Home Marinhas de Guerra Ministro Raul Jungmann autoriza ajuda da Marinha do Brasil nas buscas ao...

Ministro Raul Jungmann autoriza ajuda da Marinha do Brasil nas buscas ao submarino argentino

17140
154
Navio de Salvamento Submarino Felinto Perry (K11), da Marinha do Brasil

O Ministo da Defesa do Brasil Raul Jungmann comunicou pelo Twitter que autorizou o Comandante da Marinha do Brasil, almirante Eduardo Leal Ferreira, a deslocar os meios necessários para apoiar a busca de um submarino argentino desaparecido.

Segundo a mídia argentina, o Chile, os EUA e o Reino Unido também “ofereceram apoio logístico e troca de informações nesta busca humanitária”, em um comunicado oficial.

O submarino ARA San Juan deixou de comunicar com a base quando estava em operação no mar argentino no golfo de San Jorge, em Chubut, enquanto passava da Base Naval de Ushuaia para a estação habitual da Base Naval de Mar del Plata. A última comunicação com o navio ocorreu 48 horas atrás.

A última posição conhecida foi no Golfo de San Jorge a 240 milhas náuticas ou 432 quilômetros da costa. Acredita-se que o submarino, um TR-1700 com propulsão diesel-elétrica com 44 tripulantes, poderia ter tido um problema na fonte de energia.

A Marinha montou uma operação de resgate para localizar o submarino. A Força indicou que ordenou “todas as estações de comunicações terrestres ao longo da costa argentina, a busca preliminar e prolongada das comunicações e escuta em todas as frequências possíveis de transmissão do submarino”.

Enrique Balbi, porta-voz da Marinha, explicou que eles estão procurando por radar ou detecção visual do submarino, já que “pode ​​estar navegando na superfície”. E acrescentou: “Se ele teve um problema de comunicação, ele teve que subir à superfície, não que ele estivesse imerso e não pudesse vir à superfície”.

S-2T Turbo Tracker da Armada Argentina também auxilia nas buscas

Ele também observou que uma aeronave Tracker da Base Aérea “Comandante Espora”, e uma B-200 do Esquadrão de Vigilância Marítima da Base Naval “Punta Indio”, fizeram voos na tarde de ontem e durante as primeiras horas da manhã.

O destróier ARA “Sarandí” também foi enviado para a busca com um helicóptero embarcado e a corveta ARA “Rosales”, ambos do Comando Naval, que estavam navegando no controle dos espaços marítimos de interesse no mar argentino e a corveta ARA “Drummond” da Divisão de Patrulha Marítima.

Depois de 15 horas, Balbi acrescentou: “Ainda não varremos a área inteira, ficamos com apenas 20% ainda, ainda estamos na fase de busca e devemos ser pacientes”. A partir das 6 horas da manhã, um destróier chegou na área onde poderia ser o submarino “.

“Uma quarta embarcação está sendo deslocada para a busca. O submarino estava em condições, não é a primeira navegação que realizou estes ano”, concluiu.

154 COMMENTS

  1. As FFAA estão com um azar tremendo. Torcendo muito para um resultado positivo dessas buscas. Qual a situação atual dos P-3 argentinos? Alguém sabe informar?

  2. Diante da posição do ministro da Defesa do Brasil o Sr comandante da MB tem autorização para mobilização imediata em condições de prontidão e até estabelecer um contato com o Comandante da armada Argentina no sentido de dar início o processo de busca e resgate por parte da MB. Cabe também ao Sr presidente da república do Brasil bem como o Ministro da Defesa criar um canal direto com os Staffs (presidentes e ministro da defesa Argentina) e oferecer oficialmente a ajuda necessária. Cada minuto sem ação torna se mais difícil e tardio o resgate.

  3. Cara, como estão devagar para pedir e andar com a ajuda. Se o submarino já reportou que está com problemas com a gravidade que reportaram e com a comunicação cortada, teoricamente deveria estar navegando na superfície. Entendo que a busca radar já o teria encontrado. É obvio que o submarino está em sérios apuros.

