Home Indústria Naval China já lançou ao mar 175 mil toneladas de navios de guerra...

China já lançou ao mar 175 mil toneladas de navios de guerra em 2017

5231
53
Wuhu, 25ª fragata Type 054A

China incorpora a 25ª fragata Type 054A

Noticiamos alguns dias atrás que a China tinha incorporado a 24ª fragata Type 054A, mas esse número já aumentou para 25 unidades.

Apenas seis dias depois, a Marinha da China voltou a incorporar mais uma fragata Type 054A, na quinta-feira 29 de junho, em Dalian. O navio de 4.053 toneladas de carga total, recebeu o indicativo visual 539 e o nome Wuhu, juntando-se à 10º Flotilha de Destróieres da Frota do Norte.

É verdade que os últimos 10 dias do mês de junho de 2017 foram particularmente agitados para as forças navais chinesas:

Na sexta-feira, 23 de junho, a fragata Xuchang (536) — 24ª unidade Type 054A — entrou em serviço ativo na Frota do Sul.

Navio de medição acústica de 5.000 toneladas
Destróier Type 055

Dois dias depois, o primeiro e novo navio de medição acústica subaquática de 5.000 toneladas, semelhante ao USS Impeccable da Marinha dos EUA, foi lançado em Huangpu, estaleiro no sul do país, acompanhado no dia seguinte pelo 13º destróier Type 052D em Dalian, estaleiro no norte.

E, finalmente, a cereja do bolo, o estaleiro Jiangnan Changxing em Xangai lançou o primeiro destróier chinês de mais de 10.000 toneladas, o famoso Type 055, um componente essencial na transformação estratégica da Marinha Chinesa.

Se nossa conta está correta, os vários estaleiros na China lançaram nada menos que 175.000 toneladas de aço ao mar (ver tabela abaixo) — na forma de novos navios de guerra de todos os tipos — para a Marinha Chinesa desde o início de 2017, e o melhor ainda está por vir.

Classe N° de série
casco
Nome Categoria Tonelagem Data de lançamento
Type 056 42 corveta 1.340 27/012017
Type 815 6 SIGINT 6.000 14/02/2017
Type 054A 26 Anyang fragata 4.053 28/03/2017
Type 636A 9 Haiyang 29 navio de pesquisa 6.000 30/032017
Type 054A 27 fragata 4.053 01/042017
Type 001A 1 porta-aviões 60.000 26/04/2017
Type 901 2 Apoio Logístico 45.000 06/05/2017
Type 071 5 LPD 25.000 15/06/2017
Desconhecido 1 medição acústica 5.000 25/062017
Type 052D 13 destróier 6.800 26/062017
Type 055 1 destróier 12.000 28/06/2017

 

A fragata 25ª fragata Tipo 054A, foi batizada em homenagem a uma cidade velha de mais de 2.000 anos perto de Nanjing. A construcão dela começou em setembro de 2015, no estaleiro Hudong-Zhonghua — a 13ª desde 2006 — antes ser lançada nove meses depois, em 8 de junho de 2016.

O armamento e as provas levaram cerca de 13 meses, duração normal desta classe de navio.

A Wuhu (539) é a terceira fragata desta classe que se juntou à 10ª Flotilha de Destróieres. De acordo com a nova organização da Marinha Chinesa, após a expansão comunicada no início deste ano, outros três novas fragatas de 4.000 toneladas vão complementar as fileiras. Elas devem ser acompanhados de seis destróieres para uma frota completa.

Até o momento, pelo menos duas outras fragatas Tipo 054A ainda estão em construção, uma em Xangai e outra em Guangzhou, que devem ser entregues em abril de 2018.

Quando o programa Type 054A chegar ao fim, a PLA Navy, então, vai adotar uma nova classe de fragatas, a Type 054B, que especialmente se destacam por ter um sistema de propulsão elétrica, o primeiro do tipo em navios de guerra chineses.

