130703-FG395-083

A nova geração de submarinos nucleares estratégicos da Marinha americana será concebida com sistema de propulsão elétrica em vez se mecânica. O novo sistema, além de movimentar a hélice, deverá gerar eletricidade para alimentar os componentes eletrônicos, sensores e sistemas de armas dos navios, além de diminuir consideravelmente os ruídos emitidos.

Os chamados Ohio Replacement Submarines (ORS) começarão a ser fabricados em 2021, e deverão substituir completamente os modelos Ohio atuais até 2029. Cada navio tem custo estimado em 4 bilhões de dólares.

FONTE: Naval Today (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

2 Comentários para “Novos SSBN da Marinha americana terão sistema de propulsão ‘electric drive’”

  1. daltonl 2 de outubro de 2013 at 18:42 #

    “…deverão substituir completamente os modelos Ohio atuais até 2029.”

    O correto é A PARTIR de 2029, pois planeja-se que o último Ohio será retirado em 2039/2040.

  2. Soyuz 4 de outubro de 2013 at 2:22 #

    Nada mais racional.

    O submarino em velocidade de patrulha de 3 ou 4 nós, gasta uma fração minima da energia que gastaria a 30 nós.

    Um IKL-209 precisa de 5000 Hp para navegar a 24 nós e não mais do que 300HP para navegar a 4 nós.

    Mesmo em submarinos diesel elétrico estratégias similares já foram implementadas.

    A classe Daphné possuíam motores elétricos de baixa potência e de alta potência, um era empregado em patrulha de baixa velocidade e o outro em alta velocidade. É bem verdade que neste caso não era ruído o foco e sim eficiência, porque era (e ainda é) muito difícil construir um motor que seja eficiente em toda rampa de carga.

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Cortes adiam término do Estaleiro de Construção de submarinos e a reforma do A12

O primeiro submarino S-BR em construção em Itaguaí-RJ - Foto Ricardo Pereira

  Roberto Lopes Enviado Especial ao Rio A eliminação de 24,8% do orçamento do Ministério da Defesa previsto para o […]

Orçamento 2015: corte na Defesa foi de 5,6 bi

Cortes 2015 no Ministério da Defesa - foto Nunão - Poder Aéreo

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão divulgou nesta sexta-feira, 22 de maio, os números do contingenciamento orçamentário deste ano […]

FREMM Aquitaine realiza com sucesso seu primeiro disparo de Míssil de Cruzeiro Naval

FREMM Aquitaine dispara Míssil de Cruzeiro Naval - foto Marinha Francesa

Além do MdCN, também chamado de ‘Scalp Naval’, a fragata francesa também disparou pela primeira vez o míssil antinavio MM40 […]

Empresa Chinesa CEIEC vence licitação para reconstrução da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF)

Estação Antártica Comandante Ferraz

SECRETARIA DA COMISSÃO INTERMINISTERIAL PARA OS RECURSOS DO MAR RESULTADO DE JULGAMENTO CONCORRÊNCIA Nº 2/2014 Processo nº 61165.000287/2014-93 Espécie: Reconstrução […]

BAE Systems vai fornecer cinco canhões navais Bofors 40 Mk4 para a Marinha do Brasil

BAE_Bofors_40_Mk_4_Naval_Gun_System

Karlskoga, Suécia – A BAE Systems fechou um contrato para produzir e entregar cinco canhões navais Bofors 40 Mk4 para […]