Italian_Navy_Three_FREMM_Frigate_Marina_Militare

No dia 26 de setembro as três fragatas FREMM da Marinha italiana estiveram juntas no mar. O encontro aconteceu na baía de La Spezia. A ITS Carlo Bergamini foi  comissionada em maio deste ano, e atualmente passa por pequenos ajustes. A Virginio Fasan está em fase de testes dos sistemas de combate, e a data marcou também a viagem inaugural da Carlo Margottini.

fremm1

Enquanto cada navio realizava atividades de acordo com cronogramas próprios, também foram realizadas manobras sincronizadas, documentadas por helicópteros. A integração entre as fragas antecipa o que as futuras “operações normais”, em que as embarcações poderão trabalhar juntas como uma “força-tarefa FREMM”.

fremm2

fremm3

fremm4

fremm5

fremm6

fremm7

fremm8

FONTE: Navy Recognition (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

4 Comentários para “Imagens: fragatas FREMM da Marinha italiana juntas no mar”

  1. Augusto 22 de outubro de 2013 at 17:41 #

    Muito bonitas! Quem nos dera tê-las aqui.

    O bom é que a alardeada 6a economia do mundo não consegue comprá-las, mas a Itália consegue. Que estranho hein…

  2. Wagner 22 de outubro de 2013 at 19:42 #

    eu disse uma vez aqui que o dado de sexta economia mundial tem que ser visto com cautela, mas nao adianta, apareceu um cara e começou de blá bla blá… pq eu estava errado, e bla bla bla…

    Parte de nossa economia nao é de fato nossa, é do gringo.

    Mas é dificil para uns entender isso…

    O cara acha que a Ford é nossa, com know how nosso e todo o lucro fica aqui dentro…

    sexta economia o (&¨%$#$%¨&&$@@*8 !!!!

  3. Fernando "Nunão" De Martini 23 de outubro de 2013 at 12:27 #

    Pode-se reparar nas diferentes torretas dos canhões no convés de proa, havendo uma unidade dotada do canhão de 127mm (da versão de Emprego Geral) e as outras duas com canhão de 76mm (da versão mais voltada á guerra antissubmarino). Sobre o hangar, tanto uma versão quanto outra têm uma torreta de canhão de 76mm.

    Apesar de serem fragatas multifuncionais, há uma diferença de armamento denotando uma missão prioritária para cada uma.

  4. Soldat 26 de outubro de 2013 at 12:31 #

    Fantástico………….

Deixe um comentário

É necessário estar logado para postar um comentário. Para ter acesso aos comentários, você precisa adquirir nossa revista Forças de Defesa e solicitar aos editores um login e senha de cortesia.

Navio-veleiro Cisne Branco aberto à visitação em Santos neste final de semana

Cisne Branco (2)

A Capitania dos Portos de São Paulo informou em nota à imprensa que o navio-veleiro Cisne Branco da Marinha do […]

Marinha peruana estuda três opções para renovar sua força de superfície

DE_LA_PENNE__5____a

  Não é só a Esquadra brasileira que necessita equacionar a renovação de sua força de superfície em um cenário […]

Cerimônia de incorporação do Navio de Pesquisa Hidroceanográfico ‘Vital de Oliveira’ à Marinha do Brasil

Vital de Oliveira - 1

  Em uma cerimônia de batismo, mostra de armamento e transferência para o setor operativo, o Navio de Pesquisa Hidroceanográfico […]

Ministério da Defesa menos otimista com as chances do Prosuper em 2015

FREMM 523b

Roberto Lopes Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa e autor do livro “As Garras do Cisne” Passam os […]

Grã-Bretanha vai investir mais de R$ 1 bilhão na defesa das Ilhas Malvinas

Falkland_islands_250m

A Grã-Bretanha vai gastar £ 280 milhões (R$ 1,3 bilhão) nos próximos dez anos para reforçar a defesa das Ilhas […]