corpo_feminino

vinheta-clipping-navalO Aniversário do Ingresso da Mulher na Marinha é celebrado no dia 7 de julho, data em que foi criado o Corpo Auxiliar Feminino da Reserva da Marinha. O início desta história remonta à década de 70, quando as Forças Armadas dos países da Europa começaram a aceitar militares femininas nos seus quadros. No Brasil, a Marinha foi pioneira quando, em 1980, passou a admiti-las. E mostrou novamente seu pioneirismo ao nomear, no ano passado, a primeira mulher ao posto de Oficial-General no Brasil: a Contra-Almirante Dalva Maria Carvalho Mendes.

Hoje, cerca de 10% do total de militares na Força Naval são mulheres, que atuam nas mais diversas áreas da Marinha e concorrem às oportunidades na carreira em igualdade de condições com os homens, inclusive para funções consideradas de destaque, como comissões no exterior. Atualmente, é possível até mesmo o embarque para as militares, sempre em atividades condizentes com os Corpos e Quadros a que pertencem. As militares podem embarcar em Navios Hidrográficos e Oceanográficos, Navios de Assistência Hospitalar e, eventualmente, em navios da Esquadra, como apoio às atividades operativas.

Para ingressar na Marinha, as mulheres que possuem formação em nível técnico podem concorrer à carreira de Praças. Para ser Oficial é necessário ter Curso Superior. Em ambos os casos, a seleção acontece por meio de concurso.

FONTE: Nomar

Tags: , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

One Response to “Mulheres na Marinha: 33 anos de dedicação e profissionalismo” Subscribe

  1. Marcos 8 de julho de 2013 at 16:03 #

    Cara, a Marinha precisa contratar um, como dizer, “estilista” de moda para melhorar esses uniformes, que são uma indecência.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Programa ‘Artémis’: início das entregas de torpedos F21 em 2016

Programa contratado à DCNS deverá equipar 10 submarinos da Marinha Francesa com o torpedo de nova geração F21, substituto do […]

Compre agora sua revista Forças de Defesa número 11

Outra revista igual a essa, só daqui a 100 anos! A Revista Forças de Defesa 11ª edição de 140 páginas na versão impressa […]

Quiz Naval: identifique as classes dos navios que aparecem na foto, se for capaz…

Essa é para os bons de História Naval. Clique na foto para ampliar e identifique as classes dos navios que […]

Euronaval 2014: informe da DCNS sobre a entrega do navio da classe ‘Mistral’ à Rússia

Em resposta à informação publicada anteriormente sobre a entrega potencial do primeiro navio porta-helicópteros de desembarque (BPC) para a Federação […]

Euronaval 2014: características das corvetas ‘Tamandaré’ e do NPaOc-BR

Seguem as informações divulgadas sobre as corvetas da classe “Tamandaré” e sobre o NPaOc-BR: Corvetas Tamandaré: Deslocamento: aproximadamente 2.700 toneladas […]

Marinha do Brasil compra mísseis AM39 e SM39 Exocet da MBDA

A Marinha do Brasil adiquiriu diversos sistemas de armas da MBDA France. Dentre estes sistemas, estão os mísseis antinavio AM39 […]