Fraterno_01

Em 28 de maio, teve início a Operação “Fraterno XXVIII”, na área marítima entre Buenos Aires e Rio Grande, com o suspender dos navios participantes dos Grupos-Tarefa (GT) 101.2 (brasileiro), e GT 101.1 (argentino). A Fragata “ Constituição” e o Destructor ARA “Sarandi” suspenderam do Porto de Buenos Aires.

A Operação é coordenada pelo Comandante do GT brasileiro, Contra-Almirante Luiz Henrique Caroli, Comandante da 2ª Divisão da Esquadra, a bordo da Fragata “Constituição“, e pelo Comandante do GT argentino, o Capitán de Navio Fernando Luis Beccaria, a bordo do Destructor ARA “Sarandi”.

A Operação tem o propósito de aprimorar o nível de adestramento das unidades navais no planejamento e na execução de Operações Conjuntas e de reforçar os laços de amizade entre Marinhas amigas.

O GT brasileiro é composto pela Fragata “Constituição” (F42), Corveta “Jaceguai” (V-31), Navio-Tanque “Almirante Gastão Motta” (G23) e os helicópteros AH-11A “Super  Lynx” e UH-12/13 “Esquilo”.

Além desses meios, o Submarino “Tikuna” (S-34), o Navio-Patrulha “Benevente” (P-61) e o Rebocador de Alto-Mar  “Tritão” (R-21) apoiarão os exercícios.

O GT argentino é composto pelos Navios ARA “Sarandi” (D13), ARA “Robinson” (P45) e  ARA “Patagonia”  (B1) e pelas aeronaves  embarcadas  “Fennec”   (AS555)   e   “Alouette”  (AI03).

A Força Aérea Brasileira também participa da Operação, empregando uma aeronave “Bandeirulha”, para patrulha marítima (P-95B).

Durante a comissão, serão realizados exercícios relacionados com o incremento e com a manutenção do grau de aprestamento de parcela de unidades navais dos países participantes.

Em 28 de maio, o Navio-Tanque “Almirante Gastão Motta” realizou Transferência de Óleo no Mar (TOM) com a Corveta “Jaceguai” e, juntos,  demandaram o ponto de encontro com os navios que suspenderam de Buenos Aires, incorporando-se ao Grupo-Tarefa às 12h do dia seguinte.

Em 29 de maio, o Navio-Tanque “Almirante Gastão Motta” reabasteceu a Fragata “Constituição”.

Foram realizados exercícios de qualificação e requalificação de pouso a bordo (QRPB), diurno e noturno, além de exercícios de ataque coordenado entre a Fragata “Constituição” e sua aeronave orgânica.

No dia 30 de maio, foram executados exercícios de busca e ataque a submarino, manobras táticas, manutenção de posição do navio e trânsito sob ameaça submarina.

TOM Fraterno_2

FONTE: MB

Tags: , , , , , , , ,

One Response to “ComDiv2 participa da “FRATERNO XXVIII”” Subscribe

  1. Steen 9 de junho de 2010 at 19:25 #

    O Tikuna deve ter afundado geral…

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Suecos investigam presença de submarino estrangeiro perto de sua capital

Submarino estrangeiro estaria operando no Arquipélago de Estocolmo, do qual faz parte a capital da Suécia, o que levou ao […]

Mora em Brasília ou está na cidade? Então experimente um simulador da Marinha

Simulador de Aviso de Instrução, utilizado pelos aspirantes da Escola Naval no Rio de Janeiro (RJ), além de maquete da […]

Baixe 7 edições da revista Forças de Defesa e doe quanto quiser

Agora você poderá baixar para o seu computador, tablet ou smartphone as melhores reportagens da nossa revista impressa Forças de […]

Marinha de Guerra do Peru confirma a aquisição de cinco helicópteros SH-2G Super Seasprite

A Marinha do Peru materializou através do Canadian Commercial Corporation, a aquisição de cinco helicópteros Kaman SH-2G Super Seasprite. O […]

Obras do Núcleo do Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste são iniciadas

Estrutura pertencente ao desativado Serviço de Sinalização Náutica em Santos-SP – Em nota divulgada em 5 de outubro, a Marinha […]

Do canhão à imagem

Acima, foto do navio hidrográfico Garnier Sampaio (H 37) levando a imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré no tradicional Círio […]