segunda-feira, março 8, 2021

Saab Naval

Coreia do Sul e Brasil negociam compra de navios de guerra

Destaques

IMAGENS: Navio-Aeródromo Ligeiro Minas Gerais – A11

Algumas das melhores fotos do NAeL Minas Gerais (A11) com seu grupo aéreo embarcado de aviões P-16 Tracker da...

TOPEX 1-87: USS Nimitz e cruzador nuclear USS California no Brasil, em 1987

Em 1987 eu era tripulante da fragata Niterói - F40 e quando estava em operação no mar, fazia parte...

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a...
Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Empresa afirmou que mandou proposta preliminar ao governo brasileiro. Ministério sul-coreano estuda mandar enviado ao Brasil para negociar

A Coreia do Sul planeja enviar um representante especial do governo ao Brasil para ajudar uma empresa do país nas negociações de um importante contrato de venda de navios de guerra a Brasília.

O estaleiro Daewoo Shipbuilding and Marine Engineering (DSME) anunciou que enviou uma proposta preliminar ao Brasil, que estuda a compra de 11 navios de guerra, incluindo destroieres, por intermédio de um projeto de governo a governo.

O objetivo das embarcações, segundo a empresa, é reforçar a proteção dos depósitos petroleiros marítimos do Brasil.

“Estamos mantendo conversações com altos funcionários do governo sobre o contrato no Brasil”, disse à France Presse uma fonte da Daewoo.
O ministério da Defesa da Coreia do Sul anunciou que o governo estuda a viagem de um enviado especial ao Brasil para negociar a questão.

Seul espera que o projeto seja concretizado após a posse da presidente eleita Dilma Rousseff, em janeiro.
A Daewoo revelou ainda que espera a concorrência para o contrato de empresas da Itália, França e de outros países europeus.
A estimativa é que o contrato alcance US$ 3,5 bilhões.

FONTE: G1 / Agências Internacionais

- Advertisement -

77 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
77 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wilhelm

Finalmente uma compra que não vem da França.

Aldo Ghisolfi

Alemão não gosta de francês, mas endosso o parecer do Wilhelm.

Digo o mesmo e espero, sinceramente, que desta vez façamos logo a aquisição com transferência da trecnologia que nos faltar. Brincadeira Wilhelm.

Eduardo dos Anjos

Eba! Fui eu quem deu a dica da noticia!

Um Abraço.

Eduardo dos Anjos

Continuarei colaborando!

Um abraço.

Rodrigo

Parabéns, ao Cmte..

Espero que coloquem logo os flutuadores assim que chegar ao Brasil, sem eles vai ser o primeiro heli naval, que só vai poder voar sobre terra!

Marco Antonio Lins

Srs

Será que vamos ter os KDX-ll ( destroyer) ? Considerado os melhores do mundo!…

marujo

Com sensores e armas americanos, duvido?

MatheusTS

è pode ser um dos melhores mais…… Eles estão perto de uma guerra se acontecer agente recebe a mercadoria ou eles usam pra se defender ou atacar?

raul

Aproveitamos e pegamos carona no KF-X.

Ratão.com

Parece que a Coreia e o unico a apresentar uma proposta sem os vicios da França, Alemanha, Inglaterra e Italia sobre a venda de tecnologia com caixa preta sem chave, em que se cada vez que precisar fazer manutenção, tem que chamar um estrangeiro para consertar um motor, sensor ou arma…

Agora não dá mais para ficar na mão dos estrangeiros, temos a maior reserva de agua doce do mundo, a maior area de solo para plantar comida e temos a maior reserva de petroleo do mundo.

SÃO OS ESTRANGEIROS QUE TEM QUE SE SUBMETER AO BRASIL…

Mauricio R.

“…sobre a venda de tecnologia com caixa preta sem chave, em que se cada vez que precisar fazer manutenção, tem…”

Quem quer ser soberano, não importa tecnologia, mas desenvolve a sua própria.

“…temos a maior reserva de agua doce do mundo,
a maior area de solo para plantar comida
e temos a maior reserva de petroleo do mundo.”

E o que temos de forças armadas, óóóóóóóó…(segue-se aquele gesto característico, do Prof. Raimundo, personagem do Chico Anísio)

Mauricio R.

“…sensores e armas americanos…”

Ué, o upgrade dos submarinos da classe Tupí, está sendo feito c/ sistemas de armas e armas americanas.

RtadeuR

Excelente. Prefiro que sejam eles ,não à alguns outros que acreditam ser o Brasil uma colônia à ser dominada no futuro muito próximo.

Boss

Maurício, maior reserva de petróleo do mundo ?

O Brasil anexou a Arábia Saudita e não me avisaram ? 😛

Boss

Ops, foi Ratão que disse, desculpa.

