NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 1

O NAe São Paulo participou da operação ARAEX com a Armada Argentina em 2002, operando com aeronaves da aviação naval brasileira e argentina.

Nas fotos de Rob Schleiffert, jatos AF-1 Skyhawk da MB e turboélices S-2T Turbo Tracker da ARA a bordo do porta-aviões brasileiro.

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 2

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 3

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 4

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 7

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 5

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 10

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 6

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 8

NAe Sao Paulo ARAEX 2002 - 9

Subscribe
Notify of
guest
78 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
schwanka
4 anos atrás

O NAe São Paulo foi aportado em data pela marinha?

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  schwanka
4 anos atrás

Cuma?

Mario Heredia
Mario Heredia
4 anos atrás

kkkkkkk

Mario Heredia
Mario Heredia
4 anos atrás

Vou ser sincero com os amigos, mesmo correndo risco de apanhar do Juarez. Acho o NAe SP um bom porta aviões. Com 32 mil toneladas de deslocamento, capacidade para 40 aeronaves, duas catapultas, o opala velho de guerra é imponente. Se rolar uma reforma no estilo da que os chines fizeram no deles, teremos um navio de respeito.
Vi de perto o que os chineses fizeram, sendo que o deles estava muito pior do que o nosso está e digo mais, o nosso, bem tunado, pode mais do que o deles.

.

Luiz Monteiro
Luiz Monteiro
4 anos atrás

Prezados, Para contribuir com o debate, ainda sob comando do Alte. Moura Neto, a Marinha do Brasil pretendia realizar o Período de Modernização de Meio (PMM) do NAe São Paulo, com duração de aproximadamente 4 anos. Os principais pontos do PMM do NAe “São Paulo” eram: a) a reforma de seu interior, melhorando significativamente as condições de habitação para sua tripulação; b) substituição de tubulações e fiações; c) implementação de um novo sistema de propulsão, geração e distribuição de energia; d) revitalização das fontes de geração de vapor; e) revitalização geral (com substituição de diversas peças) das duas catapultas, permitindo… Read more »

Mauro
Mauro
4 anos atrás

Prezado Mario, sou novato por aqui, então peço licença para comentar seu comentário:

Me parece que a diferença entre os chineses e nós é que eles tem a determinação em levar a cabo um projeto consistente com os objetivos (orçamento) deles. No nosso caso tenho a impressão que falta consistência entre os objetivos, orçamento e projetos da Marinha.

[]s

Lucas Silva
Lucas Silva
4 anos atrás

Caro LM.

Alguma novidade em relação ao Prosuper e/ou corvetas Tamandaré que possas nos adiantar?

Abraços.

Rogerio
Rogerio
4 anos atrás

Sou novo aqui. Parabéns pelo site.

Belas fotos do porta-aviões brasileiro.

Luiz Monteiro, você poderia passar a fonte das informações acima. Obrigado.

Luiz Monteiro
Luiz Monteiro
4 anos atrás

Prezado Lucas Silva,

O PROSUPER continua hibernando, sem previsão de ser retomado. As corvetas Tamandaré são a prioridade no que tange à aquisição de navios de escolta, contudo, também dependerão de recursos orçamentários para serem levadas a diante.

Abraços,

Luiz Monteiro
Luiz Monteiro
4 anos atrás
Bardini
4 anos atrás

LM,
.
A data de validade do NAe São Paulo ainda é cogitada como sendo 2039 ou está se postergando isso também?
.
Mais um pouco e o navio completa um século de vida…

Rogerio
Rogerio
4 anos atrás

Obrigado, Luiz Monteiro

Luiz Monteiro
Luiz Monteiro
4 anos atrás

Prezado Bardini,

O período que NAe São Paulo permanecerá no Setor Operativo dependerá da extensão dos trabalhos realizados em seu PMM.

Tudo está ligado diretamente à disponibilização de recursos orçamentários.

Abraços

Lucas Lima
4 anos atrás

Temos que comprar um novo,que ja inclua transferência de tecnologia
Pode ser Maden in China ou ate mesmo Russo

jagderband#44
jagderband#44
4 anos atrás

Legal! Adoro fotos dos anos 60! Cold War a 1000!!!!

daemonblackfire
4 anos atrás

Não me considero patriota, mas da um certo orgulho ver o opalão operacional.

