Home Marinhas de Guerra Alemanha fica sem submarinos operacionais até 2018

Alemanha fica sem submarinos operacionais até 2018

8166
63
U35

O submarino “U35”, primeiro Type 212A da Marinha alemã, danificou uma das lâminas do seu leme em forma de X durante testes de águas profundas na costa da Noruega.

O U35 está agora no estaleiro TyssenKrupp Marine Systems (TKMS) em Kiel, onde os danos estão sendo avaliados.

De acordo com a Marinha Alemã, o acidente aconteceu no dia 15 de outubro, enquanto o U35 estava realizando testes nas águas desafiadoras da costa de Kristiansand.

Com o U35 fora da água para avaliações, a Alemanha agora não possui submarinos totalmente operacionais à sua disposição. Quatro dos seis submarinos da frota estão no estaleiro em Kiel para vários reparos e revisões.

A Marinha Alemã espera ter de três a quatro submarinos operacionais em meados de 2018.

A disponibilidade limitada de submarinos foi causada pela falta de peças de reposição devido a restrições orçamentárias, segundo a Marinha.

O U35 foi incorporado à Marinha em 23 de março de 2015, como o primeiro submarino melhorado Type 212A especificamente otimizado para desdobramentos em todo o mundo. O submarino possui um reservatório maior, ar condicionado melhorado e um novo sistema de combate.

FONTE: navaltoday.com

Subscribe
Notify of
guest
63 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
AL
AL
2 anos atrás

Rapaz, a coisa tá braba geral… Até tu Alemanha??? Falta de peças para quem os fabrica chega a ser irônico…

LucianoSR71
LucianoSR71
2 anos atrás

Tem um U-Boat tipo XXI bem conservado o Wilhelm Bauer (ex – U-2540 ) de repente c/ uma boa lubrificada …
https://en.wikipedia.org/wiki/German_submarine_Wilhelm_Bauer

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
2 anos atrás

A negligência alemã com suas forças armadas não é de hoje

Walfrido Strobel
2 anos atrás

Os países da OTAN confiam na parceria e naturalmente relaxam.

Ozawa
Ozawa
2 anos atrás

Karl Dönitz deve estar se revirando no túmulo…

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
2 anos atrás

E ainda tem gente aqui que defende a continuidade dessa parceria. Mundo que dá volta!!!

_RR_
_RR_
2 anos atrás

De seis submarinos, nenhum plenamente operacional… Como pode…?

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
2 anos atrás

Gostaria de mais detalhes sobre a quebra do leme. Colidiu com algo? Soltou pecinha?
Disponibilidade de 0% é simplesmente vergonhoso. Falta de prioridades e de planejamento da Marinha Alemã que, numa nação rica, é ainda mais feio.

Flamenguista
Flamenguista
2 anos atrás

Nenhum país tem recursos orçamentários infinitos… Até mesmo usamericanos estão pulando o muro para nao gastar a dobradiça do portão..
SRN

Washington Menezes
Washington Menezes
2 anos atrás

E é assim que a OTAN quer conter a CHINA/ RUSSIA. tá feio.

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
2 anos atrás

Enquanto isso o Tupi S30 está aqui no meu mar.

Loyola Aragao
Loyola Aragao
2 anos atrás

Quem diria, a Alemanha que há 100 anos atrás tinha os mais temidos submarinos do mundo hoje sem nenhum.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
2 anos atrás

“Marcelo Andrade 20 de outubro de 2017 at 15:59
E ainda tem gente aqui que defende a continuidade dessa parceria. Mundo que dá volta!!!”
.
O que tem a ver o c*** com as calças ? Nos explique melhor esse seu ponto de vista

Miguel
Miguel
2 anos atrás

Preocupada mais com seu povo e bem estar da população. Litoral pequeno.

Augusto
Augusto
2 anos atrás

Imagine se essa notícia viesse da França, como haveria choro e ranger de dentes aqui!

Agora… se a Alemanha não tem disponibilidade de seus submarinos, por quê é que o Brasil a teria, do outro lado do mundo, se optasse por seguir a parceria com os alemães?

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

“O U35 foi incorporado à Marinha em 23 de março de 2015, como o primeiro submarino melhorado Type 212A especificamente otimizado para desdobramentos em todo o mundo. O submarino possui um reservatório maior, ar condicionado melhorado e um novo sistema de combate.”
É movido a energia nuclerar ?
_________________________________

Certo, agora o Urso vai atacar, correto ?
_________________________________

Manobras, testes, etc ?
E os sensores e o CMT ?
Falha humana ?