MO

aproveitando o gancho que retornamos as noticias navais

seguem os horarios de entrada e ocais de atracação em SSZ da Op. Aderex

http://santosshiplovers.blogspot.com/2010/11/horarios-previstos-e-locais-de.html

Quanto a post, se, se estiverem envolvidos os Samjong the Great full equipado, seria bom negocio, desde que se qualifiquem guarnições e haja verbas para operar este tipo de navio

Joel

As fragatas possuem sensores amercianos não vejo problema algum o Brasil não é e nunca foi inimigo dos EUA.
Possui interesses que as vezes são conflituosos com os EUA, assim como também possui conflito de interesses ocasionalmente com China, Argentina, União Europeia, Bolivia e qualquer outra nação.
Espero que seja escolhido logo a melhor oferta para o BRASIL não importando o que dizem os eternos “do contra” e especialmente sem se tornar a patuscada do FX 1, 2 ,3 etc…

Fábio Mayer

Eu já vi filme parecido antes, envolvendo aviões de caça…

Fábio Mayer

Quer dizer que comprando navios sul-coreanos viramos lacaios dos EUA?

Fábio Mayer

Deviam aproveitar e comprar uns 25 treinadores T-50…

Eduardo dos Anjos

O Brasil esta na melhor época para compras de material bélico, economia em crescimento, forte valorização do Real frente ao Dollar, principais potências fazendo cortes em defesa, e colocando a venda parte da frota, principais fornecedores de material bélico com estoque excedente por conta de diversas vendas canceladas devido a crise (vide grécia), ou seja, provavelmente situação igual não teremos, é melhor o Brasil aproveitar hein, caso contrario as coisas serão mais difíceis e custosas para conseguir, concorda MO?

Um abraço.

Rafael

NOVOS TEMPOS….

NOVOS TEMPOS…..

VAI BRASIL !!!

MVMB

Ratão.com disse:
18 de novembro de 2010 às 10:30
“Agora não dá mais para ficar na mão dos estrangeiros, temos a maior reserva de agua doce do mundo, a maior area de solo para plantar comida e temos a maior reserva de petroleo do mundo. SÃO OS ESTRANGEIROS QUE TEM QUE SE SUBMETER AO BRASIL…”

Menos, amigo… menos!!!!

MVMB

Boss disse:
18 de novembro de 2010 às 11:14
O Brasil anexou a Arábia Saudita e não me avisaram ?

É, já deve ser adiantamento pela participação na UNIFIL. Do Líbano… iremos dominar o oriente médio e o mundo.!!!!!!

Saudações cruzeirenses……

emilson

destroieres,? alguem me corrige? eh isso mesmo?

Claudio

O problema da proposta é que o navios coreanos têm como armamento antiaéreos mísseis americanos, em quanto a nossa marinha deseja colocar mísseis Aster, que nunca foram compatibilizados com os KDX-II.

joel

Prezado Emilson,
Provavelmente no Brasil serão classificados como contratorpedeiros, mas pode ser que sejam chamados de fragatas tb.
O importante é que sejam adquiros e existam verbas para opera-los.
Abraços
Curiosidade o Hyuga DDH 801, no japão, é classificado como contratorpedeiro porta-helicoptero… http://www.segurancaedefesa.com/Hyuga.html

Sabre

Já está virando palhaçada,haviam namorado com a França,fechado com a Itália,depois cortejaram os Ingleses,agora vem os Coreanos, já está no mesmo enrolation do FX, pega uma proposta boa e fecha logo !

André Luis

Calma, pessoal.

Ainda não tem nada assinado, apenas uma proposta enviada, negociações em andamento. Estará em banho-maria até que alguém assine o cheque.
Já não deve mais ter gaveta pra guardar tanta proposta enviada à MB.

emilson

acho que o dilmão não vai comprar é nada, vai dizer que não precisamos, nao sei porque, mais acho que ela nao vai muito com a cara dos milico, tomara que eu esteja enganado…

wjw

Tomara mesmo que o brasil compre pelo menos ums 6 destroyer kdx II e mais umas 10 Type 26.

Observador

Caros senhores, Sonho também em ter uma marinha de guerra eficiente, para que o Brasil se faça impor e respeitar. Porém, sempre lembro do ditado: “O ÓTIMO É INIMIGO DO BOM”. Sonhamos em ter aviação embarcada, dois (ou três) porta-aviões, projetos conjuntos com França, Itália, Inglaterra e agora Coréia. Por sonhar ir do 8 (situação atual) para o 80 (situação ideal), nunca se faz nada de destaque. A Inglaterra está encostando vários navios em bom estado, como vários anos de vida útil pela frente e que poderiam constituir-se em ótimas compras de ocasião. Temos um porta-aviões que, bem armado e… Read more »

william

acho muito dificil da corea do norte levar essa…..eles querem vender com os equipamentos deles e o brasil quer integrar itens nacionais……
Logo, fica dificil eles levarem essa!!!

ALDO GHISOLFI

Pelo amor de Deus… deixem comprar os navios de qualquer jeito, mesmo sem armamento; colocamos depois.

JOSEF SIMAS Jr.

