1/8/2017.
.
Cinco dias úteis, se não errei a conta, acabam na terça-feira que vem, dia 7.

Nunão
Visitante
Nunão
Fabio Souto.
Visitante
Fabio Souto.

Nunão obrigado pela resposta, te perguntoa Locar ainda pode reverter a escolha?

Nunão
Visitante
Nunão

Pode sim…
E também não pode não…
Muito pelo contrário…
Em suma, em licitações tudo pode acontecer, inclusive nada.
Tenha paciência e aguarde terça que vem, Fabio, tem coisa que nem a Mãe Diná, nem o Uri Gueller, nem o matemático Oswald de Souza nem o Padre Quevedo poderiam saber, então é melhor não perguntsr

igortepe
Visitante
igortepe

Quantos classe Macaé foram contratados com a Estaleiro Ilha S.A. (EISA)?
Existe mais algum casco que a construção já está bem avançada?

Nunão
Visitante
Nunão

Resposta 1: cinco
Resposta 2: sim

Fabio Souto.
Visitante
Fabio Souto.

Foram 5 navios, porem so o Npa, esta com a construçao avançada.

Fabio Souto.
Visitante
Fabio Souto.

SO o Npa. Maracana esta com a construçao avançada.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Com o custo do transporte de R$ 2,447 milhões não sei se vale a pena transportar os outros dois cascos da MB existentes no EISA, pois não sei se valem tudo isso.

Se custam menos do que isso, compensa começar do zero em um estaleiro conceituado e com as finanças em ordem. Até mesmo partir para outro modelo de NaPa500.

Nunão
Visitante
Nunão

Igortepe e Fabio, a informação que tenho é que o futuro NPa Mangaratiba tinha cerca de 40% de suas obras concluídas quando a construção foi interrompida. Isso significa que boa parte do casco estava pronta.
.
Temos fotos de dois anos antes da interrupção definitiva em que a seção de proa estava bem adiantada, e outras seções iniciadas.

Nunão
Visitante
Nunão

Ops, dois anos não. Um ano antes dos atrasos se acumularem.

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

2,5 milhões de reais que poderiam ser usados em outra coisa. É mais dinheiro público gasto para sanar a irresponsabilidade de alguns “ispertos”. Alguém terá que responder financeiramente por isto.
.
O INACE poderia, muito bem, ter sido recontratado para o serviço. Os NAPAs por eles construídos estão navegando. É o que dá tentarem reinventar a roda, ou privilegiar alguns compadres.

wwolf22
Membro
Noble Member
wwolf22

olha as canhoneiras ai !!!!!!!!

Wesley
Visitante
Wesley

R$ 2.447.500,00 para remoção e transporte via marítima??? eu trabalho com logistica, não e minha especialidade esse tipo de transporte, mas achei o valor muito elevado…vai levar esse casco para China????

Fabio Souto.
Visitante
Fabio Souto.

A MB vai comprar 3 rebocadores de alto mar por oportunidade.

Nunão
Visitante
Nunão

Wesley, vc pode clicar no link para os documentos da licitação, no meio da matéria, e dar uma olhada no conjunto de pouco mais de uma dúzia de documentos que trazem detalhes de todo o procedimento etc, incluído nessa remoção e transporte do EISA ao dique Almirante Regis do AMRJ. Aí dá pra entender melhor.

MO
Membro

Se é Tranship, possivelmente vai em cima de uma barcaça

Jeff
Visitante
Jeff

Nada que a nossa própria marinha não pudesse fazer, se tivesse os meios necessários.
Pagar tudo isso para transportar cascos, alguns deles valendo menos que o custo de transporte?

Wellington Góes
Visitante
Wellington Góes

Galante, o que eu soube foi das dificuldades do próprio projeto da Vigilante 400, o qual teria sido entregue incompleto, ou com problemas que não atendiam às demandas da MB, e que exigiu readequação e retrabalho pelo próprio pessoal do INACE e da EMGEPRON. Isto teria gerado os problemas de atraso e, devido ao reprojeto, problemas corriqueiros nas duas primeiras embarcações as quais podemos chamar de protótipos. . Agora tu há de concordar que entre “deixar a desejar” a não ter sequer finalizado uma única embarcação deste segundo lote, vai uma diferença grande, ou não?! A pergunta que não quer… Read more »

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Exato Jeff, temos o dique flutuante Alte Schieck que poderia ser utilizado para isso.

O AMRJ vai terminar os navios?

Oganza
Visitante
Oganza

2.4 milhões para 500 toneladas por uma distância de 10 milhas náuticas (18,5 Km)?
Ou 240 mil reais para cada milha náutica?
Ou pode ser 4,800 reais por tonelada?
.
E ainda querem construir corvetas e fragatas.
.
Reality is a bitch.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Oganza 3 de agosto de 2017 at 20:28
Chamava os Koreas, limpava o EISA, levava tudo para o AMRJ.
Eles concluiam tudo em parceria e ainda entregavam o Arsenal reformado.
Pagando-se lógico.
Pero no tenemos plata.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Oganza,
boa conta a por tonelada.
Vc sabe quanto custa a Ton U$$ desse aço empregado ? Eu sei ! rsrs
Vou parar por aqui….