.
Uma pena que não somos um país sério, pois um navio como esse em bom estado de manutenção, com uma boa escolta e com vetores de qualidade embarcados daria um poder Dissuasório tremendo na nossa região.

Bardini
4 anos atrás

Obrigado pelo retorno Luiz Monteiro.

Juarez
Juarez
4 anos atrás

Mario Heredia 29 de março de 2016 at 15:43

Vou ser sincero com os amigos, mesmo correndo risco de apanhar do Juarez.

Mario, eu jamais te acusaria pelo fato de apreciar o Nae SP, eu também aprecio ele, mas o problema aqui é outro, não é reformar ou modernizar, é sim MANTER E OPERAR, mas isto outra conversa.

G abraço

Marinho Av
4 anos atrás

Japão intensifica defesa em ilhas remotas
A presença de embarcações e aviões de combate chineses vem aumentando nas proximidades de ilhas remotas do Japão.

http://www.portalmie.com/atualidade/2016/03/japao-intensifica-defesa-em-ilhas-remotas/

marcelo
4 anos atrás

Não vejo continuidade para este navio, de qualquer jeito por idade, e por varias situações que se justificam: 1 – Não existe uma esquadra forte e operacional para ser nucleada por este navio mais; 2 – Não existem navios de defesa de area para a proteção deste navio; 3 – Não existem navios de apoio especializados para abastecer e acompanhar este navio em missões; 4 – Toda a mão de obra especializada está indo embora ( ou ja foi embora ) ou está se aposentando; 5 – Nunca foi organizado um grupo aéreo completo, para treinamento neste navio; 6 –… Read more »

Satyricon
4 anos atrás

A quantia que se cogita gastar na reforma dessa belonave (sexagenária) beira a obscenidade. Se a MB tivesse um pingo de massa cinzenta ou zelo pelo dinheiro do contribuinte, cancelaria essa idéia. Melhor seria investir isso na aquisição de um LHD, o qual eu sugiro um Dokdo class (Korea)

WillHorv
WillHorv
4 anos atrás

La se vão 14 anos e estamos brigando para ter os mesmos vetores…tracker….af1….só os helis melhoraram….sem contar que o próprio meio não foi modernizado. Enquanto isso … em uma china logo ali ….

TIP
TIP
4 anos atrás

Prezados,
alguém possui fotos ou vídeos dos A-4s do AF1 catapultando com armamento (bombas ou mísseis ) do Nae São Paulo?
Abs

Anselmo Nogueira
Anselmo Nogueira
4 anos atrás

No meu singelo entendimento, na China não tem TCU, MPU, partidos de situação e oposição… Tambem não tem internet livre e nem a livre manifestação de pensamento ou expressão. Lá, quem se arriscar a dizer qualquer adjetivo pejorativo ao próprio pais, e considerado traidor da pátria, com punição severa. Recomendo a leitura de um livro cujo título e “O Serviço Secreto Chinês”. Essa obra da uma idéia de como e a estrutura política, social e trabalhista no Império do Meio. Também ajuda a entender como eles conseguem executar obras navais em tempo curto… Enfim, isso também não explica tudo… Mas… Read more »

souto.
souto.
4 anos atrás

Amigo LM a MB não tem dinheiro nem para reformar o A-12, e nem para construir as cv Tamandaré,é preciso que
o governo federal libera uma verba extra orçamentaria para tal feito.Em tempo alguma definição sobre o Mattoso Maia?

Vitor Rodrigues
Vitor Rodrigues
4 anos atrás

Pelo andar da carruagem, acho que o PMM será limitado apenas a uma pintura externa e sem “remendar as rachaduras”.

Lucas Silva
Lucas Silva
4 anos atrás

Caro LM, agradeço os esclarecimentos…

Apenas mais uma questão. Alguma novidade em relação a disponibilização para a venda das fragatas alemãs classe Brandenburg, que poderiam ser disponibilizadas pela marinha alemã?

Abraços

Alexandre Samir Maziz
4 anos atrás

Belas fotos , mas esse navio ai já e coisa do passado ,nem vou comentar mais se compensa e renovar ou não rsrs eu cansei prometo não dar minha opinião sobre o assunto .Abraços !!!!

