terça-feira, março 2, 2021

Saab Naval

X-47B decolará a partir do ‘USS George H. W. Bush’ (CVN 77)

Destaques

IMAGENS: Navio-Aeródromo Ligeiro Minas Gerais – A11

Algumas das melhores fotos do NAeL Minas Gerais (A11) com seu grupo aéreo embarcado de aviões P-16 Tracker da...

TOPEX 1-87: USS Nimitz e cruzador nuclear USS California no Brasil, em 1987

Em 1987 eu era tripulante da fragata Niterói - F40 e quando estava em operação no mar, fazia parte...

SIMULAÇÃO: ‘Operação Pólvora’ – FAB e MB enfrentam o USS Nimitz

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro em discurso com tom bélico ameaçou usar pólvora quando acabar a...
Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

X-47B sendo recebido no elevador do USS George HW Bush - CVN 77 - foto USN

A Marinha americana planeja catapultar pela primeira vez uma aeronave não-tripulada a partir do convoo de um porta-aviões. A previsão é de que o UCAS X-47B seja lançado hoje a partir do USS George H.W. Bush (CVN-77). O teste acontecerá no litoral do estado da Virgínia, após meses de decolagens e pousos simulados em terra, na base naval de Patuxent River, no estado de Maryland. O objetivo desse novo experimento é demonstrar que uma aeronave autômata pode ter papel ativo em um teatro de operações no mar.

Segundo declaração divulgada ontem em um portal da US Navy pelo contra-almirante Mat Winter, responsável pelo programa de aviação e armas de ataque autômatas, “a adição de veículos não-tripulados é formidável. Cria-se uma capacidade nova de projeção de poder, que garante a relevância da aviação naval baseada em porta-aviões pelas próximas décadas”, Winters completa: “Também demonstra nossa propensão coletiva a aceitar a oportunidade de progredir com esse tipo de aviação. É um momento importante”.

O X-47B, desenvolvido pela Northrop Grumman, é um dos dois protótipos usados nos testes em Patuxent River. Os exemplares empregados nas demonstraçoes ainda não são considerados operacionais, mas seriam os precursores de aeronaves não-tripuladas que podem entrar em serviço até o fim desta década.

Ainda que o  Unmanned Combat Air System (UCAS) seja programado para voar automaticamente, um operador pode emitir comandos para que o avião suba a uma determinada altitude ou vá para uma localidade em particular. A manobrabilidade e a velocidade da aeronave também são controladas remotamente pelo operador em terra.

Após a decolagem a partir do navio-aeródromo, o X-47B deve pousar em Patuxent River.

FONTE: PilotOnline.com (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Guerra Antissubmarino

Doutrina de engajamento da US Navy contra submarinos inimigos

A doutrina de Guerra Antissubmarino (ASW) da US Navy (Marinha dos EUA) prioriza a destruição dos submarinos de um...
- Advertisement -
- Advertisement -