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Linda foto.

Bardini
Bardini
2 anos atrás

Se fosse francês, já teríamos passado dos 200 comentários…

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
2 anos atrás

Se fosse francês, o submarino já teria ganho um novo apelido por seus detratores.
.
Bom, vou aproveitar a deixa: U212A – “O Indisponível”.

CVN76
2 anos atrás

Pelo menos, como boa noticia, o submarino U-31 que estava a uns 3 anos parado em manutençâo, voltou ao serviço ativo….:-)

Renan
Renan
2 anos atrás

Será que o Brasil vai alugar um tupi S30 para eles?
Kkkk
Abraços

camargoer
2 anos atrás

Caro Renan. Excelente comentário. Riso. O risco é eles devolverem no fim do contrato com peças faltando que foram canibalizadas para os seus IKL´s.

marcelo km
marcelo km
2 anos atrás

Por essas e outras, que o Trump reclamou dos parceiros da OTAN. Eles não gastam com suas forças armadas obrigando o Tio Sam a planejar e manter uma frota de 300 navios.

Manock
Manock
2 anos atrás

Por essas e outras que devemos repensar o quão armados realmente precisamos estar. A Alemanha sofre pressões enormes da OTAN pra aumentar seu orçamento militar; redimensionar suas formas armadas… enfim gastar mais dinheiro públicos com defesa. A França não sofre essas pressões, pois já direciona bastante recurso pra manter grande capacidade militar. Bom, se compararmos as economias dos dois países e principalmente a qualidade de vida dos dois povos, veremos que a Alemanha mantém padrões até superiores ao franceses mesmo mantendo forças armadas bem menores e menos capazes que as francesas. Obviamente, que nós brasileiros, mantemos forças armadas cuja capacidade… Read more »

Fernando
Fernando
2 anos atrás

A MB com uma frota de 5 deve ter uns 3 operacionais.

Mercenário
Mercenário
2 anos atrás

A Alemanha tem a situação do pós SGM e a desconfiança da população com qualquer militarização.

Não pode ser comparada com as demais nações europeias.

A Marine Nationale francesa também vem sofrendo cortes, tanto é que tem somente 17 principais combatentes de superfície, em vias de redução para apenas 15, bem como somente 6 submarinos de ataque da década de 80 aguardando substituição pela classe Barracuda.

camargoer
2 anos atrás

Olá Manock
Sua pergunta é extremamente relevante. Inclusive, parte da resposta seria a compra de equipamentos prontos no exterior (mais barato e rápido) ou a fabricação nacional (mais cara mas com geração de empregos e geração de renda local). De fato, não temos necessidade de forças armadas estratégicas, mas sim de autodefesa. Modernas, treinadas e bem-equipadas, fundamentalmente baseadas em equipamentos nacionais ou nacionalizados, com forte participação do setor industrial nacional. Nosso desafio é o tamanho do país.

Nikiti
Nikiti
2 anos atrás

Bardini 21 de outubro de 2017 at 0:08
Se fosse francês, já teríamos passado dos 200 comentários…

Nada… com os russos já teria passado dos 1000. Fora especialista de internet com 100% do verdade que os russos são burros, podres/falidos/atrasados e comem sopa fria e vodka em longas filas

Felipe Morais
Felipe Morais
2 anos atrás

Manock, com certeza a situação da Marinha Alemã não é algo “de propósito para garantir melhor qualidade de vida à sua população”. É pura incompetência e falta de responsabilidade mesmo. Com os russos ali no cangote, não pensar em manter uma marinha operacional é a maior idiotice do planeta. Já nós, mesmo com imensas cargas de recursos, não conseguimos ter nem forças de defesa modernas e operacionais nem garantir uma boa qualidade de vida à nossa população. E isso não envolve apenas “direcionamento de recursos”. Isso envolve tudo o que temos visto constantemente nos noticiários, mais incompetência, irresponsabilidade, preguiça etc… Read more »

camargoer
2 anos atrás

Olá Felipe. Sei que você fez apenas um comentário retórico, mas é preciso um pouco de atenção sobre os números. Em 2016, o orçamento do MEC foi de 96,6 bilhões de reiais e do MinD foi de 81,9 bilhões. Supondo que essa relação seja mais ou menos constante ao longo dos anos, sua proposta dobraria o orçamento do MEC. É muita coisa… a questão aqui é que tem muita gente que lê o blog e não está acostumada com as declarações retóricas. Para comparação, o Gov.Federal pagou de juros em 2016 407 bilhões de reais, o dobro do que investiu… Read more »