  4. Nessas horas que algo como o São Paulo faz falta… Ele fazia mais de 30 nós, poderia ir a uns 25 nós pra lá e com uns 20 helicópteros (nessas horas, pega td o que a MB tivesse) seria uma ajuda e tanto.

    O Bahia não poderia ser mandado para lá? Não sei a velocidade máxima dele, não deve ser grandes coisas, mas com meia dúzia de helicópteros ajudaria um bocado.

  5. 1 submarino n procura submarino…
    2 as buscas na area esperada sao feitas atraves de aeronaves, seja por radar ou Radio Frequencia, apos localização confirmada sao deslocados meios para o resgate…
    3 para o momento eh rezar e aguardar sinais de localização pois um Submarino eh feito justamente para n ser detectado exceto q ele queira, lembrando que geralmente a 200 milhas da costa a Iso profundidade costuma ser de 2.000 a 3.000 mts de profundidade e passando de 300 mts Netuno ja o abraça… Deus tenha misericórdia…

  6. Bom seria mandar algum MH-16 SeaHawk da MB para ajudar os Hermanos e também um P-3, afinal somos irmãos de fronteiras e temos nosso compromisso com ajuda de resgate no atlântico sul.

  7. Ja demoro demais precisamos ajudar os hermanos o mais rápido possível, os meios já deveriam estar em deslocamento, subs, superfície e helis e P-3.

  8. Creio que os Sub’s tem um dispositivo via escotilha onde se “solta” mecanicamente para flutuação e aviso por sinais (SOS ?).
    Boa sorte aos Hermanos.

  9. Miguel Angelo 17 de novembro de 2017 at 17:44
    1 submarino n procura submarino…

    Me desculpe, mas as caixas pretas do Voo Af-447 da Air France foram encontradas por um Submarino francês. Uma caixa preta é MUITO mais difícil de achar que um corpo metálico de milhares de toneladas.

    O submarino é talvez o meio mais capaz de encontrar o ARA San Juan, pois seu sonar sofre menos interferência (termoclina) que um de superfície.

  10. Até onde sei um submarino de ataque francês foi enviado para ajudar nas buscas, mas, a
    “caixa preta” foi encontrada muito tempo depois.

  11. “Não é a primeira missão dele esse ano”
    Nossa! Olha o nível de operacionalidade deles… A França mantém como padrão manter os navios 1/3 dos dias no mar. Isso que é operacionalidade! E olha que isso é sem considerar a necessidade de emprego em um conflito ou crise que aumentaria o número!!
    .
    No mais, muito triste só de pensar nesse desastre nessa nação irmã. Sendo erro humano, falha técnica ou de manutenção, são nossos “hermanos”: xingamos de tudo de ruim, mas são família.

  12. Acha mesmo que estou brincando com essa situação?
    Você leu o meu comentário e tirou dele uma piada? Você é engraçadinho e não sabe.
    Se eu fizesse uma piada acho bem capaz de você não entender.

  13. Tomara Deus que estejam todos bem e que sejam localizados o mais rápido possível!!!

    Desculpa a pergunta… Mas se o Ocean já estivesse no Brasil ele poderia ajudar nas buscas?

  14. Aproposito, o engraçado nessa história esta na ironia. Uma das nações a oferecer ajuda ser quem é.
    Eu chamo as ilhas de Falklands e torço para a Argentina aceitar essa ajuda, mas existe uma história/cultura. E isso meu caro, não é fazer piada com a desgraça alheia. Moralistas…

  15. Fiquei curioso com uma situação. Alguém pode me dizer se tem um procedimento padrão para essas situações? Depois de quantas horas é que se percebe essa perda de contato?