Fragata Type 054A testando o sistema de armas

FONTE: East Pendulum / COLABOROU: Almir Ricardo

53 COMMENTS

  1. Acho melhor o Brasil comprar uns 100 mísseis anti-navio urgentemente kkkkk
    Airacobra 1 de julho de 2017 at 23:51
    É que aqui, durante 14 anos, a prioridade foi emprestar 9,1 bilhões de reais do BNDES (dívida pública através de lançamento de titulos da dívida pública) para o Joesley e seu irmão ampliarem o seu pequeno frigorifico em goiás (um negócio de apenas 50 milhões na época da contração do empréstimo). Curioso, pois não há sentido algum para tal procedimento, não há motivação alguma do ponto de vista econômico que justifique (não há falha de mercado nesse setor, não há grandes riscos, não há assimetria de informação, não há embargos, não há desvantagens, pelo contrário, no Brasil há vantagens naturais etc…) para esse “fomento” ESTATAL (nosso dinheiro).
    A prioridade em 14 foi: 1- Colônia de exportação de matéria-prima, 2 – crédito fácil através do endividamento do Estado (em 2002 a dívida pública era de 700 milhões, hoje 4,4 TRILHÕES) e estímulo ao consumo que levou 50% dos adultos brasileiro para o Serasa e SPC.
    E dale vender carros…
    Abraço!

  2. alguém sabe quantos dólares vale tudo isso que foi lançado?
    Só uma estimativa para comparar o valor com os projetos Brasileiros.

  3. Renan 2 de julho de 2017 at 1:15

    Verdade, seria interessante ter esses dados, uma projeção do valor em dólares dessas aquisições. Não apenas para comparar com o Brasil, mas também EUA e projetos ocidentais. Tanto no Brasil quanto na Europa e EUA parece a coisa mais difícil do mundo comprar um fragata de 4 mil toneladas. Na Europa, pelo que vejo apenas Reino Unido e Itália tem grandes projetos (acima de 20 mil) toneladas no momento. Não sei o que o resto faz com os orçamento de defesa, acho que estão comprando fraldas para os filhos dos árabes imigrantes.

  4. Se uma das forças compra algum material no exterior, tem q pagar imposto, tem q pagar pra Receita Federal, tem q pagar até pra despachante no porto.
    Ou seja, a União importa algo, e paga a ela mesma por isso, e mais o tal do despachante….
    Dá certo isso?
    É feito pra dar errado…

  5. A China em breve lançará um site com todos os gastos com defesa descricionados, teremos uma noção do quanto isso custou, mas fiquem certos, por baixo, tais 175.000 toneladas não sairam por menos de 20 bilhões de dólares.

  6. Parabéns ao site!
    Eu estava pensando nisso…
    seria interessante comparar a armada Chinesa com a estadunidense…
    pq como lemos outro topico os eua querem manter cerca de 330 navios na frota.
    .
    em um unico ano a china jogou no mar:
    .
    42 corvetas
    53 Fragatas
    14 destroiers
    1 porta aviões

    TOTAL: 110 NAVIOS fora os de apoio e etc..

    .
    .
    alguém tem a programação do ano que vem?
    .
    o Almirantado pode esquecer as Tamandarés e partir para algo maior, tanto em quantidade como em qualidade… terao de meter o é na porta da presidencia…caso sejam corajosos…

