PKX – Patrol Killer eXperimental

PKX – Patrol Killer eXperimental

pkx-korea.jpg

O navio da foto é o ROKS Yun Yeong-Ha, primeiro navio-patrulha PKX (Patrol Killer eXperimental) de 450 toneladas, da Marinha da Coréia do Sul, que vai ser incorporado hoje. Planeja-se construir um total de 40 destes navios.
Conhecida como classe “Gumdoksuri”, o PKX foi desenvolvido depois que um navio-patrulha sul-coreano da classe “Chamsuri” foi afundado em combate naval por navios-patrulha norte-coreanos, em 29 de junho de 2002. O nome do primeiro navio, Yun Yeong-Ha, homenageia um capitão-tenente morto no combate.
O PKX é armado com um canhão de 76mm, um canhão de 40mm e mísseis antinavio SSM-700K Haesung, com 150km de alcance. A suíte eletrônica é sofisticada, com um radar 3D que pode detectar e rastrear mais de 100 alvos simultâneamente.
O comprimento do navio é de 63m, a boca de 9m e a tripulação de 40 homens. O sistema propulsor é CODOG com waterjets, desenvolvendo a velocidade máxima de 41,5 nós, com turbina a gás LM2500, e velocidades de cruzeiro, com dois motores diesel MTU. Na foto abaixo, o sistema de waterjets do navio, que substitui os hélices e os lemes convencionais.

pkx-popa.jpg

pkx-sea-trials-waterjets.jpg

pkx-sea-trials.jpg

pkx_c01.jpg pkx_c02.jpg

NOTA DO BLOG: Clique nos nomes das classes para conhecer navios-patrulha lança-mísseis (FPB – Fast Patrol Boats/FAC – Fast Attack Crafts) de outras marinhas, abordados pelo BlogNAVAL: Type 143 Gepard (Alemanha), Victory (Singapura), Hamina (Finlândia), Super Vita (Grécia), Hayabusa (Japão), Houbei (China) e Visby (Suécia). Comparar com os novos navios-patrulha da MB.