  16. Um dos meus pavores são militares vitimas em serviço. Eu realmente não brinquei com a situação, e peço desculpas se me expressei mal, dando margem a outras interpretações. Acompanho os 3 sites a alguns anos e nunca brinquei com desastres.
    Marinha é algo distante pra mim, meu conhecimento de causa foi o EB.

  17. Os submarinos ,nos quais servi tinham uma boia presa ao casco por um cabo,que em caso de sinistro e solta internamente.A mesma tem um emisor de ondas de radio no seu interior,dependendo da profundidade ajuda muito.

  18. Caros amigos espero que sejam encontrados o mais rápido possível quando fiquei sabendo do ocorrido lembrei daquele submarino que se não me engano era russo não sei escrever o nome acho que era khusk onde todos morreram torço para que todos estejam
    Somos rivais mas só no futebol e nada mais um abraço para nossos Hermanos

  19. Que os protocolos diplomáticos sejam abreviados ou suspensos e que a Argentina peça logo a ajuda da melhor equipe para a área de ocorrência. Parece-me que, pelas circunstâncias até o momento apresentadas, seja a da USN.

  20. Como marinheiro condecorado com 4 âncoras acredito que o nosso navio vai encontrar o submarino, conheço a preparação do marinheiro brasileiro, esmerado no caráter do amor à pátria.

  21. Alguém poderia se possível me informar com relação a duração do oxigeno x tripulação?
    Oremos pela tripulação e familiares nesta hora complicada, e que em breve tenhamos boas novas!

  22. Esse ocorrido com o submarino argentino, se assemelha muito a história contada pelo filme K-19 The Widowmaker. Um baita filme, baseado em fatos reais, com o Harrison Ford como protagonista.

  23. É claro como água de piscina que passado todo esse tempo sem noticia o submarino afundou e a tripulação está trancada dentro dele, sem comunicação com o exterior. O que faz diferença para saber se ainda poderão ser salvos ou não é a profundidade em que estão.

  24. Roberto 17 de novembro de 2017 at 21:34

    Para mim é fake news, como a dada pelo jornaleco de Mar del Plata. Nem o Clarin nem o La Nacion, os dois maiores jornais da Argentina, tem essa noticia.

    A não ser q esta tal Gaceta tenha dado o furo da vida dela.

  25. Tô de olho nessa notícia para ver se algum outro veículo publica. Não sei como o International Submarine Escape and Rescue Liaison Office (ISERLO) conseguiria detectar o submarino e a Armada Argentina não.

  26. argentina era melhor único submarino novo do que 3 velhos submarinos defendo sim compra porta helicópteros pode lança vários helicópteros varias direção ovo fala pro sub Tamandaré.
    Argentinos melhor tem menos armas te equipamentos novos .boa sorte heroicos marinheiros .

  27. XO, Francisco Gonçalves Mota, sealeopards12 e outros irmãos do mar

    1) quanto tempo de ar tem no barco?
    2) existe a possibilidade dele estar navegando na superfície ou próximo sem ainda ter sido detectado por radar?
    3) essa boia sinalizadora funciona automaticamente, ou há um acionamento manual?
    Obrigado
    Sds

  28. Abaixo o canal no Youtube do canal de noticias argentino C5N que transmite ao vivo , é o melhor lugar de acompanhar as noticias.

  29. Agora Embajada Británica‏@UKinArgentina

    Following a request from the Argentine Government, @RoyalNavy ‘s HMS Protector has been deployed to join the search and rescue effort for the #ARASanJuan.

    Our thoughts are with the crew of the submarine and their families.

  30. “ARA San Juan”: el Gobierno acepta la ayuda de todos los países, incluido un Hércules británico que está en Malvinas

  31. Alex, se a busca pelo ARA San Juan decidisse alguma coisa na MB provavelmente seria a aquisição do RFA Diligence que foi encostado pela Royal Navy e esta a venda desde Agosto do ano passado

  32. Para mim a ISMERLO (a propósito, criada após o naufrágio do Kursk) deveria se manifestar oficial e imediatamente sobre seu divulgado envolvimento no caso e eventual localização do sinistro.