Cláudio quadros
Cláudio quadros
4 anos atrás

Podíamos copiar projeto do São Paulo com novo casco utilizar velho Sao Paulo treinamento novos tripulantes podiamos compra garibalde da italia ampliar pista dele e princepe Astúrias da armada espolha tambem ampliar pista

MO
MO
Reply to  Cláudio quadros
4 anos atrás

É … podiamos … um Nimitz Chakri Nerebet da vida talvez poderiamos .. ah eh custa comprar e custa mais ainda manter … tirando este detalhe infimo ($$$$$) Fé (falta de Fé) é molezim …

Juarez
Juarez
4 anos atrás

MO, MO olha o coração e a “sapiência”………..

G abraço

MO
MO
Reply to  Juarez
4 anos atrás

kkkkkkkk aee Juarez .. tinha “si Esquecido” da Sapiência … soma-se aos que aguardam a Cv Tamanduá ..

W.K.
W.K.
4 anos atrás

É, podíamos comprar.

Quero ver manter e operar.

Se o que a gente tem a gente não é capaz de manter…

Airacobra
Airacobra
4 anos atrás

Poxa, bons tempos de esperança e sonhos, nessa epoca dormia muito feliz na sessão tango logo abaixo do compartimento da “fabrica” de LOX, era um pica pau fazendo toc toc toc o tempo inteiro em cima da minha cabeça, mas mesmo assim dormia feliz e tranquilo, sabendo que após a missão cumprida havia um “soco” melhorado me esperando em Rio Grande la no saudoso imperial e no lads, kkk, e no canalete, bons tempos

Luiz Monteiro
Luiz Monteiro
4 anos atrás

Prezado Souto,

Assim que possível, trarei novidades sobre o Mattoso Maia.

Prezado Lucas,

Até o presente momento, os navios citados não foram oferecidos á MB.

De qualquer sorte, vale ressaltar que mesmo as compras de oportunidade, requerem recursos orçamentários. Assim, mesmo que navios sejam disponibilizados, a MB precisará de recursos que não estão previstos em seu orçamento regular.

Abraços a ambos

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

No meu singelo entendimento, na China não tem TCU, MPU, partidos de situação e oposição… Tambem não tem internet livre e nem a livre manifestação de pensamento ou expressão. Lá, quem se arriscar a dizer qualquer adjetivo pejorativo ao próprio pais, e considerado traidor da pátria, com punição severa. Recomendo a leitura de um livro cujo título e “O Serviço Secreto Chinês”. Essa obra da uma idéia de como e a estrutura política, social e trabalhista no Império do Meio. Também ajuda a entender como eles conseguem executar obras navais em tempo curto… Enfim, isso também não explica tudo… Mas… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Texto entre “….” de:
Anselmo Nogueira 29 de março de 2016 at 21:17
_
“Rogerio 29 de março de 2016 at 16:13
…. Luiz Monteiro, você poderia passar a fonte das informações acima. Obrigado.”
______________________
Rogério, o Homem á Almirante da ativa na MB, ativo colaborador neste espaço.
______________________
As melhores fotos que já vi até hoje.
______________________
Uma pena, mas gostei da ideia do PMM feito fora, com equipe da MB par ao par. Sniff Sniff ………….

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

O Tracker com seis “cabides” vazios.
___________

1) O que eles podem levar ?
___________

2) As nossas encomendas estão “de pé” ?
3) Poderão estar armadas com o quê ?

Gelson Jorge Emerim
4 anos atrás

marcelo 29 de março de 2016 at 19:30 “Não vejo continuidade para este navio, de qualquer jeito por idade, e por varias situações que se justificam: 1 – Não existe uma esquadra forte e operacional para ser nucleada por este navio mais; 2 – Não existem navios de defesa de area para a proteção deste navio; 3 – Não existem navios de apoio especializados para abastecer e acompanhar este navio em missões; 4 – Toda a mão de obra especializada está indo embora ( ou ja foi embora ) ou está se aposentando; 5 – Nunca foi organizado um grupo… Read more »

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
4 anos atrás

CAS,

O KC-2 Turbo Trader não usará armamento algum. Será uma nova Kombi para transportar pessoas e cargas e, supostamente, reabastecer os A-4 da MB.

