segunda-feira, janeiro 24, 2022

Saab Naval

Hospital de Campanha da Marinha inicia atividades nesta sexta-feira

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Em atenção à solicitação do Governo do Estado do Rio de Janeiro, em face da grave situação gerada pelas chuvas ocorridas na região serrana, a Marinha do Brasil, autorizada pelo Ministério da Defesa, iniciará hoje (14/01) atendimento no Hospital de Campanha (HCamp) de Nova Friburgo. A previsão para início das atividades é às 13 horas para atender as vítimas da região.

O Hospital de Campanha contará com seis ambulâncias, duas delas UTI completas. Vinte e dois médicos e profissionais da área de saúde realizarão os atendimentos. No efetivo médico estão oito clínicos gerais, três ortopedistas, cinco cirurgiões, três pediatras e três anestesistas, além de outros profissionais da área de saúde. Ocorrerá também a participação de quinze voluntários pertencentes à Associação de Veteranos do Corpo de Fuzileiros Navais, que atuarão em serviços de organização interna do HCamp.

Além da equipe médica, fuzileiros navais e viaturas militares auxiliam as atividades logísticas para o funcionamento da unidade hospitalar compondo o Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais, que se encontra na região de Nova Friburgo desde o fim da tarde de ontem (13/01), quando foram iniciados os trabalhos de montagem do HCamp. Alguns militares deste contingente foram solicitados em apoio aos trabalhos de resgate nas áreas mais críticas.

Nesta sexta-feira a Marinha do Brasil continuará  prestando apoio de transporte do Pessoal da Força Nacional de Segurança com o  helicóptero UH-14  Super Puma  e apoio de  resgate às vítimas com 2 aeronaves UH-12 Esquilo. Ontem (13/01) aeronaves foram utilizadas no  transporte de equipes do Corpo de Bombeiros e outros 16  militares da Força Nacional de Segurança a Nova Friburgo. Os Bombeiros foram levados a quatro localidades distintas, mas em três delas os moradores se recusaram a deixar suas casas. No último local foram resgatadas duas senhoras.

FONTE: COMANDO DO 1º DISTRITO NAVAL – SEÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

1 COMMENT

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Darkman

Não só a mB que agora está ajudando o Governo do Rio de Janeiro como o EB e a FAB.
Situação está critica e nessas hoas somente as Forças Armadas podem dar a ajuda necessária aos que precisam.

Abs.

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Dois porta-aviões dos EUA entram no Mar da China Meridional para ‘combater influência maligna’

Dois grupos de porta-aviões dos Estados Unidos entraram no disputado Mar da China Meridional para treinamento, disse o Departamento...
- Advertisement -