Milgem, o LCS turco

a400m_milgem_rendering.jpg

O Milgem, nome formado pelas palavras turcas Milli Gemi (Navio Nacional), é o “Projeto Corveta” da Turquia, que tem como propósito construir modernos navios de guerra litorânea pela indústria turca, usando extensivamente tecnologias stealth (furtivas).
A construção do primeiro navio da classe, a TCG Heybeliada, começou em 26 de julho de 2005, com o lançamento ao mar previsto para 27 de setembro de 2008. O término da construção está programado para 25 de outubro de 2010, com a entrada em serviço em 2011.
Planeja-se construir 12 navios para a Marinha Turca e outras unidades para exportação. A Marinha do Paquistão negocia desde abril de 2007 com a Turquia, a compra de pelo menos 4 Milgem, sendo 3 construídas localmente.
Quando o projeto Milgem foi lançado oficialmente em 1996, a idéia inicial era construir localmente as corvetas MEKO A-100 de design alemão, mas no ano 2000, a parceria com a Alemanha foi rompida, dando lugar a um projeto totalmente turco.
O conceito e o perfil operacional da Milgem tem similaridades com o LCS (Littoral Combat Ship) desenvolvido pela Lockheed Martin americana, para compor a próxima geração de navios de guerra da US Navy. Curiosamente, também tem semelhanças com a corveta Barroso, da Marinha do Brasil. Abaixo, a ficha técnica da Milgem:

Deslocamento: 2.000t
Comprimento: 99m
Boca: 14,4m
Calado: 3,75m
Propulsão: CODOG (1 turbina a gás e dois motores diesel)
Velocidade: econômica 15 nós; máxima de 29 nós.
Raio de ação: 3.500 milhas náuticas a 15 nós.
Autonomia: 21 dias
Tripulação: 93
Armamento: 1 canhão de 76mm, 2 metralhadoras 12.7 mm Aselsan STAMP, 8 mísseis Harpoon (ou RBS15 Mk.3), um lançador de mísseis antiaéreos de defesa de ponto RAM, dois lançadores triplos de torpedos anti-submarino Mk.46, 1 helicóptero S-70 Seahawk e vários UAVs.

milgem02.gif

milgem_3.jpg

Portugueses ampliam força de patrulha e esquecem o ‘Siroco’

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

A Marinha de Portugal receberá em março quatro navios porta-mísseis de patrulha costeira usados, de 450 toneladas, classe Flyvefisken dinamarquesa, […]

Brasil oferece simulador naval à Marinha de Moçambique

simulador naval LAAD 2013

O Brasil ofereceu à Marinha de Moçambique um Simulador de Manobras Navais, através da embaixadora brasileira no país, Lígia Maria […]

Gigantes ficam de fora de licitação da Marinha

SisGAAz

Sergio Barreto Motta Todos os dias, os jornais mostram denúncias, acordos, vetos e muito mais, em meio à Operação Lava […]

Flotilha Guarda-Costas cubana aceita cooperar com Guarda Costeira dos EUA

Cuba

Mais de 55 anos depois de as suas Marinhas terem feito seu último contato, os governos de Washington e de […]

Navantia espanhola cria filial no Brasil visando contratos de renovação da MB

Fragata Cristobal Colon - classe F-100 - em dique - foto Navantia

A empresa espanhola Navantia da área naval divulgou nota da Europapress na segunda-feira, 26 de janeiro, informando que iniciou processo de […]