FREMM_Frigate_Carlo_MARGOTTINI_Fincantieri_Italian_Navy

A Marinha italiana acaba de expandir sua frota com a entrega oficial da terceira fragata FREMM, a Carlo Margottini. A cerimônia foi realizada na última terça-feira (04), no estaleiro da Fincantieri em La Spezia, no norte da Itália. A Margottini, assim como a Virginio Fasan entregue anteriormente, também é configurada para operações de guerra antissubmarina (ASW).

Ao todo, o contrato para a Marinha italiana contempla a construção de dez navios, oito deles já com verba garantida. O programa segue conforme o cronograma estabelecido, e a próxima etapa é o lançamento da Carabiniere, já configurada para missões de ASW. O lançamento é previsto para o dia 29 de março deste ano.

O CEO da Fincantieri, Giuseppe Bono stated, declarou durante a entrega da Marogttini: “a cerimônia de hoje confirma uma performance empresarial e tecnológica memorável. Graças à sinergia entre à Divisão de Programas da OCCAR e a Marinha da Itália, nós entregamos a terceira unidade totalmente operacional em nove meses, e assim cumprir os prazos e demandas rigorosas da Marinha”.

As FREMM italianas devem operar em nível nacional e cooperar com missões internacionais da União Europeia, da OTAN e da ONU.

Características principais:

  • Comprimento: 144m
  • Deslocamento (aprox.): 6.700 toneladas
  • Tripulação (aprox.): 200 pessoas
  • Velocidade: até 27 nós

Organisation for Joint Armament Cooperation (OCCAR) é a autoridade responsável pelo programa FREMM. A  Orizzonte Sistemi Navali (51% Fincantieri, 49% Selex ES) é o grupo contratado para a construção dos navios na Itália.

FONTE: Navy Recognition (tradução e adaptação do Poder Naval a partir de original em inglês)

Tags: , , , , ,

Jornalista formada pela Universidade Federal do Paraná. Ganhou o Prêmio Sangue Novo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná com uma monografia sobre o PROSUB. Feliz proprietária de um SSN classe Virginia.

6 Responses to “Marinha da Itália recebe terceira fragata FREMM” Subscribe

  1. Roberto Bozzo 6 de março de 2014 at 17:16 #

    “Graças à sinergia entre à Divisão de Programas da OCCAR e a Marinha da Itália, nós entregamos a terceira unidade totalmente operacional em nove meses, e assim cumprir os prazos e demandas rigorosas da Marinha”.” acredito que seja após 9 meses de testes. Ou foi de construção mesmo ?

  2. Marcos 6 de março de 2014 at 17:50 #

    Ao todo, o contrato para a Marinha italiana contempla a construção de dez navios, oito deles já com verba garantida.

  3. daltonl 6 de março de 2014 at 19:31 #

    Roberto…

    está confuso mesmo, mas, creio que os 9 meses são a partir do lançamento que ocorreu em junho de 2013 até
    a entrega março 2014.

    A fragata foi para o mar após 3 meses do lançamento em
    setembro de 2013, para testes de mar já que os navios europeus via de regra são lançados quase completos,
    ao contrário dos navios da US Navy que após lançados
    necessitam mais tempo ainda para acabamento.

    abs

  4. Roberto Bozzo 6 de março de 2014 at 21:17 #

    É o que imaginei Daltonl, agradeço a confirmação.
    Acho lindas as FREMM italianas, aliás alguém sabe se os chineses já entregaram sua proposta para o PROSUPER ?

  5. Carlos Alberto Soares 7 de março de 2014 at 9:52 #

    PROSUPER ?

    Com naus docadas no AMRJ a 5 anos para reformas e nada ?

    Corte de R$ 4 bi no MD ?

    Com NAe 12 soltando fumacinha toda vez que “dá na partida” ?

    Canibalizando uma nau para completar outra em missão de paz no Líbano ?

    kkkk rsrsrs

  6. Carlos Alberto Soares 7 de março de 2014 at 10:08 #

    Que inveja, país sério é isso e eles estão em crise heim !

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Brasil doa embarcações para São Tomé e Príncipe

    O Brasil ofereceu à Guarda Costeira de São Tomé e Príncipe uma lancha e dois botes para reforçar […]

Reino Unido vai pagar pelos porta-aviões da classe ‘Queen Elizabeth’ o mesmo que o Brasil gastou na Copa do Mundo de 2014

O novo navio-aeródromo britânico HMS Queen Elizabeth batizado hoje e seu irmão HMS Prince of Wales terão um custo combinado estimado […]

Porta-aviões HMS ‘Queen Elizabeth’, maior navio construído no Reino Unido, foi batizado hoje pela Rainha

Quatro de julho de 2014 entrou para história da Royal Navy, com Sua Majestade a Rainha Elizabeth oficialmente batizando o […]

SIPAAerM realiza VSA no NAe São Paulo

O Serviço de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos da Marinha (SIPAAerM) realizou uma Vistoria de Segurança de Aviação (VSA) […]

Marinha dos EUA promove 1ª mulher a oficial-general 4 estrelas em 238 anos

A Marinha dos Estados Unidos promoveu nessa terça-feira uma mulher para a patente de oficial-general quatro estrelas pela primeira vez […]

Militares russos aprendem a comandar porta-helicópteros francês

França construirá quatro embarcações do tipo para a Rússia A Agência de Notícias France Presse informou na segunda-feira, 30, que […]