Através de um acordo governo-governo, as Filipinas estão prestes a concluir uma negociação com a Itália para a venda de duas fragatas classe Maestrale. Caso a negociação seja concretizada, estas serão as primeiras unidades navais modernas e dotadas de mísseis da Marinha das Filipinas, que enfrenta forte pressão da China pela disputa do Mar da China Meridional.

As negociações estão aguardando a decisão final do governo em liberar cerca de US$ 1,7 bilhões, que já foi aprovado pelo Parlamento daquele país. Segundo o Secretário da Defesa das Filipinas, Voltarie Grazmin, os navios poderiam ser recebidos em 2013, após um programa de modernização.

Conforme informado pelo grupo Jane’s, as duas fragatas foram oferecidas por US$ 265 milhões. Também há negociações no sentido de vender outras duas corvetas da classe Minerva ou outro navio de pequeno porte.

Em função da grave crise econômica, a Itália anunciou recentemente que venderá ou doará até 28 navios nos próximos cinco ou seis anos. Segundo o comandante da Marinha Italiana, Binelli Mantelli, a Itália poderia livrar-se de sete fragatas, de seis a oito corvetas, quatro navios de treinamento, assim como de muitos rebocadores de alto mar, três caça-minas e dois navios de transporte costeiros.

Com informações das agências internacionais

Tags: , , ,

Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

One Response to “Filipinas negocia compra de escoltas italianas de segunda mão” Subscribe

  1. daltonl 9 de agosto de 2012 at 12:01 #

    Uma fragata “Maestrale” cuja posição do lançador de Aspides facilmente a distingue das fragatas “Artigliere” que também estão sendo consideradas para venda pode ser vista na foto, atrás do destroyer
    Francesco Mimbelli D 561.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

ICN realiza usinagem das subseções cônicas do primeiro submarino

ICN realiza usinagem das subseções cônicas do primeiro submarino

Trabalho prepara para soldagem das cavernas com o chapeamento do casco Rio de Janeiro, 22 de dezembro de 2014 – […]

Fornecedores nacionais do Prosub

Scorpène - Tunku Abdul Rahman

Respondendo à questão do leitor Oganza, segue anexa a lista de itens que a Marinha do Brasil pretende nacionalizar no […]

Mensagem do Comandante da Marinha insiste no Prosuper mas é discreta sobre meios navais

Esquadra A12

Roberto Lopes Autor do livro “As Garras do Cisne” Exclusivo para o Poder Naval Os 38 minutos da Mensagem de […]

Lançamento do livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’, no dia 19 de dezembro, em São Paulo

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]

Amazul assina contrato com a Mectron para projeto do IPMS do submarino de propulsão nuclear

Submarino com propulsão nuclear Álvaro Alberto

No mês de dezembro, a Amazônia Azul Tecnologias de Defesa S.A. (Amazul) assinou um contrato com a Mectron para o […]