  33. Agnelo 17 de novembro de 2017 at 21:57
    Tem outro problema grave, segundo noticiado foi uma explosão de um linha de bateria de proa. E os gases?

  34. Ádson 17 de novembro de 2017 at 22:26

    Se o fato dele ter sido encontrado é fake news de um jornaleco desconhecido, a tal explosão tbém é fake news. Nem há o que debater.

  35. Perguntas: Felinto já esta a caminho? Caso não, a Argentina tem câmera Hiperbárica para mergulho profundo embarcada? Tem sino? Será que a industria de petróleo deles não tria estes equipamentos?

  36. O G1 diz que encontraram, noticia das 23:02, estava a 300km a leste de Puerto Madryn, a assustadores 70km de profundidade (vai entender…), noticia tambem que foi localizado pela International Submarine Escape and Rescue Liaison Office, da OTAN.

  37. O Felinto nem fez menção de sair do lugar …Provavelmente ja com a noticia que o sub foi encontrado.Foi o que eu presumi na hora.A F-49 desatracou de Montevideu ,provavelmente para dar apoio e depois de pouco tempo navegando ,ancorou de volta .

  38. Pode ser 70 metros. Se for dá pra fazer com hiperbárica de mergulho raso que é até 50 metros, mas dá pra fazer, arriscado, mas dá. Hiperbárica para raso com certeza absoluta eles tem. O problema ainda seria o sino pra resgate.

  39. Soube por amigo da MB que tocou SAR e está se dirigindo à Argentina.

    Pela lógica seria Felinto. Soube disso cerca de 8 horas atrás, não sei de nada mais atualizado que isso em relação a MB.

  40. Alem de não ter essa profundidade em lugar nenhum dos oceanos (70 km), tem outro detalhe, um submarino a + de 1000 metros de profundidade entraria o que chamamos de profundidade de esmagamento (viraria um monte de metal retorcido), não aguenta a pressão é muito grande, que já não é caso de outros tipos de submersíveis projetado para isso (grandes profundidades).
    Não fui da área negra da esquadra, sempre servi nos de superfície, mas já entrei nos IKLs Brasileiros a situação lá dentro é bem caustrofobica e espaço confinado.
    Não gostaria de estar na pele deles não !!!
    Desejo que o desfecho dessa triste notícia termine o mais breve possível e que traga
    Boas novas a todos os familiares que estão em casa aguardando ansiosamente pelo o retorno dos seus ao seio familiar.
    (Estou me lembrando do triste caso do AF 447 que também não foi fácil para nós e toda a França). 🙁 🙁 🙁 🙁

  41. O q o G1 fez foi jornalismo de escola, daquele q vc repete o ano, repetir a noticia do Gaceta da Argentina sem checar outra fonte, já apagaram?

  42. A 70km de profundidade, como diz o G1, o submarino não estaria esmagado. Estaria derretendo no manto terrestre.

  43. Gente, nunca imaginei que houvesse profundos conhecedores sobre assuntos nauticos. Estamos diante de um congresso antológico de tecnicos de submarinos.
    Galera , vamos todos pra la buscar esse barcão (isso não é tecnico)

  44. Baschera, já postaram link dessa notícia da Gaceta Mercantil mais acima e o G1 até já replicou (com erro grotesco). Mas, por enquanto, nenhum outro jornal argentino noticiou isso. E antes dessa teve outra notícia de encontro do submarino, desmentida.

  45. “fabio Souto. 17 de novembro de 2017 at 23:35
    Nunão desculpe o off toppic nada da fragata defensora e Niterói?”
    .
    Fabio, por favor, pare de me perguntar essas coisas.