Bardini
Bardini
2 anos atrás

O “Pietro Venuti” foi entregue ano passado e deve estar operativo na Marina Militare, no momento…
O “Romeo Romei” foi entregue faz poucos meses, ainda deve ter cheiro de novo e plástico nos bancos.
“Pietro Venuti”: https://www.youtube.com/watch?v=_ABlodU-fls

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
2 anos atrás

Camargoer,
Tecnicamente o Brasil não usou seu orçamento (dinheiro dos tributos) para pagar juros. Ultimamente ele só está rolando a dívida, sem pagar nada.

Alexandre Moraes
Alexandre Moraes
2 anos atrás

Nunca imaginei que veria a marinha alemã (e suas forças armadas em geral) em um estado de mediocridade tão grande quanto a do Brasil. A diferença é que eles possuem tecnologia e dinheiro, e nós não, o que torna incompreensível tamanho descaso.

Bardini
Bardini
2 anos atrás

A Alemanha tem investido coisa de 1,3% do PIB em Defesa. Muito pouco. O Brasil também aplica essa merreca de ~1,3% em Defesa. . Acho que o maior problema da Alemanha, ainda é o Exército por conta da avalanche de tanques Russos. “Sorte” deles são os Poloneses se reestruturando. A Força aérea Alemã tem problemas de disponibilidade dos Typhoon. . Na questão dos submarinos, ainda tem os Holandeses na cobertura. Resta saber como estão os “Warlus” no momento. Mas acho difícil terem mais que um disponível no momento… . Alemanha, sem submarinos. Holanda, tem disponível 1, 2, nenhum? UK não… Read more »

Nikiti
Nikiti
2 anos atrás

Bardini, Na verdade ela não tá complicada, pq eles possuem uma forte relação comercial e até pessoal com os russos… Essa hipótese de conflito na Europa com a Rússia, serva mais pra fins políticos que qualquer outra coisa. Agora concordo que a polônia tá fazendo o dever de casa, porém ela é muito pouco… ela é só um pouco mais que a VDV. A VDV se encaminha para 90 mil soldados. Ela já recebeu 30 T-72B3M e vai receber mais 60 T-72B3M fora mais de 150 BMD-4M esse ano… Fora que esse ano ela já desfilou com os Pansir S2… Read more »

Dalton
Dalton
2 anos atrás

O U- 36 ainda é muito novo, comissionado à apenas um ano atrás, natural que tenha retornado ao estaleiro para “correções”, mas, em 2018, será possível ter 2 submarinos disponíveis, dois em treinamento dos quais um poderá ser rapidamente disponibilizado e se muito necessário o outro também e dois em manutenção o que garantirá os 3 ou 4 “operacionais” como indica a matéria, situação muito melhor que por exemplo da Frota russa do Báltico que conta com apenas 2 “velhos” submarinos. . Pode estar “complicado” para a Europa, mas, nem tudo são rosas para os russos que precisam dividir seus… Read more »

Marcelo Andrade
Marcelo Andrade
2 anos atrás

Alfredo Araujo 20 de outubro de 2017 at 21:04
“Marcelo Andrade 20 de outubro de 2017 at 15:59
E ainda tem gente aqui que defende a continuidade dessa parceria. Mundo que dá volta!!!”
.
O que tem a ver o c*** com as calças ? Nos explique melhor esse seu ponto de vista.

Bom, em primeiro lugar, tenta não limpar o c*** e você verá, ou sentirá, o que acontece com as calças!!!

Em segundo lugar, o Augusto já me fez o favor de responder….

Wagner
Wagner
2 anos atrás

Essa mentalidade ocidental é cômica… pq a Rússia é a ameaça ? A Rússia quer é vender seus recursos para a Europa e ganhar dinheiro, PARA QUE VAI ATACAR ??? Deviam se preocupar mais com os chineses ou piratas e terroristas. Moscou não atacará Berlim. Não existe nenhuma possibilidade de Guerra Naval na região, no máximo alguma escaramuça isolada devido a algum esquentadinho. Agora, para a Alemanha essa situação é uma vergonha… o país que mais contribuiu para o desenvolvimento dos submarinos, poxa… ta igual aos militares da Republica de Weimar ??? Desculpem, mas isso não é erro de planejamento.… Read more »

