Home História Os navios-aeródromo da classe ‘Nimitz’

Os navios-aeródromo da classe ‘Nimitz’

2170
32

080329-N-7883G-012

USS Nimitz (CVN-68)

Builders:  Newport News Shipbuilding in Newport News, Virginia
Laid down: June 22, 1968
Launched: May 13, 1972 (List)
Commissioned: May 3, 1975 (List)
Status: In active service, based at Naval Air Station North Island in San Diego, California
Modifications: Service Life Extension Program
Operations: Operation Evening Light, Gulf of Sidra, Operation Desert Storm, Operation Southern Watch, Operation Iraqi Freedom
Victories: 2 Libyan aircraft in 1981

cvn69

USS Dwight D. Eisenhower (CVN-69)

Builders: Newport News Shipbuilding in Newport News, Virginia
Laid down: August 15, 1970
Launched: October 11, 1975 (List)
Commissioned: October 18, 1977 (List)
Status: In active service, based at Naval Station Norfolk in Norfolk, Virginia
Modifications: Service Life Extension Program
Operations: Iran hostage crisis, Operation Desert Shield, Operation Desert Storm, Operation Uphold Democracy, Operation Southern Watch, Operation Deny Flight

cvn70

USS Carl Vinson (CVN-70)

Builders:  Newport News Shipbuilding in Newport News, Virginia
Laid down: October 11, 1975
Launched: March 15, 1980 (List)
Commissioned: March 13, 1982 (List)
Status: Undergoing RCOH at Northrop Grumman Newport News, Virginia
Operations: Operation Southern Watch, Operation Desert Storm , Operation Desert Fox, Operation Enduring Freedom, Operation Iraqi Freedom

cvn71

USS Theodore Roosevelt (CVN-71)

Builders:  Newport News Shipbuilding in Newport News, Virginia
Laid down: October 31, 1981
Launched: October 27, 1984 (List)
Commissioned: October 25, 1986 (List)
Status: In active service, based at Naval Station Norfolk in Norfolk, Virginia
Operations: Operation Desert Shield, Operation Provide Comfort, Operation Deny Flight, Operation Southern Watch, Operation Deliberate Force, Operation Allied Force, Operation Enduring Freedom, Operation Iraqi Freedom

cvn72

USS Abraham Lincoln (CVN-72)

Builders:  Newport News Shipbuilding in Newport News, Virginia
Laid down: November 3, 1984
Launched: February 13, 1988 (List)
Commissioned: November 11, 1989 (List)
Status: In active service, based at Naval Station Everett in Everett, Washington
Operations: Operation Desert Shield, Operation Desert Storm, Operation Fiery Vigil, Operation Southern Watch, Operation Restore Hope, Operation Vigilant Sentinel, Operation Enduring Freedom, Operation Unified Assistance

gw2.jpg

USS George Washington (CVN 73)

Builders:  United States Newport News Shipbuilding in Newport News, Virginia
Laid down: August 25, 1986
Launched: July 21, 1990 (List)
Commissioned: July 4, 1992 (List)
Status: In active service, based at Yokosuka Naval Base, Yokosuka, Japan
Operations: Operation Decisive Endeavor, Operation Southern Watch, Operation Enduring Freedom, Operation Iraqi Freedom, Operation Vigilant Resolve

cvn74

USS John C. Stennis (CVN 74)

Builders:  United States Newport News Shipbuilding in Newport News, Virginia
Laid down: March 13, 1991
Launched: November 11, 1993 (List)
Commissioned: December 9, 1995 (List)
Status: In active service, based at Naval Base Kitsap in Bremerton, Washington
Operations: Operation Southern Watch, Operation Enduring Freedom, Operation Iraqi Freedom, Operation Noble Eagle

cvn75

USS Harry S. Truman (CVN 75)

Builders:  Newport News Shipbuilding in Newport News, Virginia
Laid down: November 29, 1993
Launched: September 7, 1996 (List)
Commissioned: July 25, 1998 (List)
Status: In active service, based at Naval Station Norfolk in Norfolk, Virginia
Operations: Operation Southern Watch, Operation Iraqi Freedom, Hurricane Katrina relief

cvn76

USS Ronald Reagan (CVN 76)

Builders:  Northrop Grumman Newport News in Newport News, Virginia
Laid down: February 12, 1998
Launched: March 4, 2001 (List)
Commissioned: July 12, 2003 (List)
Status: In active service, based at Naval Air Station North Island in San Diego, California

cvn77

USS George H. W. Bush (CVN 77)

Builders:  Northrop Grumman Newport News in Newport News, Virginia
Laid down: September 6, 2003
Launched: October 9, 2006 (List)
Commissioned: 10 January 2009 (List)
Status: Sea trials slated to be completed first quarter 2009.