  46. Qual é Souto, da uma trégua ai pra gente, geral aqui apreensivo e sofrendo com a situação dos 44 tripulantes do San Juan e vc perturbando com essas perguntas de sempre, alivia aí cara

  47. Pela fala do Macri, ainda não encontraram…
    .
    Isso foi a uma hora;
    “Estamos en contacto con las familias de la tripulación del submarino ARA San Juan que se encuentra extraviado para informarlos y apoyarlos. Compartimos su preocupación y la de todos los argentinos.”

  48. Até os locais estão duvidando da notícia da Gaceta. Há vários comentários na matéria pondo-a em descrédito. Infelizmente a espera por notícias críveis continua.

  49. La Bruja em Argentina…
    O helicoptero que levava o Presd. Macri teve que fazer um pouso de emergencia na noite de hoje diante de más condições atmosféricas.
    A info é do Clarin.
    O mesmo ainda não confirma o encontro do San Juan.
    Sds.

  50. Estou tentanto canais de televisão argentinos ao vivo, sem sucesso.

    Tentem, talvez tenham melhor sorte.

    Cada um a sua forma, oremos pelos 44 tripulantes.

  51. No Gaceta Mercantil ja noticia o encontro do submarino, ja no clarin informa apenas que aceitaram ajuda inglesa (C-130) e do Chile, mas nada sobre terem encontrado.
    Dr Mundico, de onde tirou que a tripulação pereceu??

  52. No acidente do submarino russo, preso as redes de pescas, o veículo que cortou as redes, chegou num C-17 da RAF poucas horas depois de o governo russo aceitar a ajuda britânica.
    * E também o caso do submarino kursk que Putin demorou de mais a aceitar ajuda dos britânicos.

  53. O Clarin informou tambem que ha ventos de 90km/h da area, não sei se fazem SAR durante a noite nestas condições. Alguem ai poderia informar se a Argentina possui meios para estas condições?

  54. Alguém poderia me informar quanto tempo esses submarinos argentinos podem ficar submerso? quanto tempo dura o oxigênio?

  55. Alguns estão descobrindo o jornalismo imundo e primário das Organizações Globo só hj. aquele que transforma boato em verdade por ouvir falar ou saber de uma fonte desclassificada, (uma tal “Gaceta” um jornal minimo q está mais pra “Caceta e Planeta”) sem mais qualquer confirmação. Faz isso todo dia na politica e todo mundo acredita, mas agora neste caso, não teve jeito, o sub continua desaparecido e não é o G1 nem o JG q vai fazer aparecer ……..

  56. Parece que a matéria da Gaceta Mercantil está sendo considerada FAKE News pelos foristas argies.
    Até o Poder Naval esta sendo citado por lá.

    Sds.

  57. Antes do primeiro Scorpene começar as provas de mar, teríamos que pensar em algo melhor que o Felinto. Algo que tenha espaço para um centro de tratamento hiperbárico, não só as câmaras, mas que tenha condição de tratar mergulhadores e parte de uma tripulação, equipado com ROVs modernos, com um sino que tenha capacidade de acoplamento em angulo, que seja dotado de guinchos poderosos, que tenha controle de posicionamento dinâmico.

  58. Uma coisa é certa, se os tripulantes estão vivos é porque estão em profundidade que dá pra resgatar. A questão seria de tempo e não de profundidade.

  59. Acho que a MB no está com capacidades de ajudar ninguém no momento, o orçamento tá tão picotado que é capaz do navio de resgate chegar lá e ficar sem combustível para voltar por falta de verbas.

  60. E a madruga rolando e nenhuma noticia dos hermanos.
    Que Deus em sua infinita misericordia esteja com eles por mais essa noite e traga paz à aflição dos familiares dos e que amanha cedinho tenhamos uma boa noticia

    Amém

  61. Alguém sabe informar quantos dias este submarino poderia ficar submerso sem acabar o oxigênio para os tripulantes?

  62. Nossa, Galante. Me desculpe! Aparentemente, é notícia falsa mesmo. Uma pena, tinha ficado feliz com a informação.
    Como é que o G1 publica uma coisa dessas…

  63. Os EUA estão deslocando um P8 da América Central para a baia Blanca, para ajudar nas buscas. E a Inglaterra enviou um navio que estava na Antartida.