Caro Observador: Minhas reflexoes sobre os seus comentarios sao: 1. Os A-4 modernizados ja’ tem contrato vivo com a EMBRAER mas esperando que os seus motores (quase todos pifados) sejam recuperados em Israel (a tentativa Argentina infelizmente foi um fracasso). 2. Inferlizmente, a recuperacao e re-motorizacao dos S-2 para alerta antecipado estao com um contrato ainda com problemas pendentes de solucao. 3. Quanto ao sonhado novo grupo de 12 interceptadores (F-18 hornet e MIG-29 K na configuração ar-ar são passíveis de operação no NAE São Paulo), me parece que sao ainda um sonho impossivel. Ai sim teríamos um material inferior… Read more »

pacau

Boa tarde galera, sabe de uma coisa que eu não entendo!!
Porque não se constroi os navios com a industria local, aqui no Brasil mesmo e comprava só o que não soubesse, as tecnologias que não possuimos como no caso do Gripen é para a Suecia?

A parte estrutural nossos estaleiros podem muito bem desenvolver e produzir…

thiago

18 kdx lll é um sonho

AGILIZADOR

Acho que a corréia nao tem chances nesta concorencia mas…

Na minha opiniao acho que está mais para algum Europeu sendo q concorde com nós em relação à OTAN no Atlântico Sul.

KURITA

To de saco cheio dessas notícias que nunca dão em nada de concreto e mesmo que se realize, só nossos netos vão ver

KURITA

Paiszinho de M

Almir

O Kurita falou tudo!!!!! É impressionante como esse assunto deixa as pessoas aparvalhadas, o Brasil não vai comprar NADA de ponta, NADA avançado, NADA, NADA, NADA!!!!! É tudo enganação, não temos dinheiro, não temos competência, não somos honestos, não somos sérios, me lembra muito a letra do Ultraje a Rigor: A gente somos INÚTIL!!!!!!!!!!!! para a maioria aqui os EUA são inimigos do Brasil, vão roubar a Amazônia, o pré-sal, a água doce, qué, qué, qué… Com esse pensamento de neanderthal NUNCA vamos sair da m. É tudo piada, nossas forças armadas são uma piada, não temos experiência em combate,… Read more »

SABRE

bom quase todos esses sistemas das KD-X ou são americanos ou são derivados dos mesmos, se é para comprar de intermediário, vamos comprar logo da fonte (EUA)!

falcon

Se não for comprar da Inglaterra pelo menos os navios da Coreia do Sul parecem ser uma boa opção.

SCintra

william disse:
18 de novembro de 2010 às 16:12

acho muito dificil da corea do norte levar essa….Pois é! Substitua o ACHO Muito Díficil por Impossível….a do NORTE,

Mauricio R.

“1. Os A-4 modernizados ja’ tem contrato…”

Este contrato deveria ser cancelado imediatamente, melhor seria investir em aeronaves de melhor desempenho, mais recentes e de concepção mais moderna.

“2. Inferlizmente, a recuperacao e re-motorizacao dos S-2 para…”

Idem p/ esta outra rematada asneira, conforme a RN já provou e russos e italianos copiaram, o helo AEW é uma realidade bem mais em conta.
E se vc quer mais capacidade ainda, compre um CV capaz de operar o Hawkeye!!!

MO

Eduardo

desculpe a resposta tardia, sai para fotografar a tarde eso retornei a pouco, nem ia ver, pois amanha tera jornada longa para fotografar os MB da Aderex entrando aqui, mas sim, claro, seria tecnicamente o momento poçitico-economico, so não sei se sera o momento tecnico-recursos humanos

se se equlizarem, sim, concorsdo, se caso não, ai fica dificil adquirir e i]operar de maneira satisfatória com o equipamento

MO

os Samjong the Great seriam CG´s aqui, pelo nossa padronização (ou não) de classificação
ai Virariam ‘Djalmão, o Phodão’ e correlatos

Brincadeiras a parte, é um senhor navio, desde que completo e com ### para operar e manter, não adianta ter um deste, passar no proximo NT e falar ‘bota 10 mango de Navy Special’ … se for assim, focariam igus as mesmas unidades da Marinha do Acre

Observador

Para Josef e Maurício, O que vocês falaram só confirma o que eu disse. Se já estamos tendo problemas (e estes problemas me parecem ter uma única causa: falta de dinheiro) para fazer umas reforminhas, imaginem então para contruir e armar vários navios novos. Vivemos em uma país que toda e qualquer obra é abandonada pela metade. Então, o que dizer da construção de navios de guerra? Querem melhor exemplo que a Corveta Barroso, que demorou 14 anos para ser concluída? Demorou tanto tempo que o projeto da “Classe Barroso” envelheceu e vai ficar apenas na própria V-34. Há dois… Read more »

Fabio ASC

Mas alguém sabe o que está incluso nesta proposta?

Além dos cogitados Destroyers, viriam NAP´s e NPO´s?

MVMB

Vamos ser otimistas !!!!!!!!

Fim de governo no Brasil (muita gente vai perder a boquinha no GF e no MD) e a Coreia manda um “enviado especial” – Só pode ser o homem da mala.
O q precisamos saber é se serão 10% ou 20%.

- Advertisement -

Guerra Antissubmarino

Marinha Real do Reino Unido adquire o Sistema de Treinamento de Guerra Anti-Submarino da Saab

A Saab recebeu um pedido para fornecer à Marinha Real do Reino Unido o sistema de treinamento de guerra...
- Advertisement -
- Advertisement -