32
Deixe um comentário

avatar
32 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
13 Comment authors
Obama envia USS ‘Truman’ para ajudar na diplomacia com o Irã | Poder NavalNotícias da US Navy: USS Nimitz testa novo sistema de defesa com ESSM…ivanRafale e E-2C franceses no ‘Eisenhower’Primeiro pouso a bordo do CVN 77 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcelo Martins
Visitante
Marcelo Martins

Belíssimas fotos para wallpaper!! 10!!
Enquanto isso, o Opalão, como vocês costumam chamar…….tá parado!!!
Porque o apelido Opalão? Porque é véião?,……..hehehehehe

Lecen
Visitante
Lecen

É impossível qualquer país querer se comparar aos EUA.

Sei bem que os porta-aviões são navios de ataque e o nosso país não atua em nenhuma guerra de maior porte desde a II Grande Guerra.

Contudo, se o país deseja assumir uma posição de potência mundial, terá que construir porta-aviões. Contudo, isto não está na cabeça dos membros do atual Governo (e não, eu não acredito no PDN, que não passa de literatura de ficcção).

Tio Déro
Visitante
Tio Déro

Bom dia aos navegantes do blog naval. Sempre visito este blog e também os do poder aéreo e do poder terrestre, sorvo nestes blogs as informações e as opinões dos amigos aqui, com isso eu aprendo muito. A informação que tenho para os amigos, sei que é off-topic mas acho relevante. Passo pelo elevado da Perimetral, aqui no Rio, para ir ao trabalho e ontem tive a grata surpresa de ver um navio com características stealth ancorado no porto próximo ao encontro da Av.Rodrigues Alves com Barão de Tefé. Me parece uma fragata classe lafayette (não conheço muito de navios).… Read more »

Fábio Max
Visitante

Belos navios. Os EUA vêm perdendo poder e influência global nos últimos anos. E isso decorre deles mesmo. Acontece que suas empresas, fugindo dos altos custos trabalhistas internos, estão se instalando em outros lugares, notadamente a China, embora também nos demais países asiáticos. Isso faz com que esses países tomem nacos de poder outrora dos EUA, porque adquirem poder econômico. E isso, com o tempo, levará os EUA a gastar menos com armas como esses super porta-aviões, que só existem em tamanha quantidade por conta dessa coisa americana de ser a polícia do mundo, muito mais para cuidar dos interesses… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

Tio Deró,

Vc viu o mais novo navio de guerra frances, o Forbin, e ele é bem maior que o La Fayette.

abraços

Tio Déro
Visitante
Tio Déro

Dalton,

Obrigado pelo esclarecimento.

Um grande abraço.

Marcos T.
Visitante
Marcos T.

Que beleza esses NEs
E pensar que cada um tem mais poder de fogo que 90% dos paises do mundo.
Dizem que todos os impérios um dia acabam, se este um dia acabar duvido que seja por meios militares.

Marcos T.
Visitante
Marcos T.

Falando em guerras não convencionais, alguem já ouvio falar sobre a chamada “bomba Demografica”?

Dalton
Visitante
Dalton

Oi marcos,

é uma preocupaçao por exemplo de Israel, já que a taxa de natalidade palestina é maior que a .

abraços

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

Max, na sua relação faltou o tailandelico (se vc incluiu o Asturias, ele deve ser incluso tbm)

MO

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

Tiozão

Completando o Mestre Dalton, a Forbin é classe Horizon

Bemvindo ao log, divirta-se e boa navegação !

Abs
MO

Dalton
Visitante
Dalton

Mestre ostra, cambio!

Ou vc tem uma excelente maquina fotografica, ou é excelente fotografo, ou ambos!

Tentei fazer um photex e me dei mal…

Sei que a natureza do blog nao é apresentar modelos de navios, mas como nunca tinha fotografado os meus, pensei em mandar uma foto, tipo comparando nosso encouraçao Minas gerais, com encouraçados tipo Bismarck, Yamato, para demosntrar a evoluçao, ou a evoluçao desde o Langley até o Nimitz.

