Home Marinha do Brasil Marinha incorpora dois navios para ações na região do Pantanal

Marinha incorpora dois navios para ações na região do Pantanal

630
5

Brasília 02/05/2014 – A Marinha do Brasil (MB) passou a contar com duas novas embarcações para suas ações sociais e de patrulhamento na região do Pantanal. Na manhã desta sexta-feira (2), o Comando do 6° Distrito Naval, no município de Ladário (MS) incorporou os navios Transporte Fluvial “Almirante Leverger” e Aviso Hidroceanográfico Fluvial “Caravelas”. A cerimônia de Incorporação à Armada aconteceu às 9h no Comando da Flotilha de Mato Grosso e contou com a presença de autoridades militares e civis.

Com a capacidade de transportar equipamentos e 130 militares componentes da Força de Emprego Rápido, o “Almirante Leverger” será utilizado, prioritariamente, no transporte fluvial, na execução de tarefas de apoio às operações ribeirinhas, atendimentos médicos e odontológicos. Além da assistência cívico-social, o navio pode aperar em patrulhas fluviais, inspeções navais e atividades de apoio à Defesa Civil. Antes denominado “Albatroz”, a embarcação pertencia a Empresa Arara Pantaneira Transporte Fluvial e Turismo, o navio passa a fazer parte das dez embarcações subordinadas ao Comando da Flotilha de Mato Grosso.

Já o Aviso Hidroceanográfico Fluvial “Caravelas”, chamado anteriormente de “Sereia do Pantanal”, da Empresa Drefhi Turismo LTDA – ME, tem capacidade de transportar 30 militares e executará atividade de cartografia, hidrografia e manutenção. Também será utilizado na instalação de sinalização náutica, contribuindo, assim, para elevar o nível de segurança do tráfego aquaviário na região pantaneira. O navio ficará subordinado ao Serviço de Sinalização Náutica do Oeste.

A MB realizou as aquisições destes navios no final de 2013. A cerimônia de incorporação contou com a presença do Comandante da Marinha, almirante Julio Soares de Moura Neto; do Chefe do Estado-Maior da Armada, almirante Carlos Augusto de Sousa; e do comandante de Operações Navais, almirante Wilson Barbosa Guerra.

Adaptações das embarcações para uso militar

Os navios adquiridos passaram por modificações para o cumprimento das tarefas militares. O “Caravelas”, por exemplo, contará com dois modernos ecobatímetros (espécie de radar) adequados para operação em águas rasas. A embarcação terá também um posicionador satélite, de tecnologia de ponta, capaz de obter e corrigir a posição real do navio. A utilização conjunta desses equipamentos contribuirá para o reconhecimento do relevo do leito dos rios desta região, possibilitando obter a exata localização dos perigos à navegação, tais como pedras, fundo do rio e bancos de areia.

Características dos navios

Navio de Transporte Fluvial “Almirante Leverger”:

Navio-Transporte Fluvial Almirante Leverger G16

  • Comprimento total: 44m
  • Boca: 10m
  • Calado moldado de projeto: 1,10m
  • Deslocamento leve: 231,9 ton
  • Deslocamento carregado: 285,9 ton
  • Raio de ação: 1800 milhas náuticas
  • Velocidade de serviço: 12 km/h
  • Autonomia: 30 dias de operação
  • Capacidade de operar com aeronave de asa rotativa

Aviso Hidroceanográfico Fluvial “Caravelas”:

Aviso Hidroceanográfico Fluvial Caravelas

  • Comprimento total: 25,84m
  • Comprimento entre perpendiculares: 24,87m
  • Boca moldada: 7,00m
  • Pontal moldado: 1,30m
  • Calado moldado de projeto: 0,79m
  • Deslocamento leve: 77,96 ton
  • Deslocamento carregado: 100,36 ton
  • Velocidade de serviço: 7 nós

FONTE: Assessoria de Comunicação Social (Ascom) do Ministério da Defesa / FOTOS: Marinha do Brasil

SAIBA MAIS:

5
Deixe um comentário

avatar
5 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
fragatamendesdaltonlCorsario137Fernando "Nunão" De Martini Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Trusted Member

Fora do tópico mas dentro do assunto do 6º Distrito Naval:

A foto da matéria sobre homologação do novo envelope de pouso do esquadrão HU-4 no monitor Parnaíba foi trocada por uma versão maior e de melhor resolução, muito mais adequada para ver detalhes tanto do navio quanto do helicóptero:

comment image

http://www.naval.com.br/blog/2014/04/27/monitor-parnaiba-e-esquadrao-hu-4-fazem-teste-para-homologacao-de-novo-envelope-de-pouso/

Fernando "Nunão" De Martini
Editor
Trusted Member

Não tenho muitas saudades do calorão de Corumbá, mas como gostaria de visitar de novo Ladário e embarcar no Parnaíba e, quem sabe, também em outros navios da Flotilha! Ótimas lembranças da Base Fluvial de Ladário, do navio e de todo o pessoal com o qual pudemos conviver ao longo de uma semana de trabalho.

Corsario137
Visitante
Member
Corsario137

Muito interessante o Laverger.
Parabéns a MB!

daltonl
Membro
Member
daltonl

Elucidada a duvida do Mendes quanto ao H 17…já enviei
um e-mail a ele para que o mesmo veja a foto.

Só falta o Zé ou o MO atualizar no NGB, pois lá consta apenas o antigo H 17 com o mesmo nome Caravelas que
deu baixa em 1991…mesmo nome, mesmo indicativo,assim complica 🙂

fragatamendes
Visitante
Member
fragatamendes

A Marinha precisa também divulgar fotos das duas unidades navais, pois estas são montagens, basta ver a foto que vazou já a algum tempo no site da OPERAÇÃO AMAZÔNIA AZUL, que eu postei no meu FACEBOOK, foto esta em que podemos ver que o indicativo de costado é em tamanho bem mais reduzido que este desta montagem. Um abração do MENDES.