sábado, novembro 27, 2021

Saab Naval

“Marajó” novamente no setor operativo

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Dia 23 de outubro, céu encoberto, vento real 240º, com 17 nós, nas proximidades das Ilhas Maricás, litoral do Rio de Janeiro, o Navio-Tanque “Marajó” realizou, com sucesso, a primeira faina de Transferência de Óleo no Mar (TOM), após o término do período de Manutenção/Revitalização, que permitiu, recentemente, o retorno do Navio ao Setor Operativo. A faina de TOM foi executada pelos métodos Stream e Close-Ine contou com o profícuo apoio da Fragata União.

Esse evento é um significante marco alcançado, com o apoio dos Setores Operativo, do Material e do Abastecimento, bem como das Organizações Militares Prestadoras de Serviços envolvidas, o que, certamente, propiciará continuado êxito no cumprimento da missão.

“SIGA ADIANTE, CONFIE NO ELEFANTE!!!”

FONTE/FOTO: Nomar

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

7 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
daltonl

Completou 44 anos de bons serviços dia 22. último, então, um parabéns
atrasado, mas o que vale é a lembrança 🙂

graanbarros

Não é um período muito longo para revitalização? A própria marinha havia estipulado para 2011 o prazo para a devolução do Marajó para o setor operativo. Lembro também das Corvetas Inhaúma e Júlio de Noronha com previsão de término de PMG para o segundo semestre de 2011. Tem também a Fragata Constituição em “serviços emergenciais”. Será que ela volta?

daltonl

Periodo longo realmente, mas o orçamento é curto e navios “velhos” costumam apresentar mais problemas do que o esperado na fase de planejamento da manutenção. Quando o USS Enterprise entrou em seu último periodo de manutenção acabou ficando 8 meses a mais e a conta ficou salgada, mais de 200 milhões a mais do que o planejado ! A fragata Constituição passou por um vexame é verdade, mas lá na US Navy vira e mexe uma “Perry” apaga também, mas aqui a turma é “implacável” na hora da critica, mas tentando responder sua pergunta, quem parece estar na berlinda é… Read more »

graanbarros

Não sou muito crítico não, Daltoni. Prá você ver, às vezes tenho até medo de escrever qualquer coisa aqui. rsrrs
Saudações a você e ao Poggio!

giltiger

Meu velho Elefante, após o retorno da viagem de instrução foi meu primeiro navio onde servi por 3 anos (1986-89). Naquela época ainda não existia o Gastão Motta e como éramos o único Navio Tanque da esquadra viajávamos quase TODAS comissões da esquadra. E pegamos um período operativo recém iniciado. Quando os tenentes da minha turma deixaram o Marajó para o curso de aperfeiçoamento no CIAW éramos os 3 tenentes com mais dias de mar da minha turma DISPARADO… Como oficial do convés passei horas incontáveis sobre suas plataformas coordenando fainas de transferência de óleo e passei VÁRIOS apertos nas… Read more »

_vitorbelotto

RT @podernaval: “Marajó” novamente no setor operativo: Dia 23 de outubro, céu encoberto, vento real 240º, com 17 nós, na… http://t.co

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Forças navais dinamarquesas matam 4 piratas no Golfo da Guiné

Pelo Comando de Defesa Dinamarquês "Na quarta-feira, 24 de novembro, a tripulação da fragata HDMS Esbern Snare (F342) da classe...
- Advertisement -