domingo, janeiro 23, 2022

Saab Naval

Esquadrão de Instrução japonês partindo de Recife

Destaques

A cada quatro anos, regularidade que não vem sendo mantida, os navios do Esquadrão de Treinamento da Força de Autodefesa Marítima do Japão (JMSDF) realizam um cruzeiro de instrução que tem como ponto extremo da viagem a costa leste da América do Sul.

Os portos normalmente visitados são Recife-PE, Santos-SP, Buenos Aires (Argentina), Montevideo (Uruguai), Rio de Janeiro-RJ. Recife e Santos são quase que obrigatórios, e no caso da capital pernambucana é muito comum à realização de duas escalas, uma na descida e outra, para abastecimento, no retorno para o Caribe e Canal do Panamá.

Na manhã da ultima sexta-feira (31) o Navio-Escola JS Kashima (TV 3508), e os Contratorpedeiros JS Yamagiri (DD 152) e Shimayuki (TV 3513), suspenderam de Recife com destino aos portos do Rio de Janeiro (navio-escola) e de Santos.

Recife_before_departure 01 Recife_before_departure 02 Recife_before_departure 03 Recife_before_departure 04 Recife_before_departure 05 Recife_before_departure 06

Fotos: José Mario Lobo, a quem agradecemos por dispensar um tempo valioso e registrar para nós a saída dos navios.

- Advertisement -

20 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcelo

Hoje o Japão tem a 4 maior Marinha de guerra do mundo, com navios fabricados no próprio país com tecnologia própria (tem uma ajudinha dos EUA também).

O que não é costume ver, é a venda das unidades mais antigas para outros países.

Se tivessem algumas para vender, seria uma ótima compra de oportunidade…

MO

Er … não sendo o cri cri da historia muitissimo obrigado pelas fotos dos navios Atracados, er … cade as fotos da manobra e suspendendo de REC ?

Gabriel

Marcelo,
A constituição japonesa proíbe a exportação de armas e equipamentos militares.

MO

aparentemente não mais Gabriel, tem australopiteco de oio nos subs deles ..

MO

por Falar nisto Fernandino Stand by para 07/08 …. waiting further …

Marcos

Esquadrão de Instrução japonês

Sim, eles vieram dar instruções de como ter uma Marinha de verdade.
O que chama a atenção é o estado de conservação e limpeza de todas as naves dos japoneses.
E sem submarino nuclear.

Marcelo

Submarino Nuclear e porta aviões é só para as grandes marinhas, tem umas marinha “formiga” por aí que não conseguiram ser ainda uma Guarda Costeira – ME Ltda, e já querem ter estes brinquedos……

Celso

Marcos….kkkkkkkkkkkkkkkkk…..matou a pau…..eles tem realmente uma marinha de verdade e tradicao inconteste, diferente de algumas outras marinhas q conhecemos……muito confete e pouca atividade…..kkkkk

Anderson petronio

Prezados

A chegada no porto do Rio será prevista para quando?

Como saber se haverá abertura a visitação?

Desculpem as perguntas, trabalho com grupo de adolescentes no subúrbio do Rio e quero botar perspectivas de boas carreiras para eles,

Abrir a mente deles pra um mundo decente e produtivo. E acho a disciplina e a carreira militar excelentes para isso, além de eles terem contato com alta tecnologia o que fascina qualquer jovem.

Quem puder me dar “o caminho das pedras” agradeço

Dalton

Não invejo a marinha japonesa. Eles tem um vizinho grandão com quem eles não se dão muito bem e dizem que dentro de 10 anos o tal vizinho terá 4 NAes entre outras coisas. Também há uma necessidade premente de ter em duas bases por lá cerca de 20 navios da US Navy, inclusive um NAe ou seja a marinha japonesa apesar do profissionalismo e “belos” navios precisa de muita ajuda. E como “bônus” tem outro vizinho menor, mas, igualmente chato que eventualmente lança mísseis que passam pertinho do território japonês e para tanto mais 2 navios “Aegis” terão que… Read more »

Celso

Anderson Petronio, cuidado para q os politicos safos ai do Rio nao coloquem seus adolescentes como bois de piranha e comecem a limpar o cais do porto pros Japoneses verem q ai a coisa eh melhor q em Recife….rsrsrrs Sds

_RR_

Belíssimos esses navios japoneses…!