A encomenda segue de pé, pois é mais barato continuar com o contrato do que rompê-lo.

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás
Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Rafael Oliveira, obrigado.
Fiz o dever de casa e pesquisei no PN e geral.
Lembro-me agora, assunto antigo …. Nae 12 docado esperando virar casa de peixe etc
Os caras até faliram …………

Fernando
Fernando
4 anos atrás

Seria muito bom vê-lo operacional novamente! mesmo com os A4 modernizados e os Tracker seria uma demonstração de capacidade considerável no hemisfério sul. Que possamos ver isso um dia! Força MB!

MO
MO
Reply to  Fernando
4 anos atrás

Em operação com os argentinos e com uma quantidade razoavel de AF1 no convés, acho que desta maneira nunca mais outra vez ….

http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2011/03/nae-sao-paulo-suas-escalas-em-santos-2a.html

Em tempo

M/V Tamar / V7SQ6

Suspendendo Santos

19 fotos

http://santosshiplovers.blogspot.com.br/2016/03/mv-tamar-v7sq6-suspendendo-de-santos.html

MO
MO
Reply to  MO
4 anos atrás
Gus
Gus
4 anos atrás

Eu tenho uma foto deste meio com 6 A-4 da MB e alguns super etendard da ARA e um par de S 2 T no convés. “Lotado” de asas fixas desta maneira, creio que nunca mais. Somente se vir a operar os possíveis Sea Gripen…
Também foi cogitado na época uma força tarefa binacional para operar no porta aviões, alguém sabe se isso ainda é plano ou já foi descartado?
abraços.

Luiz Campos
Luiz Campos
4 anos atrás

Luiz Monteiro, na relação de serviços a serem executados notei que pelo menos 4 itens dos 16 elencados por vc. dizem respeito ao sistema de catapultas. Não seria talvez mais barato tentar a aquisição de aeronaves de decolagem e pouso vertical do que investir nesse sistema?

Mateus
Mateus
4 anos atrás

Foi roubado da Petrobras já descoberto (R$21.000.000.000), e nossa Marinha boiando amarrada…

AL
AL
4 anos atrás

Pois é MO, pelo menos na época a cabotagem era feita em full, né não?!?!?!?!

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
4 anos atrás

Luiz Campos 30 de março de 2016 at 16: Qual, de quem e com q grana ? Em qual Nae ? Lupa no canto superior direito, coloque a palavra chave, boas matérias e comentários. O Almirante ** é quem está afirmando: “Luiz Monteiro 29 de março de 2016 at 23:32 Prezados, Não há previsão de modernização no armamento das CCI. Se fosse para ocorrer alguma modernização, deveria ter ininiciado com a Júlio de Noronha, que passa por PMG. Para tornar realidade as corvetas Tamandare, só com financiamento externo. A realidade de hoje (isso pode mudar, mas estou falando da realidade… Read more »

luiz campos
luiz campos
4 anos atrás

Carlos Alberto Soares, é apenas um exercício de imaginação sobre o que seria possível realizar com a grana do pré sal, rs., porque se formos escrever sobre a nossa dura e crua realidade esse espaço ficará em branco.

Delfim Sobreira
Delfim Sobreira
4 anos atrás

Só pra lembrar, 2002 foi o último ano de FHC. Depois… bem, os senhores sabem.

Dalton
4 anos atrás

Luiz campos…

quanto a sua pergunta se não seria mais barato investir em aeronaves de “decolagem e pouso” verticais,um único F-35B, não há alternativas, custará quem sabe no futuro a bagatela de 100 milhões de dólares a unidade, hoje custa mais, ou seja, se a modernização do NAeSP continua estimada em cerca de um bilhão de reais, seria possível adquirir apenas 3 F-35Bs
.
abs

luiz campos
luiz campos
4 anos atrás

Dalton, talvez algo mais velhinho tipo Herrier, mas como eu disse é apenas imaginação.Se em algum momento no passado recente tivemos verbas, com certeza desperdiçamos em projetos equivocados e irrealistas. Excesso de otimismo com má fé.