PLAN_Chile_task_force

A força-tarefa da Marinha do Exército de Libertação Popular da China participou na última quinta-feira (10), por volta das 11:30 da manhã, de exercícios conjuntos com meios navais da Armada Chilena. Participaram das manobras o contratorpedeiro Lanzhou e a fragata Liuzhou, do ELP, e no lado chileno as fragatas Lynch (FF-07) e Capitán Prat (FFG-11), além de cinco aeronaves. Durante as quase três horas de interação, foram conduzidos exercícios de navegação, comunicações e defesa antiaérea.

FONTE: Navy Recognition (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

Um comentário para “Força-tarefa chinesa faz exercícios conjuntos com Armada Chilena”

  1. alex 30 de outubro de 2013 at 15:04 #

    Enquanto a China, orgulhosamente, desenvolve caças avançados, constrói dezenas de unidades navais, corvetas, fragatas, destroyers e submarinos. Em um certo país sulamericano, depois de um governante “molusco” e da presidentA “anta”. Não se resolve nada. Estão conseguindo destruir as próprias forças armadas, sem um tiro de canhão sequer. Necessitamos investir nas frotas do nordeste e sudeste, além de investir em meios amazonicos, além de adquirir pelo menos, no mínimo 300 caças modernos, F 18? Rafales? Só sei que precisamos para ontem, e até agora nada! Quanto ao exército, precisamos modernizá-lo todo por inteiro. Precisamos investir nos próximos 15 anos e não nos próximos 20 anos, não 126 bilhoes mas 300 bilhões, o que daria R$: 20 bilhões ano ou US$: 9 bilhões das verdinhas. Nada que um pequeno aumento de 0,5% do PIB em defesa ou seja uma expansão de 1,5% para 2%, não resolvesse para a segurança de todos nós. Enquanto isso, vivemos de inveja, vergonha e tristeza em ver aonde estamos indo. Para aonde? Para o buraco!

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Portugal também interessado no navio-doca ‘Siroco’

TCD Siroco - foto Marine Nationale

Na hipótese de o Brasil considerar inviável a aquisição do navio de assalto anfíbio “Siroco”, o navio, que será aposentado […]

Base chinesa em Walvis Bay põe em xeque trabalho da Missão Naval do Brasil na Namíbia

Namibia

Uma delegação da República Popular da China desembarcará proximamente em Windhoek, capital da Namíbia, para negociar a instalação, ainda este […]

Vídeo: Navio-Patrulha Classe ‘Macaé’

Navio-Patrulha Macaé

O Navio-Patrulha classe “Macaé”, construído no Brasil sob gerenciamento da EMGEPRON, é um navio versátil, apropriado para missões de vigilância […]

Cerimônia de Passagem de Comando na Escola Superior de Guerra

almirante-leal-ferreira

Na data de hoje, 22 de janeiro de 2015, deixa o Comando da Escola Superior de Guerra (ESG), o Almirante-de-Esquadra […]

Compre seu livro ‘Monitor Parnaíba – 75 anos’

Livro Monitor Parnaíba - 75 anos -  Capas - WEB

A editora Aeronaval Comunicação, que produz a revista Forças de Defesa, está lançando a primeira edição do livro “Monitor Parnaíba […]