Anderson petronio

Amigos …to fora de politicos.

Obrigado pelas dicas.

Lucas

Vai me desculpar Dalton mas da pra invejar sim amigo, o Japão tem uma situação tão critica quanto a nossa, a diferença é que a deles não é camuflada e nem passa batida. Nós temos uma faixa territorial de dar agua na boca para muitos países, já ouviu falar da Amazônia azul? Mais de 3 milhoes de km quadrados cobertos de recursos como petroléo e otima pesca. Sem contar que à alguns anos atrás o país deles estava reduzido a ruínas, como em 60 anos eles tem uma nação melhor equipada militarmente do que nós? Sendo que há na constituição… Read more »

Juarez

Caro Lucas não parece, é um desmanche, que foi implementado pelo ex CM e seus miquinhos amestrados, mas em breve eles vão ter que acertar as contas conosco e com o país.

Grande abraço

Lucas

Pois é Juarez, assim esperamos, realmente uma pena ver não só as nossas forças armadas, mas como o nosso país indo pro buraco. Essa semana ainda fomos pegos de surpresa com a triste noticia que o Vc Almt Othon da Silva está metido com essa corja. Se o pai do nosso programa nuclear está envolvido nisso, imagina o resto. Parece que o nosso sonho de ter uma marinha descente está cada vez mais longe de se concretizar, o pior é que “pessoal” nós temos, o que nos falta é material. Mas o jeito é esperar o país abrir os olhos… Read more »

Dalton

Lucas… você gostaria de ter forças armadas de outros países permanentemente estacionadas no Brasil ? Mesmo que não se trate de “forças de ocupação” como é o caso, a realidade é que o Japão causou tal mal estar na Ásia antes e durante a II Guerra que ainda hoje causa repercussão e continua dependente dos EUA para sua defesa. E já que você mencionou que o Japão foi reduzido à ruínas note que um dos motivos para a recuperação japonesa foi que durante muito tempo a defesa foi unicamente confiada aos EUA mesmo estes pedindo um maior empenho e investimento.… Read more »

Lucas

Dalton, Eu em momento nenhum apoiei a presença de tropas estrangeiras aqui, e realmente o passado do Japão é bem diferente do nosso. A questão é, mesmo com uma série de limitações, tanto bélicas quanto principalmente constitucionais, que no caso são a razão para o Japão não ser novamente a potencia militar que era, e sofrer certos problemas na área de defesa, eles ainda sim, possuem uma tecnologia própia, e návios operando em condições infinitamente superior aos nossos. São 16 submarinos operanto em plenas condições, sendo 6 deles novinhos, comissionados a partir de 2005 e ainda em produção de mais… Read more »

Dalton

Oi Lucas… você compara navios enquanto eu comparo ameaças. A marinha japonesa é suficiente para lidar com as atuais e futuras ameaças em potencial ? Pessoalmente acho que não, mesmo aumentando sua força de navios Aegis em mais duas unidades e sua força de submarinos em até 4 unidades, mais as duas unidades de treinamento. E eles conseguirão aumentar a força de submarinos justamente porque deixarão submarinos envelhecerem um pouco mais em serviço ao invés de retira-los com cerca de 20 anos apenas. Certas marinhas como a japonesa necessitam de uma maior taxa de disponibilidade e portanto procuram manter uma… Read more »

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Irã, Rússia e China realizam exercício naval conjunto no Oceano Índico

O exercício naval conjunto com a participação de forças navais e aerotransportadas da Marinha Iraniana, da Marinha do Corpo...
- Advertisement -