Será que o blog aceitaria a ideia ? E vc teria algum conselho para fotografar miniaturas de navios?

Cambio e desligo

Galante
Visitante

Dalton, pode enviar as fotos para:
[email protected]

Jacubão
Visitante

Caramba, babei o teclado de novo, puts…..

Vassili Zaitsev
Visitante
Vassili Zaitsev

Jacubão,

Dois…………………. fiquei com a mesma sensação.

Mas pra que servem esses CVN sei lá que números. O meu Opalão véio de guerra bota todos eles para correr, ops, navegar de volta para o Atlântico Norte, tal é o poder dissuasório dos 23 Skyhawks operados.

abraços.

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

E vem aí…

O USS Gerald R. Ford (CVN-78). É o mais novo porta-aviões nuclear americano da Classe Ford.

O (CVN-78) será o primeiro desta Classe.

O navio foi encomendado em 2006 com lançamento previsto em 2009, e entrada em serviços no ano de 2015.

MOSilva
Visitante
MOSilva

Acho que vou causar polêmica… A atual doutrina da USN ainda se baseia na experiência daquele país na Batalha do Pacífico, contra o japão na WWII. Os NAes foram as grandes armas da época, decisivos para o resultado do confronto. No período imediatamente pós WWII houve grandes avanços na tecnologia de construção naval, bem como no conceito e utilização dos NAes (convês angular, espelho de pouso, catapultas a vapor, radares de varredura) que se tornaram verdadeiros “aeródromos móveis” e não somente armas de defesa e ataque da esquadra. Com a guerra fria, a antiga URSS adotou uma estratégia nova: no… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

Vassily…

Vc terá que rever suas taticas, pois vc nao tem 23 falcoes, terá 12 quando muito.

Proponho um ataque matutino,com 8 avioes enquanto os Yankess estao se empanturrando de ovos e bacon.
2 serao usados para confundir os radares com aché music e os outros dois restantes farao CAP.

abraços

Dalton
Visitante
Dalton

MOSilva,

nao vi motivos para polemicas no que postou…só complementando, o numero de bases americanas no exterior apenas tem diminuido e nao aumentado.

Há sim a possibilidade de haver uma diminuiçao no nr de porta-avioes, porém, ao mesmo tempo, apesar da crise, eles dao indicaçoes que a partir de 2020, quando o segundo Ford entrar em serviço, o numero voltará a ser de 12 unidades.

Parece exagero? Nao, se vc considerar os que passam por manutençao ou exercicios pós manutençoes, portanto vc precisa ter 12 para poder usar 6.

abraços

Dalton
Visitante
Dalton

MOSilva, tive que interromper meu comentario , mas retornando, ainda nao se tem certeza qual tipo de F35 os futuros naes britanicos irao operar, caso seja o F35B, terá mais limitaçoes do que o F35C lançado por catapultas. Para se ter uma eficiente taxa de sortidas, é provavel que eles, assim como os naes americanos nao irao operar com sua capacidade maxima possivel, assim uns 30 F35s e um punhado de helicopteros e provavelmente umas tres aeronaves de alerta aereo comporao a ala aerea. Em contra-partida,os naes americanos irao operar F35C e F18 SH que continuará som sua grande capacidade… Read more »

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

Dalton Em verdade as fotos sairam meio embaçadas pq foi o Bozoh que fotografou 🙂 Se vc reparar existe uma catiguria chamada modelismo naval, no caso é muito bem vindo Passa para o Bozoh ou para o DDC (Poggio) que eles publicam Quanto a foto, depende muito da maquina e da ão do fotografo, como eles era 1/2400, são muito pequenas, tem que se ter habilidade de reunir o grupo, sem desfocar. Em verdade, estavamos fazendo outra coisa, foi feito meio que sem querer “de estalo” sem uma produção propria ou prevista especificamente, nas proximas (excessão as que ja estão… Read more »

MOSilva
Visitante
MOSilva

Olá Dalton Pelo que eu soube, o USS Enterprise está sendo preparado para o desarmamento, que será adiantado de cerca de 2015 para 2010-2012, antes da antrada em serciço do USS Gerald Ford (CVN-78) em 20015 e pouco após a colocação em plena operação do USS George H. W. Bush (CVN-77), o décimo e último NAe da classe Nimitz comissionado em janeiro deste ano. Especula-se que, logo após a entrada em serviço do CVN-78, um dos Nimitz também será descomissionado (Carl Vinson?), mantendo em operação 11 super carriers. Com a progressiva entrada em serviço dos novos NAes da classe Ford,… Read more »