  7. Srs
    A China possui quase 1,5 bilhões de habitantes, população que ainda deve crescer, devido a nova política de mais de um filho.
    Isto, só por si, representa uma pressão muito grande para a obtenção de recursos, principalmente alimentos. Isto em um país que, apesar de territorialmente grande, é, em parte região inadequada para agricultura.
    Em consequência, a China precisa cada vez mais de recorrer a fontes externas de alimentos e matéria-prima para suprir sua demanda.
    Ora, as regiões que podem suprir a expansão de sua demanda de recursos naturais estão longe, na África e América, particularmente a do Sul.
    Não é extraordinário, portanto, que a China tenha focado seus interesses sobre a África e América do Sul, com a aquisição de terras, investimento em infraestrutura e influencia diplomática.
    Isto é bastante claro em sua política externa e até em seus planos de estabelecer uma rede de bases entre o Mar da China e o Atlântico Sul.
    Também explica a expansão sem precedentes de sua marinha de guerra.
    A China entendeu que, para a manutenção das condições de vida de seu povo, portanto, sua sobrevivência como nação, precisa dispor de uma marinha de guerra com capacidade global, similar a da US Navy, tanto que um de seus objetivos é se igualar em poder a US Navy até os anos 30 deste século.
    Cabe observar, também, que a China é, das grandes potências, a única que trabalha considerando as mudanças climáticas e, isto justifica ainda mais seus planos para garantir o acesso as fontes de recursos da África e da América do Sul bem como a investimento pesado em suas FA`s.
    Aparentemente, os chineses entendem que se as coisas ficarem complicadas nas próximas décadas devido as mudanças climáticas e/ou pressão excessiva sobre os recursos naturais do planeta devido ao aumento da população planetária, a China estará preparada para defender os interesses de sua população.
    O que estamos vendo é um país que planeja seu futuro (diferente de um outro, cujo planejamento mais sério é apenas o do próximo carnaval).
    Sds

  8. Estaleiros geram emprego, geram tecnologia, produzem massa crítica – técnicos especializados – em produzir e melhorar o que produzem. O Brasil investe 9 bilhões em um frigorífico que concentrou o mercado interno e prejudicou a livre concorrência, mas não consegue investir NADA na produção de navios para sua marinha, fica MENDIGANDO transferência de tecnologia e sonhando com um número x de submarinos, corvetas, fragatas, NaPa e NaPaOcs, sem nunca conseguir cumprir sequer a quota deles que chega a contratar.

    Se o Brasil tivesse levado à sério o programa com os submarinos alemães, provavelmente hoje estaria produzindo suas próprias belonaves e exportando para países da AL, África e Ásia. Se o Brasil tivesse continuado com rigor o programa das Corvetas Inhaúma, que evoluiram para a Barroso, idem. Em mal comparando, tendo levado apenas mais ou menos à sério o programa AMX, conseguiu alavancar a Embraer e vender produtos inovadores para diversos países do mundo.

    Mas aqui é o país da miopia. Mais vale uma comissãozinha na mão que milhares de empregos qualificados. Mais vale um financiamento criminoso de campanha que a abertura de mercados para produtos de alto valor agregado. O Brasil tem tudo para ser desenvolvido, mas faz um esforço descomunal para não sê-lo.

  9. Ivan BC, acrescentando… não foi só para o Joesley, isso começou lá no governo do nove dedos com a política de empresas campeãs nacionais, pegaram uns empresários cumpanheiros e entupiram de dinheiro do BNDES e em troca eles garantiam a manutenção do poder do partido com apoio financeiro. Muitas dessas empresas foram a falência (não cresceram por mérito próprio e não conseguem se manter) ou estão afundadas em escândalos de corrupção com o governo ou as duas coisas ao mesmo tempo, exemplos: a OGX do Eike Batista e a oi com uma dívida de 64 bilhões de reais!

  10. Kfir…
    .
    Permita-me discordar desses números…110 navios de combate fora submarinos e navios de apoio em apenas UM ANO !!! Acho que não…isso foi realizado dentro de alguns anos e é
    impressionante sem dúvida em que pese, muitos desses navios serem de natureza mais simples mais fáceis de construir e bem mais baratos.
    .
    abs

  11. Realmente para a China, arrebanhar recursos para esse tipo de empreitada é bem mais simples. Falta de mão de obra barata não existe. Opinião pública e congresso pleiteando recursos para outras áreas, também não existe. Então fica fácil mesmo para eles adotarem esse ritmo de produção. Então, acho que se formos botar na ponta do lápis, para eles ainda sai mais barato ainda.