LucianoSR71
LucianoSR71
2 anos atrás

Aproveitando o tema submarino,encontrei na internet uma série de vídeos relativos ao filme ‘Das Boot’ ( pra mim o mais bem feito filme sobre a 2ªGM ) e dentre eles há um documentário ‘ A Batalha do Atlântico’, feito em 1983, em que marinheiros e oficiais dos 2 lados dão entrevistas, numa delas um comandante de corveta de escolta inglês relata que ao se aproximarem do submarino, pouco antes de ficar em cima do alvo, o sonar entrava numa zona morta em que eles ficam às cegas, os capitães alemães descobriram ( deixavam de ouvir o som característico do sonar… Read more »

CVN76
2 anos atrás

@Dalton

Creio que agora os russos possuem 3 submarinos na frota do Baltico:

2 da classe Kilo; o “Vyborg” e o “Dmitrov”
1 da classe Lada, o “Sankt Petersburg”….que finalmente ficou pronto!

Alias a classe Lada que no inicio teve varios problemas, tendo os planos de construir mais alguns serem cancelados, parece que os problemas foram resolvidos e agora mais 2 estâo sendo construidos; o “Kronstadt” e o “Veliki Luki”….mas em se tratando dos russos, fica dificil saber o que é verdade e o que nâo é….

Nunao
Nunao
2 anos atrás

“Fernando 21 de outubro de 2017 at 10:08
A MB com uma frota de 5 deve ter uns 3 operacionais.”
.
Dos cinco, dois estão fora da água em manutenção mais complexa no AMRJ, um na oficina de submarinos, outro no dique Santa Cruz. E um terceiro eu temho visto atracado ao cais Oeste do AMRJ, próximo aos diques Santa Cruz e Alte Jardim (onde também está atracado o dique flutuante Alte Schieck) provavelmente passando por pequenos serviços de menor complexidade.

Soldat
Soldat
2 anos atrás

E simples pegam de volta os sub dados de graça para Israel de volta rsrsrs……

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
2 anos atrás

Soldat 22 de outubro de 2017 at 14:49

50% do copyright daqueles submarinos é israelense. E outra: aquilo tem a ver não apenas com a ajuda alemã dada a Saddam Hussein em desacordo com o MTCR, do qual a Alemanha é signatária desde 1987, mas também com uma decisão política local de manter os estaleiros ocupados.

GUPPY
GUPPY
2 anos atrás

Passei semana passada na ponte Rio-Niterói e vi somente um submarino atracado no cais da BACS. Fiquei triste porque lembrei imediatamente de quando eu via seis ou sete submarinos atracados no mesmo cais.

Bavaria Lion
2 anos atrás

Existem casos e casos, além de que não se compara o U-212 (o submarino convencional mais avançado do mundo), com insubmersível. Ele por carregar esse fato, é bem mais caro de operar e manter. A Alemanha não o libera para venda a todos os países, e suas ligas e compostos fazem parte de segredo industrial. É um submarino de águas rasas (o que o torna mais caro de operar), uma vez que é mais difícil manter-se “stealth” na faixa de profundidade que ele opera. O U-214 é outro submarino, baseado no U-209 com AIP. A base de projeto pode ser… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
2 anos atrás

Dalton 21 de outubro de 2017 at 15:04
Caro Colea,
quando o jogo muda ?

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
2 anos atrás

Bavaria Lion,
Como se resolve o problema do alto custo de manutenção de um submarino pronto e recém-entregue?

Bavaria Lion
2 anos atrás

Rafael Oliveira

Quando se quer e se precisa das melhores armas, você arruma recursos para manter. É simples, e existe uma matéria lá no ForTe que monstra a Alemanha sendo instada a investir no mínimo 5% das receitas em defesa.

Fazendo isso, o orçamento atual mais que triplica. Aí dá pra operar todos os Leo’s, Typhoons, U-212, fazer NAe e o escambau…

Dalton
Dalton
2 anos atrás

Franz !
.
o que li é que o novo e finalmente entregue “S.Petersburg”esteve no Báltico em exercícios no passado…mas…continua registrado na Frota do Norte ! Como você entende alemão e também russo posso considerar como certo o mesmo já na Frota do Báltico ?
.
abraços

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
2 anos atrás

Bavaria Lion.
Ok, vão aumentar o orçamento. Tinha entendido que iriam tornar a manutenção mais barata e por isso estranhei.