Home Noticiário Internacional DGA testa com sucesso míssil de cruzeiro MdCN lançado por submarino

DGA testa com sucesso míssil de cruzeiro MdCN lançado por submarino

1007
1

A DGA francesa (Direction Générale de l’Armement) realizou com sucesso o primeiro teste de queima de motor do MdCN (Missile de Croisière Naval ou míssil naval de cruzeiro), versão naval do míssil SCALP, lançado de submarino. Este foi o quarto disparo do míssil em desenvolvimento fabricado pela MBDA, ocorrendo a partir de uma plataforma que representa um submarino submerso, no centro de teste misseis da DGA localizado no sul da França, em 24 outubro de 2012.

Todos os objetivos de ensaio foram realizados com sucesso, em especial a validação do modo de orientação GPS na fase terminal. Este surge na sequência da validação do modo de orientação infravermelha, que foi conseguida durante o disparo passado, que ocorreu em 9 julho de 2012. O MdCN irá equipar as fragatas multi-missão da marinha francesa (FREMM) a partir de 2014 e seus submarinos “Barracuda” em 2017.

Com alcance de algumas centenas de quilômetros, o MdCN será capaz de atacar alvos em profundidade no território inimigo. Embarcados em navios de guerra posicionados em patrulha na segurança de águas internacionais por períodos prolongados, presentes ostensivamente (meios de superfície) ou discretamente (submarinos submersos), o MdCN é ideal para missões que exigem a destruição de alvos de infra-estrutura estratégica de alto valor. A MBDA fechou o contrato do MdCN com a DGA francesa no final de 2006.

FONTE/IMAGENS: Direction Générale de l’Armement/MBDA

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Ozawa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ozawa
Visitante
Member
Ozawa

Totalmente OFF TOPIC. Perdoem-me os editores, mas matéria que pode ser interessante ao público do PN

Práticos podem estar com os dias contados…

http://oglobo.globo.com/economia/praticos-os-flanelinhas-de-navios-ganham-ate-300-mil-mensais-6553997