Navio-patrulha classe ‘Hayabusa’, da JMSDF

japan-jmsdf-pg-hayabusa-class.jpg

Mais uma vez trazemos um navio-patrulha do exterior para compararmos com as “soluções nacionais”, dentro das devidas proporções. Desta vez é a classe “Hayabusa” (Falcão), da Força Marítima de Auto-Defesa do Japão. Notem que é um navio-patrulha de um país pacífico, cujas forças armadas são somente para “auto-defesa”.
A classe “Hayabusa” desloca cerca de 200t e é propulsada por turbinas a gás Ishikawajima Harima LM-500, permitindo velocidades de até 44 nós!
Caracteriza-se por um design stealth com ângulos facetados. O navio possui um canhão de duplo emprego OTO Breda de 76mm de tiro rápido, com nova torreta. A superestrutura é feita de material composto e aço, com proteção balística e contra fogo.
O navio leva mísseis antinavio SSM-1B e sistemas de softkill contra mísseis.

japan-jmsdf-pg-hayabusa-class2.jpg

Navantia começa quarta grande revisão do submarino espanhol Tramontana

Submarino é quarto e último da classe ‘Galerna’ (S 70), baseada na francesa ‘Agosta’, havendo ainda três em serviço na […]

Marinha do Brasil realiza Operação ‘NINFA XXV’ com a Armada Paraguaia

A Marinha do Brasil, por meio de navios subordinados ao Comando da Flotilha de Mato Grosso (ComFlotMT), realizou a Operação […]

Demonstrador laser da Boeing destrói alvos em condições de ambiente marítimo

Vários alvos aéreos foram destruídos em situações de vento e neblina, condições climáticas típicas do ambiente marinho, em demonstrações realizadas […]

Navios-patrulha que Brasil fornecerá a Angola serão de 500 toneladas

Brasil vai apoiar desenvolvimento do Poder Naval de Angola   Brasília, 05/09/2014 – Os ministros da Defesa do Brasil, Celso […]

Conheça a história e o futuro da Força de Submarinos da Marinha do Brasil

Nunca antes neste país publicaram uma série de matérias sobre o tema nesta profundidade! A Força de Submarinos da Marinha […]

‘Modelo exportação’: Brasil deverá construir navios-patrulha para Angola

O ministro Celso Amorim (Defesa) assina hoje com o angolano João Manuel Lourenço termo de cooperação para construção de 7 […]