corpo_feminino

vinheta-clipping-navalO Aniversário do Ingresso da Mulher na Marinha é celebrado no dia 7 de julho, data em que foi criado o Corpo Auxiliar Feminino da Reserva da Marinha. O início desta história remonta à década de 70, quando as Forças Armadas dos países da Europa começaram a aceitar militares femininas nos seus quadros. No Brasil, a Marinha foi pioneira quando, em 1980, passou a admiti-las. E mostrou novamente seu pioneirismo ao nomear, no ano passado, a primeira mulher ao posto de Oficial-General no Brasil: a Contra-Almirante Dalva Maria Carvalho Mendes.

Hoje, cerca de 10% do total de militares na Força Naval são mulheres, que atuam nas mais diversas áreas da Marinha e concorrem às oportunidades na carreira em igualdade de condições com os homens, inclusive para funções consideradas de destaque, como comissões no exterior. Atualmente, é possível até mesmo o embarque para as militares, sempre em atividades condizentes com os Corpos e Quadros a que pertencem. As militares podem embarcar em Navios Hidrográficos e Oceanográficos, Navios de Assistência Hospitalar e, eventualmente, em navios da Esquadra, como apoio às atividades operativas.

Para ingressar na Marinha, as mulheres que possuem formação em nível técnico podem concorrer à carreira de Praças. Para ser Oficial é necessário ter Curso Superior. Em ambos os casos, a seleção acontece por meio de concurso.

FONTE: Nomar

Tags: , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

Um comentário para “Mulheres na Marinha: 33 anos de dedicação e profissionalismo”

  1. Marcos 8 de julho de 2013 at 16:03 #

    Cara, a Marinha precisa contratar um, como dizer, “estilista” de moda para melhorar esses uniformes, que são uma indecência.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Brasil oferece simulador naval à Marinha de Moçambique

simulador naval LAAD 2013

O Brasil ofereceu à Marinha de Moçambique um Simulador de Manobras Navais, através da embaixadora brasileira no país, Lígia Maria […]

Gigantes ficam de fora de licitação da Marinha

SisGAAz

Sergio Barreto Motta Todos os dias, os jornais mostram denúncias, acordos, vetos e muito mais, em meio à Operação Lava […]

Flotilha Guarda-Costas cubana aceita cooperar com Guarda Costeira dos EUA

Cuba

Mais de 55 anos depois de as suas Marinhas terem feito seu último contato, os governos de Washington e de […]

Navantia espanhola cria filial no Brasil visando contratos de renovação da MB

Fragata Cristobal Colon - classe F-100 - em dique - foto Navantia

A empresa espanhola Navantia da área naval divulgou nota da Europapress na segunda-feira, 26 de janeiro, informando que iniciou processo de […]

Argentina escolhe a China como parceira para seus OPV

CSIC_P18N_Nigeria_AAD_2014_2

O Ministério da Defesa argentino escolheu a indústria naval da China como sua parceira no programa de construção de navios-patrulha […]