Home Aviação Naval Marinha do Paquistão lança míssil antinavio Exocet de helicóptero Sea King

Marinha do Paquistão lança míssil antinavio Exocet de helicóptero Sea King

1855
16

A Marinha do Paquistão testou com sucesso um míssil antinavio de seu helicóptero Sea King no norte do mar da Arábia no sábado (23.9).

O almirante Muhammad Zakaullah testemunhou o exercício de lançamento do míssil, informou um comunicado de imprensa divulgado pela Marinha.

O míssil antinavio disparado do helicóptero Sea King para o mar aberto atingiu o alvo com sucesso.

De acordo com o porta-voz da Marinha, Zakaullah disse que a demonstração de lançamento bem-sucedido foi um testemunho da preparação para a guerra da Marinha do Paquistão e suas capacidades profissionais.

O chefe naval também visitou as unidades da frota estacionadas no mar e testemunhou os exercícios marítimos realizados pela frota naval.

“Estou orgulhoso dos preparativos de guerra da frota do Paquistão”, disse Zakaullah, acrescentando que a marinha protegerá as fronteiras marítimas e os interesses do Paquistão a todo custo.

No início de março, a Marinha havia conduzido um teste bem sucedido de um míssil antinavio lançado de terra. Esse teste foi conduzido a partir da região costeira e o míssil conseguiu um acerto no alvo colocado no mar.

A Marinha do Paquistão em maio recebeu os sete helicópteros Westland Sea King multifunção, que havia encomendado ao Reino Unido em 2016.

FONTE: Dawn

16 COMMENTS

  1. Os nossos SK iam para GB para uma baita revisão ?
    Creio que foi o Admiral LM que postou isso ?
    Ótima anv para Navy, muito bom míssil.

  2. Carlos Alberto Soares 25 de setembro de 2017 at 14:24
    C. A., Segundo um Oficial da MB aposentado que postava em outro blog, poucos SK, 3 ou 4 poderiam ser revitalizados ou modernizados, e seria caro de manter.
    Se tivessem estes recursos para modernizar 3 ou 4 SK usariam para comprar mais um SeaHawk.
    Com a crise acho que nem modernização nem novo SeaHawk.

  3. Estranho, o Paquistão deve estar testando o exocet junto ao SK pois, a MB já fazia este tipo de lançamento há anos!!

  4. Walfrido Strobel 25 de setembro de 2017 at 14:51
    Caraca
    Fiz uma tremenda salada, faz parte …. muita coisa acontecendo nos últimos 7 dias,
    falecimento em Família etc ….
    Mas dentro da confusão SK e SL teem sal nas veias.
    ________________________________

    Retiro tudo que escrevi, menos:

    “Gostaria de ver um filme (2) melhorado com nossa Kombosa lançando
    o Exocet e o Harpoon.”
    Cerca da linha d’água.

  5. Para quem não sabe, no dia 11 de novembro de 1992 foi realizado o primeiro lançamento real de um míssil Exocet AM39 a partir de um helicóptero da Marinha do Brasil, com a aeronave SH-3A N-3007 (Guerreiro 07) embarcada no NDD Rio de Janeiro (G 31) contra o casco do ex-CT Mato Grosso, com SSM atingido o alvo a uma distância de 20,2 milhas náuticas (37,4 km).
    .
    Este exercício foi monitorado e acompanhado pelo CASNAV (Centro de Análise de Sistemas Navais).
    .
    São passados quase 27 (vinte e sete) anos e esse tipo de exercício ainda é notícia, enquanto a Marinha do Brasil já aposentou seus ‘Sea King’ ítalo-americanos.
    .
    Em tempo.
    Hoje estamos esperando os ‘super’, ‘mega’, ‘modernosos’ helicópteros H225M para fazer…
    … a mesma coisa que os velhos e aposentados SH-3A.
    .
    Aahhh…
    Mas agora – três décadas depois – é como TOT.
    .
    Sds.,
    Ivan, o Antigo.

  6. Marcelo Andrade 25 de setembro de 2017 at 16:55
    M. A., o Paquistão ja usava 6 Sea Kings desde 1975 e ja usava Exocets com eles, ocorre que compraram e receberam a poucos meses estes 7 Sea King que foram revitalizados pela Vector Aerospace Corp.
    Então fizeram este teste demonstrando e confirmando a capacidade deles tambem lançarem agora os Exocet.

  7. Gente, não existe avião velho. Existe avião defasado! Por mais que o projeto do Sea King seja “antigo”, se ele foi modernizado e está cumprindo aquilo que se espera dele, tudo certo! Ponto final.

    Se vai sair barato manter esse helicóptero voando, em virtude da dificuldade de achar peças de reposição, ferramental e mão de obra especializada, aí são outros 500. Se vai compensar trocar um Sea Hawk novo por 3 modernizações de Sea King, é algo que se pode discutir.

    Como o Sr. Strobel já comentou, os Sea King da MB já estavam em condições desfavoráveis para modernização, apenas 3 ou 4 células poderiam ainda de usadas por tempo suficiente que compensasse o valor gasto. Logo, não havia um bom custo/benefício.

  8. Vi muita gente falando que o Sea King já esta desativado, porém menos o (s) helicóptero (s) presidenciáveis dos EUA né?!?

    Eles continuam muito bem obrigado!

  9. Um adendo aos nobres;

    O caramujal é inferior operacionalmente ao Sea-King uma vez que não pode passar mais de 10 min de vôo pairado. É um tempo muito limitado pra operar um sonar de mergulho. Além de nunca ter disparado nada além de 7.62mm (e dizem ser capaz de C-SAR).

    Mais uma entubada “très chic”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here