size_590_Jelly

vinheta-clipping-navalEngenheiros da Universidade de Virginia Tech, nos EUA, estão desenvolvendo um robô água-viva que poderá ajudar a monitorar o meio ambiente marinho e mapear os solos dos oceanos. O protótipo é parte de um projeto de US$ 5 milhões da Marinha Americana.

O robô tenta imitar a movimentação e a morfologia das águas-vivas, mas também o baixo consumo de energia e a adaptação à variação de correntes e diferentes condições ambientais. Criado com base na espécie de água-viva chamada Cyanea capillata, seu nome, “Cyro”, é uma mistura de Cyanea e da primeira sílaba de “robô”.

size_590_Jelly-3

Com oito patas e uma cobertura de silicone para camuflagem, a medusa robótica possui medidas que impressionam: pesa cerca de 77 quilos e mede mais de dois metros de diâmetro. Ainda em fase de laboratório, o protótipo precisa de aperfeiçoamentos antes de ser lançado ao mar, segundo os cientistas.

A expectativa é que o robô água-viva seja capaz de resistir durante semanas, e até meses, nos oceanos para melhor coleta de dados. Além do monitoramento ambiental, no futuro, as missões do Cyro poderão incluir patrulhamento marítimo e limpeza de vazamentos de petróleo.

FONTE: EXAME

Tags: , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

One Response to “Robô água-viva poderá patrulhar oceanos” Subscribe

  1. nunes neto 8 de abril de 2013 at 19:38 #

    Aonde está essa camuflagem mesmo? ” limpeza de vazamentos de petróleo..” não sei como? O silicone vai absorver 1 litro de petróleo? Tem muito o quê aperfeiçoar.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

A participação da Marinha do Brasil na I Guerra Mundial

A segunda-feira, dia 28, marca os 100 anos da I Guerra Mundial. Você sabia que o Brasil enviou oito navios […]

Submarino que jogou Brasil na I Guerra Mundial pode ter sido encontrado

Responsável pelo afundamento do navio brasileiro Macau e pelo sumiço de dois tripulantes brasileiros, o U-93 estaria a uma milha […]

Pesquisadores encontram submarino nazista naufragado com 17 esqueletos dentro

No litoral da ilha de Java, na Indonésia, pesquisadores do Centro Nacional de Arqueologia do local encontraram um submarino nazista […]

Um dia a bordo do submarino ‘Tapajó’ – última parte

A atracação na Base Almirante Castro e Silva e a despedida A manobra de atracação do submarino Tapajó na Base […]

Entrevista com o comandante do submarino ‘Tapajó’, capitão-de-fragata Horácio Cartier

Um dia a bordo do submarino ‘Tapajó’ – parte 3 PODER NAVAL: Comandante Cartier, o senhor poderia falar um pouco […]

Um dia a bordo do submarino ‘Tapajó’ – parte 2

Um submarino de propulsão convencional como o Tapajó tem um funcionamento parecido com um telefone celular: de tempos em tempos […]