Aldo Ghisolfi
Visitante

Não existe é respeito com o dinheiro público!
Não questiono o valor da proposta vencedora, o certame foi público, mas penso que não deveria era haver licitação; a MB deveria fazer o carreto, se houvesse competência! Leia-se Marcelo Andrade.
Se houver outra denúncia contra o Temer, o Brasil fecha as portas.

JP
Visitante
JP

A faina para remoção será semelhante ao loudout do submarino, conforme o vídeo. Não é algo barato ou simples de se fazer. Ele deverá ir em uma balsa até o AMRJ, para então ser lançado em algum dique, após obras para garantir sua estanqueidade.

Marcelo Andrade
Visitante
Marcelo Andrade

Show de bola!!! mas tinha que ter essa musiquinha de elevador??? kkkkk

EParro
Membro
EParro

MO 3 de agosto de 2017 at 16:52

Ah! Tranship é “soda” heim?

Forte abraço

Nunão
Visitante
Nunão

JP, segundo documentos da licitação que li, os quais respondiam a dúvidas enviadas pelas empresas que participaram, o dique será o Almirante Regis (o maior dique do AMRJ). . Fica a dúvida se essa docagem do futuro NPa Maracanã, posicionado sobre a balsa de transporte no dique Almirante Regis, será simultaneamente a alguma outra já programada ou será apenas para esse pequeno navio. . Afinal, geralmente se aproveita para docar mais de um, dado o tamanho do dique. Há duas semanas, por exemplo, estavam lá o Ary Rongel e o Almirante Maximiano, além de um classe Grajaú. . Mas não… Read more »

Fabio Souto.
Visitante
Fabio Souto.

Nunão quanto tempo levará para o AMRJ lança o Maracanã no mar?

Nunão
Visitante
Nunão

Não sei, Fabio.
E também não pretendo perguntar a ninguém sobre isso.

Nunão
Visitante
Nunão

Li rapidamente o edital, como havia escrito que faria. O edital está num arquivo zip, disponível no link que está no meio da matéria, junto a diversos outros documentos complementares. . Recomendo a leitura a todos que queiram saber mais sobre o assunto, a complexidade que o edital presume para o serviço, as estimativas constantes no mesmo, além de muitos detalhes técnicos. . Destaco aqui alguns trechos do Anexo 1 do edital, que é um documento de acesso público, disponível no link que indiquei acima a quem quiser ler, apenas para ajudar na discussão sobre o tema (como posso eventualmente… Read more »

igortepe
Visitante
igortepe

Se levaram o casco inacabado para o AMRJ, com certeza é para finalizar a embarcação.
Se a marinha, não fez contratos temporários com funcionários da extinta EISA, já deveria ter feito.
E poderia aproveitar e construir os outros 4 no AMRJ.

Adriano Madureira
Visitante
Adriano Madureira

Não há oque comemorar…

Fabio.
Visitante
Fabio.

Serao 3 meses ou 4 no máximo para o lançamento do navio no mar?

Nunão
Visitante
Nunão

No dique.
Mas como é água salgada, pode dizer que é no mar.

Nunão
Visitante
Nunão

Só um complemento, Fabio: não é pra contar desde agora.
.
Tem que contar a partir da publicação da Autorização para Execução de Serviço (AES) no Diário Oficial da União (DOU).
.
Assim, peço que a partir da semana que vem você comece a entrar todo dia no site do DOU para verificar se foi publicada a AES.
Se publicarem, por favor, avise a gente aqui.
.
Desejo um bom monitoramento pra você.
Link abaixo (sugiro que vc coloque o nome Tranship no campo “informe o termo” do site do DOU, selecione todos os jornais e não deixe de verificar nenhum dia):
.
http://portal.imprensanacional.gov.br

Jodreski
Visitante
Jodreski

Sempre aparece um bonitão aqui dizendo para construir aqui no Brasil, compensa construir aqui? Desde quando ???? Transferência de tecnologia né ?? Fortalecer nossa indústria naval né ?? Ahammm
Por isso sou a favor de construir tudo lá fora de preferência nos estaleiros sul coreanos!

Fabio.
Visitante
Fabio.

Nunão quantos dias levará para o transporte do casco do maracanã ate o AMRJ?

Nunão
Visitante
Nunão

Fabio, só há estimativas. Para saber detalhes dessas estimativas, sugiro que leia os documentos do link.

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Noble Member

A concorrência foi devidamente homologada no último dia 14, então agora é só aguardar a publicação no DOU da Autorização para Execução de Serviço.
http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=16&data=14/08/2017