Home Infraestrutura Submarino ‘Tapajó’ finaliza seu PMG

Submarino ‘Tapajó’ finaliza seu PMG

886
17

Tapajo - 1

Foi realizada no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), no período de 25 a 28 de janeiro de 2010, a operação de “load out ” do Submarino “Tapajó”, após a finalização das obras previstas no seu Período de Manutenção Geral (PMG), realizado no interior da Oficina de Construção de Submarinos.

A manobra consistiu da colocação do Submarino “Tapajó” sobre duas carretas que foram deslocadas para uma balsa perfeitamente alinhada ao cais, tendo este alinhamento sido mantido por meio de manobras de retirada e transferência de água dos tanques de lastro da balsa. O conjunto carretas, berços e submarino totalizaram um peso de cerca de 2000t.

Em seguida, o conjunto foi movimentado para o interior do Dique Almirante Régis, onde a balsa foi docada e mantida submersa, permitindo a desdocagem do submarino e sua atracação no cais sul do AMRJ, para continuação das provas de cais e início das provas de mar.

Essa manobra, a quarta deste tipo realizada no AMRJ, permitiu que as atividades do PMG, incluindo algumas atividades das provas de cais, fossem executadas no interior da Oficina com significativo aumento da eficácia e dos índices de produtividade.

Tapajo - 2

FONTE e FOTOS: Marinha do Brasil

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo
Marcelo
10 anos atrás

Curiosidade
O nivelamento da Balsa se dá por sensores de nivelamento (laser), controlando as bombas de lastro, ou é um outro sistema?

Sds Marcelo

claudio alfonso
claudio alfonso
10 anos atrás

Bom ver a hélice do submarino protegida contra curiosos! hehehe

emerson
emerson
10 anos atrás

o danado é bonito demais.

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

OFF TOPIC!!!!

Na parte paga do Defense-Aerospace, tem uma nota dizendo que o 1º submarino da Malásia não consegue mergulhar.

(http://www.defense-aerospace.com/articles-view/afp/18/112205/malaysia-says-first-submarine-unable-to-dive.html)

Será algum “Scórpene”, dando ainda mais razões p/ lamentarmos sua escolha???

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

Que falta um synchrolift não faz…

Nick
Nick
10 anos atrás

Será que o Tapajó já recebeu a atualização de sistemas da Lockhhed?

[]’s

Bronco
Bronco
10 anos atrás

E tem mais um sub docado na fila do PMG, que aparentemente está indo de vento em popa.

Aliás, vem modernização dos subs por aí, inclusive integrando os novos MK-48.

Enquanto isso o São Paulo… e o Marajó então, nem se fala…

É por essas e outras que eu acho que, além da falta de recursos, tem a questão da queda de braços do almirantado na MB.

tyrion
tyrion
10 anos atrás

Temos que admirar a marinha…silenciosa dentro e fora da agua…hehehe

M1
M1
10 anos atrás

O Bicho é bonito!

Essa é a MB!

marujo
marujo
10 anos atrás

Este submarino já recebeu a modernização de meia vida, com novos sistemas norte-americanos?

celso
celso
10 anos atrás

Continuo falando o Brasil deveria comprar os 2 tr1700 Argentinos que encontrase n0 estaleiro e incabados ,com a crise dos ermanos nos conseguiriamos compralos com um bom tempo,aumentando asim a disponibilidade dos sub Brasileiros ate a chegaga dos Escorpenes

Rodrigo Rauta
Rodrigo Rauta
10 anos atrás

Ue, esse ai não era a sexta unidade dos Tupi, o “Tapaja”???? rsrsrsrsrsrs
A falta e informação e a preguiça em busca-la são terriveis na nossa imprensa….

Abraços!!!

vassili
vassili
10 anos atrás

Rodrigo, Poxa, eu ia perguntar a mesma coisa: Este não é o Submarino “Tapajá”, o sexto SSK da MB???????? Estou achando que os editores do blog se confundiram no nome, rsrsrsrsrsrs….. Eu afirmo que a foto mostra o lançamento ao mar do nosso novo submarino, o Tapajá. tendo sua construção iniciada em 1942, foi comissionado nesta semana, após apenas 68 anos de espera……… Capaz de navegar submerso em velocidades superiores à 88 knots, tem alcance estimado em 39.000 milhas, em velocidade de cruzeiro de 45 knots na superfície. É equipado com 2 motores à alcool de 110 cv cada (igual… Read more »

vassili
vassili
10 anos atrás

Ah….. e esqueci de falar dos torpedos que ele carrega : são do modelo MK-48 “Bosco”, equipados com uma carga explosiva de prótons e neutrôns, tecnologia essa comprada dos super hiper mega ultra desenvolvidos Sidius, uma raça que confronta com os Jedi e os Sayajins o posto de raça dominante em uma galáxia muito distante……..

Viajei na maionese desta vez……….

abraços.

Ph
Ph
10 anos atrás

Só corrigindo uma pequena informação sobre o dique flutuante. O Dique não é Almirante Régis e, sim, Almirante Hess.

Ph
Ph
10 anos atrás

Bronco, o NT Marajó entrará em PMG em Salvador a partir de março, na Base Naval de Aratu.

Bronco
Bronco
10 anos atrás

Ph, Vou deixar mais claro o que eu penso. Saber que o Marajó – finalmente – vai para o PMG é uma boa notícia. Mas há de se lembrar que Marajó está para ser descomissionado desde o início da década de 1990. No entanto, é o único dos nossos NTs que consegue carregar o JP5 usado nas aeronaves do São Paulo. Seu descomissionamento foi sendo postergado até o momento em que não havia mais como mantê-lo na ativa sem uma grande reforma. No entanto, não houve no início desta década preocupação em suprir a necessidade de reposição dos NTs descomissionados,… Read more »