  12. Essa escala de produção de meios militares da China, associada às crescentes demandas da população chinesa deveria deixar qualquer comandante militar alarmado. Mas os Almirantes brasileiros estão programando 4 Tamanduás com Exocets da década de 1970 para daqui a 10 anos! Parecem não se preocupar sequer com o legado patético que estão deixando ao Brasil.

  13. Dalton
    .
    pelo que entendi isso foi so em 2017.. é quase como se eles já soubessem de uma enimente guerra e estão correndo, ou que vai haver um mega problema que culminará na necessidade disso tudo… tipo aquecimento global.
    .
    Se nossa conta está correta, os vários estaleiros na China lançaram nada menos que 175.000 toneladas de aço ao mar (ver tabela abaixo) — na forma de novos navios de guerra de todos os tipos — para a Marinha Chinesa desde o início de 2017, e o melhor ainda está por vir.

  14. O fato é que estarão preparados. Seja para conflito, seja para catástrofes naturais, eles terão meios para reagirem (ou agirem) para um número maior de cenários.

  15. Agnelo Moreira 2 de julho de 2017 at 9:53:
    “Se uma das forças compra algum material no exterior, tem q pagar imposto, tem q pagar pra Receita Federal, tem q pagar até pra despachante no porto.”

    Recomendo ao senhor a leitura do art. 150, VI,’a’ da Constituição Federal e, mais precisamente, do art. 2º, I, ‘a’ da Lei 8032/90.

    A jurisprudência nacional apenas afasta a imunidade – recíproca – do Imposto de Importação quando o ente federado não for o consumidor final do produto, ou seja, quando atuar no mercado como agente econômico, o que em tese geraria riscos à livre iniciativa e a concorrência. Mesmo assim, será necessária produção de prova destes riscos, pois danos à economia de mercado não se presumem.

  16. Engraçado! Se a China e essa maravilha toda que pregam, por que será que ninguém quer ir pra lá? ??? Por que ao invés de bater palmas a gente não muda o nosso país? ? Falar mal do Governo e das FFAA e mais fácil né? ??? Mas dar dinheiro pro PM na blitz ou ver no Waze Onde tem Lei Seca , aí sim, somos muito espertos mesmo!!!!

  17. Qual é a relação das nossas mazelas com a China? Vai me obrigar à gostar de Romero Brito e me fazer deixar de elogiar Rembrandt?

  18. Precisamos de pensadores. Cabeças que consigam mover uma ação coordenada para objetivos claros.
    Precisamos de líderes políticos que tenham respeito e apoio popular. Tutelados por pensadores.
    Organizar a bagunça deste país. Banir a corrupção de meios públicos.
    Resolver o problema do orçamento Militar para não gastarem mais de 40% com salários, pensões e Custeio.
    Ae fica fácil por 175 toneladas no Mar.

    A pena de morte para corruptos resolveria metade do problema.
    obrigado

  19. Não querendo ser desrespeitoso,senhor Kfir foram comissionados 11 unidades navais num total de 175000 toneladas em apenas seis meses não 110 unidades,os números que aparecem na tabela por primeiro é o número de série das unidades.Haja visto que se fosse assim faça uma conta simples exemplo as Type 054A com o número 26 e 27 que aparecem na terceira linha e quinta linha no gráfico já dariam o Número de 53 unidades pesando cada 4053 toneladas ,dariam somadas 214809 toneladas,desculpe-me pela correção mas mesmo assim por si só já são números incriveis 11 unidades e 175000 toneladas e apenas seis meses,Atenciosamente,minhas desculpas pela correção.

  20. Esses nossos políticos corruptos pós Revolução de 64 são todos da safra da esquerda caviar que foi posta pra correr e que “odeiam” o capitalismo, o imperialismo, flertavam com os comunistas e andavam pra lá e pra cá com camisetinha do Che Guevara e a cuca cheia de erva mofada e cantando “Pra Não Dizer Que Não Falei Das Flores” naqueles diretórios acadêmicos e nas sedes dos sindicatos cheios de fotos do Fidel. E isso tudo em plena “ditadura” cruel e sanguinária. rsrsss
    Ou seja, imperialismo e capitalismo é ruim mas não há nada que não possa piorar.