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

então … risos, na proxin]ma eu desenho 🙂 .. deve ficar mais facil

MO

Dalton
Visitante
Dalton

MOSilva, desculpe-me por só agora responder, e caso venha a ler o que escreverei, é o seguinte: O Enterprise está passando agora pela sua ultima grande modernizaçao que o permitirá operar até 2012, ou quem sabe um pouco mais, dependendo do estado de seu combustivel nuclear. Portanto nao faz sentido “aposenta-lo” ano que vem, 2010, já que centenas de milhoes de dolares estao sendo gastos, e ele deverá ter os trabalhos concluidos em agosto deste ano. Após ele dar baixa, a marinha ficará com 10 naes, já que o Gerald Ford deverá ser comissionado em 2015/2016, o que elevará o… Read more »

MOSilva
Visitante
MOSilva

Olá Dalton Eu pensei no CVN-70 Carl Vinson porque ele é o último membro da primeira subclasse Nimitz (Nimitz, Eisenhower, Vinson) e, pelo que eu soube, a belonave não está passando pela reforma de de extensão de vida útil, como seus irmão mais velhos. Também li que o motivo de sua docagem (CVN-70) é para a troca do combustível nuclear e para adaptação da operação dos Super Hornet (que substituiram os F-14 Toncat). Assim, apesar dos gastos feitos, ele se tornaria a unidade menos atualizada da classe e natural candidato a ser o primeiro Nimitz descomissionado. O CVN-65 Enterprise é… Read more »

Dalton
Visitante
Dalton

Olá MOSilva, O Carl Vinson começou a operar o Super Hornet no inicio de 2005 com o VFA 154 operando F18F, quase um ano antes do inicio do seu RCOH-refueling and complex overhaul que teve inicio em 11/11/05. Desde 2003 ele já nao operava mais o F14D, apenas F18C, portanto o F14D foi substituido inicialmente pelo F18C e nao houve necessidade de grandes adaptaçoes para embarcar o f18SH, pois ambas as versoes tem muito em comum. Cometi um erro quando escrevi modernizaçao do Enterprise. Pensei uma coisa e escrevi outra. Trata-se apenas de uma grande manutençao em doca seca, alias,… Read more »

MOSilva
Visitante
MOSilva

Olá Dalton Ou seja, a reforma do CVN-70 está sendo feita para ampliação da sua (do Carl Vinson) vida útil e modernização de sistemas de operação/navegação. Se é assim, concordo que não faz o mínimo sentido tirar o navio de operação antes de 2020. Mencionei o caso do Kitty Hawk com JFK porque o último era mais novo e mais moderno, sendo de uma classe intermediária entre os Kitty Hawk e os Nimitz (embora o JFK tivesse propulsão convencional). Claro que a manutenção de um navio em serviço depende de muitos fatores, que não somente a idade do casco. E,… Read more »

trackback

[…] Para conhecer os dez navios-aeródromo da classe “Nimitz”, clique aqui. […]

trackback

[…] período de manutenção de meia-vida no ciclo de 50 anos de serviço de todos os porta-aviões da classe Nimitz. Além da troca do combustível nuclear, o RCOH também inclui a modernização de toda a […]

ivan
Visitante
ivan

Olha, já disse que nada sei de Guerra Sei que: a) A Argentina tomou uma SURRA HISTÓRICA nas Falklands. Em algumas semanas foram dizimados, gostem ou não os amigos daqui. Queiram ou não fazer uma revisão dos fatos históricos, a derrota argentina foi incontestável. Cristalina. b) quanto aos Porta-Aviões, vi o CVN 78, CVN 68 e o Midway que agora é museu. Isso em San Diego, maio de 2009, atracados. Acho que poucos amigos tiveram essa oportunidade. c) US Navy : ja visitei o USS Vicksburg(há uma foto dele neste site). Simpático, mas não muito grande ou impressionante. Onde? Base… Read more »

trackback

[…] and go” (toque e arremetida) no convoo do navio-aeródromo USS Dwight D. Eisenhower da classe “Nimitz”, aproveitando a passagem do navio pela área da VI Frota. Nas fotos abaixo, um E-2C Hawkeye da […]

trackback

[…] Os navios-aeródromo da classe “Nimitz” Tagged with: Irã • USS Harry S. Truman  Se você gostou desse post, compartilhe! […]