Estrago no convoo

    270
    6

    Quando o convés de voo de um porta-aviões ainda não era em ângulo como os atuais, esse tipo de acidente podia causar um grande estrago no grupo aéreo embarcado. Nas imagens, um bombardeiro AJ Savage com problemas no sistema hidráulico tenta fazer um pouso com barreira no porta-aviões USS Coral Sea em 1956.

    6
    Deixe um comentário

    avatar
    6 Comment threads
    0 Thread replies
    0 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    6 Comment authors
    NautilusObservadordaltonlAlfredo AraujoMauricio R. Recent comment authors
      Subscribe  
    newest oldest most voted
    Notify of
    Comandante Supremo
    Visitante
    Comandante Supremo

    Carambola se tivessem em guerra o inimigo ia comemorar, no minimo uns 10 foram pro saco.

    Mauricio R.
    Visitante
    Mauricio R.

    O contribuinte americano tem mto que agradecer, aos ingleses.
    Deck angular,
    catapulta a vapor,
    mirror landing system…

    Alfredo Araujo
    Visitante
    Member
    Alfredo Araujo

    Strike !!

    daltonl
    Membro
    Active Member
    daltonl

    Os britanicos foram revolucionários, não há como negar, MAS, apenas como curiosidade, havia uma questão de prioridades também! A US Navy queria e conseguiu grandes bombardeiros capazes de transportar armas atomicas, juntamente com as instalações necessárias a bordo para estoca-las. Não é a toa que os 3 “Midways” passaram toda a Guerra da Coreia em viagens ao Mediterraneo. Os britanicos queriam mais segurança para os pequenos e velozes jatos que estavam surgindo, para o já consagrado papel de proteção aos comboios e mesmo antes do convoo em angulo vieram com uma ideia bizarra conhecido como o “flexideck”…que foi abandonada, apesar… Read more »

    Observador
    Visitante
    Member
    Observador

    Einstein estava certo.

    Deus não joga dados com o Mundo.

    Ele joga boliche.

    Nautilus
    Visitante
    Nautilus

    Depois deste “strike”, este piloto passou a pilotar apenas escrivaninhas… Hahaha… 🙂