Através de um acordo governo-governo, as Filipinas estão prestes a concluir uma negociação com a Itália para a venda de duas fragatas classe Maestrale. Caso a negociação seja concretizada, estas serão as primeiras unidades navais modernas e dotadas de mísseis da Marinha das Filipinas, que enfrenta forte pressão da China pela disputa do Mar da China Meridional.

As negociações estão aguardando a decisão final do governo em liberar cerca de US$ 1,7 bilhões, que já foi aprovado pelo Parlamento daquele país. Segundo o Secretário da Defesa das Filipinas, Voltarie Grazmin, os navios poderiam ser recebidos em 2013, após um programa de modernização.

Conforme informado pelo grupo Jane’s, as duas fragatas foram oferecidas por US$ 265 milhões. Também há negociações no sentido de vender outras duas corvetas da classe Minerva ou outro navio de pequeno porte.

Em função da grave crise econômica, a Itália anunciou recentemente que venderá ou doará até 28 navios nos próximos cinco ou seis anos. Segundo o comandante da Marinha Italiana, Binelli Mantelli, a Itália poderia livrar-se de sete fragatas, de seis a oito corvetas, quatro navios de treinamento, assim como de muitos rebocadores de alto mar, três caça-minas e dois navios de transporte costeiros.

Com informações das agências internacionais

Tags: , , ,

Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Um comentário para “Filipinas negocia compra de escoltas italianas de segunda mão”

  1. daltonl 9 de agosto de 2012 at 12:01 #

    Uma fragata “Maestrale” cuja posição do lançador de Aspides facilmente a distingue das fragatas “Artigliere” que também estão sendo consideradas para venda pode ser vista na foto, atrás do destroyer
    Francesco Mimbelli D 561.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Crise econômica paralisa renovação da Marinha venezuelana

PC 22 Warao da Venezuela - destaque foto Nunão - Poder Naval

  As graves dificuldades econômicas vivenciadas pela sociedade venezuelana – motivadas pela queda do preço do barril do petróleo (produto […]

Velejador é resgatado após ataque de tubarões em alto mar

NPa Macau

Marinha, através do Comando do 3º Distrito Naval (Com3ºDN), realizou o resgate de um velejador que estava à deriva, a […]

França admite reforçar arsenal por meio de leasing

FREMM-Normandie - foto DCNS

O chefe do Estado-Maior de Defesa da França, general do Exército Pierre de Villiers, disse nesta sexta-feira (30.01), que o […]

O monitor Parnaíba e a Base Fluvial de Ladário – parte 1

Parnaíba - perfil a boreste na Base Fluvial de Ladário - foto Nunão - Poder Naval - Forças de Defesa

Nova série de matérias do Poder Naval começa mostrando o armamento principal do monitor Parnaíba   Por Fernando “Nunão” De Martini […]

Argentina quer suas OPV classe Malvinas de emprego dual

P18N

O comando da Armada Argentina quer que a sua nova classe de navios-patrulha oceânicos (OPV, na sigla em inglês) de […]