Home Data Comemorativa Primeira viagem do NAsH “Tenente Maximiano”

Primeira viagem do NAsH “Tenente Maximiano”

270
7

A Marinha do Brasil realizará, no período de 10 de junho a 13 de agosto de 2009, a primeira viagem do Navio de Assistência Hospitalar (NAsH) “Tenente Maximiano”. Ao todo serão 3.564 Km navegados, em mais de 2 meses de viagem.

Incorporado à Armada no dia 17 de março de 2009, o NAsH tem como principal objetivo realizar atendimentos médico-odontológico às populações ribeirinhas pantaneiras. Esta primeira comissão de Ação Cívico Social (ACiSO) iniciará os trabalhos, entre os dias 10 de junho e 12 de julho, pela região norte do Pantanal, Estado do Mato Grosso, atendendo as localidades de Santo Antônio do Leverger, São Gonçalo, Beira Rio, Barão de Melgaço, Piúva, Porto Brandão, Estirão Comprido, Cuiabá Mirin, Porto Cercado, Barra do Piraim e Cáceres.

Na segunda etapa da comissão, que ocorrerá entre os dias 16 de julho e 13 de agosto, a população do pantanal Sul Mato-grossense será beneficiada com os atendimentos nas localidades de Barra de São Lourenço, Aldeia Uberaba (Índios Guatós), Ilha Paraguai-Mirim, Baía do Castelo, Codrasa, Porto da Manga, Porto Esperança, Porto Murtinho, Ilha da República e Barranco Branco.

O Navio “Tenente Maximiano” vem aprimorar as ACISO já realizadas pelo Com6ºDN. Em 2008, 11 comissões foram executadas, com mais de 8 mil atendimentos nos dois estados.

Estas operações são de extrema importância para as famílias que vivem nesses locais de difícil acesso e que, na maioria das vezes, têm com a presença da Marinha, a única oportunidade de receber um atendimento de saúde de qualidade.

O NAsH incrementa, também, a Defesa Nacional na fronteira oeste do País, atendendo às necessidades de apoio logístico durante os deslocamentos das tropas; contribuindo com a patrulha naval; realizando operações de socorro e atividades de defesa civil; e fazendo o recebimento e tratamento de baixas em operações ribeirinhas.

FONTE: MB

7
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Marco Antônio Abreu FlorentinoCaipiraNoelIgoCallia Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Callia
Visitante
Callia

Muito bom , a gente precisava de pelo manos mais dois desses NASH leves para fazer atendimentos nos rios mais rasos como os afluentes do Javari.

Bravo Zulu

Bons ventos e rios Tranquilos

Saúde Onde Houver Vida!

Igo
Visitante
Igo

Precisamos de mais uns 5 desses!

Noel
Visitante
Noel

Callia, uma pergunta. O Min.Saúde contribui efetivamente nessas comissões de Ação Cívico Social, ou passam a bola prá MB e ficam na platéia?
Sds

Callia
Visitante
Callia

Noel O Ministério da Saúde contribui com recursos financeiros , parte do dinheiro dos NASH vem também do calha norte.Na verdade muito pouco é feito no sentido de ajudar na pratica.Hoje em dia existem alguns projetos na FLOTAM para o convenio da mesma com as universidades.Existe um convenio por exemplo que está se tentando fazer que envolve ministério das telecomunicações , a USP e a UFAM chamado telemedicina, que possibilitará aos medicos dos NASH discutirem casoso com professores , enviarem RAIO X para avaliação de especialistas , etc. A Relação com a FUNASA é ,na minha experiencia pessoal, infrutifera por… Read more »

Noel
Visitante
Noel

Muito obrigado, já estou até revendo meus conceitos pessoais sobre essas a operações, embora isso não tenha importância. Sempre achei que tanto os ógãos federais e estaduais de saúde, mantinham uma postura comodista, afinal, alguém esta fazendo boa parte das suas obrigações. Porém os quatro motivos que vc mencionou, justificam essas ações. Grato pela ótima explanação.
Abraço

Caipira
Visitante
Caipira

Eu fico orgulhoso com essas ações….

Callia

Parabéns pelos coments!
Falou tudo hein!

Marco Antônio Abreu Florentino
Visitante
Marco Antônio Abreu Florentino

DOCES LEMBRANÇAS Compartilho com a opinião de Callia sobre o que chamo de ¨autêntica aventura¨ a participação em missões a bordo dos Navios de Assistência Hospitalar na região amazônica. Como oficial médico, embarquei, em 1986, no NAsH Oswaldo Cruz na condição de seu segundo pediatra, visto que sua incorporação ocorreu em 1984 e sua primeira comissão de assistência aos povos ribeirinhos dos rios da Amazônia em 1985. Lembro-me, como se fosse hoje, nosso Comandante, também líder nato e muito espirituoso, dizendo que nosso navio tinha um diferencial importante em relação a outros navios da Marinha do Brasil: nossos armamentos e… Read more »