  64. algum dos especialistas poderia me informar sobre as diferenças entre o RFA Diligence e o NSS Felinto Perry? capacidades e tal?

  65. Roberto…
    .
    o “Diligence” não encontra-se mais em serviço, recentemente saiu até um infográfico com a silhueta dele onde se contrastava um maior número de unidades retiradas e um número menor de unidades comissionadas evidenciando uma maior diminuição das forças navais britânicas.
    .
    De qualquer forma o “Diligence” foi usado como navio oficina destinado a reparar navios da
    Royal Navy longe de suas bases em missões.

  66. O navio F Perry da MB já saiu do RJ? Pelos meus cálculos, são pelo menos 3 dias de viagem até o local do último contato do submarino.

  67. A notícia do G1 teve agora a chamada alterada, acrescentando um “diz jornal” para indicar mais claramente que está se baseando só nessa fonte para a informação dada de que foi localizado. E também acrescentou um trecho informando que entrou em contato com o Submarine Escape and Rescue Liaison Office mas não teve resposta. Também acrescentou que nada consta no Twitter de Macri sobre o suposto encntro do submarino.
    .
    Mas os 70km de profundidade continuam lá, pelo menos até o momento…
    .
    https://g1.globo.com/mundo/noticia/submarino-argentino-militar-que-estava-desaparecido-e-localizado.ghtml

  68. Fritz…
    .
    não há nenhum navio no mundo que esteja 24 horas disponível 365 dias ao ano, às vezes
    aproveita-se unidades que já estejam no mar para prestar ajuda imediata como aconteceu
    por exemplo quando o NAe USS carl Vinson que estava a caminho do Pacífico fez meia volta para auxiliar o Haiti depois do devastador terremoto de 2010.
    .
    abs

  69. Estão falando na possibilidade de fogo nas baterias. Acho que após uma ruptura no casco, esse seria o pior cenário que um submarinista poderia encontrar. Vamos torcer para que os encontrem rápido. Mas infelizmente cada minuto conta contra. Uma lembrança de quão perigosa é essa atividade.

  70. Claudio Luiz, só pra esclarecer (independentemente da profundidade bater ou não, mas ela pode variar bastante conforme a área possivel se amplie, como já postaram aqui), o próprio periódico Gaceta Mercantil tem matéria mais recente em que não fala mais do submarino ter sido encontrado. Ainda assim, a matéria antiga continua acessível, mas sumiu da página inicial.

  71. Ainda sobre a controvérsia das notícias não confirmadas: agora sim o G1, sabiamente, retificou de cabo a rabo a notícia, retirando até mesmo aquela informação errada é impossível da suposta profundidade (70km) e incluiu um panorama mais amplo de todo o desenrolar das notícias. Está acessível no mesmo link postado mais de uma vez em comentários acima.
    .
    E, também de forma adequada, incluiu essa correção ao texto:

    “Correção: O G1 errou ao informar que o submarino havia sido encontrado na noite de sexta-feira. A informação, inicialmente publicada pelo jornal”Gaceta Mercantil”, foi desmentida em coletiva da Marinha, na manhã deste sábado. O erro foi corrigido às 11h15 de sábado)”

  72. “Correção: O G1 errou ao informar que o submarino havia sido encontrado na noite de sexta-feira. A informação, inicialmente publicada pelo jornal”Gaceta Mercantil”, foi desmentida em coletiva da Marinha, na manhã deste sábado. O erro foi corrigido às 11h15 de sábado)””

    Num jornal de verdade, comandado por um editor de verdade, o responsável por essa ridicula “barriga’ internacional estaria na rua agora por falta de entendimento do que é o jornalismo no seu sentido mais básico e primário. Checar fontes fiáveis antes de publicar. Se o responsavel fosse o proprio editor, deveria ser demitido pelo dono e receber uma pequena indenização para montar uma padaria, jornalismo não é o ramo dele. O plantonista responsável por transformar 70 m de profundidade em 70 km, estagiário ou não, ia junto.

