Home Sistemas de Armas Incorporado o 55° destróier da classe ‘Arleigh Burke’

Incorporado o 55° destróier da classe ‘Arleigh Burke’

710
9

Aegis-Destroyer-Dewey-DDG-105

A Marinha dos EUA incorporou no dia 06.03 seu 55° navio da classe ‘Arleigh Burke’, o USS Dewey (DDG 105).

O mais novo destróier dotado do sistema de combate Aegis custou cerca de US$ 1 bilhão e é capaz de realizar missões contra alvos aéreos, de superfície e submarinos.

O navio, que tem uma tripulação de 276 oficiais e praças, desloca 9.200 toneladas carregado, tem 155m de comprimento e 18m de boca. É propulsado por 4 turbinas à gás LM2500.

O USS Dewey ficará baseado em San Diego.

Arleigh Burke Flight IIA

9
Deixe um comentário

avatar
9 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
@wagnermarioLuís Eduardo de S. CabralBoscoDalton Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
corsario01
Visitante
Member
corsario01

Na boa!

Eu queria apenas 6 desses na nossa Marinha.
6 x 1 bi cada, para um país como o nosso, é muita micharia.
Poderiamos efetivamente ter uma marinha de “peso”.

Mas, os americanos não são confiáveis e bla bla bla.

E o AEGIS nós tb não teriamos pq nós tb não somos confiáveis para eles. Afinal, o nosso Governo/Itamaraty vive em cima do muro.

Então só me resta ficar babando neste incrível e verdadeiro navio de guerra moderno.:(

jacubao
Visitante
Member
jacubao

Então arranja dois babadores para babarmos juntos e se não adiantar, vamos nos embriagar no “Arco do Telles”, meu amigo Corsário, rsrs…

Dalton
Visitante
Dalton

Na verdade este destroyer é o 57 incorporado a US Navy,
outros 2, os USS 106 e USS 108 já foram comissionados no ano passado… já que o USS Dewey sofreu um pequeno atraso.

Outro “atrasadinho” será o USS 107 que será comissionado dentro de alguns meses.

Como diria o Obama…”yes we can”

sds

corsario01
Visitante
Member
corsario01

Mas tem que ter um cara que tá se escondendo direto pra não pagar umas lá!

jacubao
Visitante
Member
jacubao

Imagino quem deve ser, hahaha….

Bosco
Visitante
Bosco

Não gosto de ver esses destróiers sem armas de defesa de ponto (antimíssil) e nem sem os Harpoons.
Tá certo que eles devem ter motivos de sobra pra confiar essa belezura nos ESSMs, mas eu acho muito estranho.
Também os Harpoons podem não fazer tanta falta nos tempos de “guerra assimétrica/litorânea” mas também acho que fica faltando algo, mesmo sabendo que a função é suprida por outras armas.
Um abraço a todos.

Luís Eduardo de S. Cabral
Visitante
Luís Eduardo de S. Cabral

O importante não é se ele tem armas de mais ou de menos, o importante é que um navio igual ou superior a esse pode ser construido no Brasil. Os estaleiros precisam de encomendas, tanto de navios de gerra como de navios mercantes. O importante é trabalho, muito trabalho, o importante são trabalhadores empregados, muitos trabalhadores. Encomende aos estaleiros nacionais uma Marinha de Guerra e uma Marinha Mercante para dar trabalho aos milhares de operarios.

mario
Visitante
mario

Olá!… Sou nautimodelista e esses desenhos são bárbaros, e junto com as fotos permitem que façamos qualquer modelos (maquetes) desses fabulosos barcos. Seus artigos são ótimos e nos dão materiais para execuçao dos modelos. O B R I G A D O amigos. Forte abraço aos companheiros.

@wagner
Visitante
@wagner

Crise economica estranha a dos americanos…

Como eu destruo 57 destroieres ??