  73. Alex 18 de novembro de 2017 at 12:08
    Hi, se incompetência fosse causa de demissão na imprensa brasileira, a maioria dos veículos de comunicação teria de fechar as portas

  74. Alex, hoje em dia, com a queda cada vez maior dos salários, o uso indiscriminado de mídias sociais como fontes e a contratação de gente pouco qualificada pra escrever em seções que demandariam maior experiência, eu acho que é mais fácil tirar do cargo um jornalista competente, caro e exigente por algum absurdo dito fora do ar, do que demitir um jornalista incompetente por algum absurdo dito (ou escrito) no ar.

  75. Nunão 18 de novembro de 2017 at 12:27

    É a meritocracia da mediocridade.

    JT8D 18 de novembro de 2017 at 12:15

    Mas essa foi GROTESCA, replicada até pelo Jornal da Globo. É caso de demissão geral por incompatibilidade com a profissão!

  76. Olá Galante. Fico feliz em ouvir de você essa crítica ao jornalismo, porque mostra a seriedade do seu trabalho jornalistico. Além da busca pela audiência, ainda tem o problema do conflito com o patrocinador. Seria possível fazer uma reportagem sobre um banco que sonega impostos se ele é o maior patrocinador daquele telejornal em horário nobre? Sempre fico incomodado com isso. De novo parabéns pelo blog, que acompanho há uma década? ou mais? riso.. talvez seja o momento de um post contextualizando o blog. Um grande (e triste pelo acidente) abraço de quem o admira.

  77. Senhores, hoje, notícia virou um sorvete. Sob o sol do tempo instantâneo derrete, então tem que ser servido e consumido com pressa… Isso é incontornável e temos que nos acostumar conquanto não concordemos. Pode, ainda, não ter havido ma-fé apenas despreparo.

    A falência técnica é generalizada e visível em todas as profissões, sem embargo da militar, objeto da matéria em destaque…

  78. Pois é, Ozawa, mas o paradoxo é que, nesse contexto de muito mais pressa para dar a notícia, em tempos de despreparo geral em que uma coisa realimenta a outra, é preciso mais preparo e não menos para lidar com essa realidade. O resultado é essa perda de qualidade básica no trabalho jornalístico, de buscar cruzar as informações o máximo possível.

  79. É certo, Nunão. Mas vocês editores/colaboradores do blog FD foram precursores num canal de mídia e sobre um assunto muito restrito do grande público e que, hoje, vem crescendo exponencialmente, haja vista o número de acessos somente desse post estar beirando agora os 14.000. Não vejo concorrência crível equivalente nesse espaço de mídia. Tvz por isso, ou também por isso, aliado à qualidade técnica da equipe, possam realizar esse jornalismo mais refinado muito comum nas décadas pré-web.

    A regra hoje é outra na mídia, e como o naufrágio aparentemente do San Juan também ocorrem tragédias anunciadas, ou não tão inesperadas, assim no jornalismo…

  80. O Whatsapp funciona do fundo do mar pra cá? Tem uma mulher de um dos marinheiros q fica enviando msg pra ele no sub pelo whatsapp. Funciona de lá pra cá?

  81. Alex 18 de novembro de 2017 at 14:41
    Alex, a água do mar é péssima para propagação de ondas de rádio, a menos de frequências ultra baixas, que mesmo assim são de utilidade limitada. Um submarino submerso está virtualmente incomunicável

  82. A comunicação a curta distância com sub pode ser realizada por um equipamento chamado UQC – quem já leu Tom Clancy ouviu falar dele pelo apelido “Gertrude”…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here