  21. Eu particularmente não tenho nada contra o capitalismo. Eu gostaria muito de viver um dia em algum lugar que realmente fosse economicamente liberal. Gostaria mesmo heheheheh

  22. Pessoal, o tema do blog não é política, mas, devemos nos lembrar que se o Brasil é como é, se os políticos são como são, isso é culpa do próprio povo,o povo não é oprimido por uma elite política, ele é parte disso, os políticos são o retrato de seu povo,o brasileiro não lê, não estuda, não tem lá um grande amor ao trabalho e ao esforço, não tem ambição, não se preocupa com nada além de seu bem estar e seu bolso. Oras, quando o país crescia 10% ano, o mesmo povo que hoje pregueja, fechava os olhos para a corrupção, afinal, todo mundo tinha dinheiro no bolso, assim como um politico qualquer, o povo apoiou a corrupção pelo dinheiro, queriam o que? O Brasil ao vai pra frente se o povo mudar radicalmente, isso não tem que partir do Estado, tem que partir do próprio povo, o país não precisa de estadistas, precisa de povo.

  23. Marcelo, não duvide que se a coisa seguir nesse ritmo, daqui a uns 30 anos vai estar cheio de brazuca querendo ir pra China, assim como tem mtos brasileiros querendo ir para o Japão!!!! E outra coisa: o trabalhador Chinês já ganha mais que o brasileiro, vi isso em um jornal a uns meses atrás!!!

  24. Hélio 2 de julho de 2017 at 20:29
    ————————————-
    Perfeito.
    O brasileiro repete muito que os políticos deveriam dar exemplo para o povo.
    Mas qual é o exemplo que o povo dá a seus políticos?
    Vivem reelegendo as mesmas pessoas, criam dinastias de governantes, e querem alguma mudança?

  25. Helio

    Perfeita a tua colocação, parabéns pela lucidez. O Brasileiro, via de regra, está sempre procurando um culpado para erros que comete.

    G abraço

  26. Tudo bem que é o povo o responsável mas só os que militam na esquerda é que têm bandidos de estimação. O resto, sabendo que o cara é bandido contumaz deixa de votar nele.

  27. Hélio 2 de julho de 2017 at 20:29

    1 – Concordo com você, com sua ideia, só um porém, não sei se você usou essa expressão (Oras, quando o país crescia 10% ano) apenas como retórica ou como elemento real estatístico kkkk na verdade o crescimento médio do Brasil nos últimos 14 anos foi de apenas 2,9% ao ano, nunca houve um pico de 10% ao ano, o máximo foi 7% exatamento no ano posterior a redução de impostos (IPI) dos automóveis (as montadoras venderam carros igual água com juros elevados com parcelas 72 e 84 vezes, o carro custava 50 mil e o cara pagava 110 kkkkk isso aconteceu com meu pai), isso é muito pouco para um país que parte de uma base muito baixa de PIB. Ou seja, a mídia e um certo partido venderam o tempo inteiro a ideia que o Brasil teve crescimento econômico “excelente”, sendo que nem “bom” foi, mas na prática isso nunca existiu, basta fazer contas. No governo FHC, por exemplo, que pegou o país sem moeda, sem orçamento estruturado, sem dólar em caixa, sem gestão de divida, com uma inflação de 80% ao ano (pico), cheio de estatais sugando dinheiro público (antes da privatização) e sem o BOOM internacional das commodities, o PIB cresceu com média de 2,4% ao ano. Ou seja, tanto antes do PT quanto com PT o crescimento do Brasil é bem ridículo, crescimento médio anual de país desenvolvido em um país subdesenvolvido.
    2 – Eu também não quero discutir asneiras de política, muito menos partidário, apenas quis frisar que nunca existiu um crescimento real da economia como a mídia e o governo transmitem, isso tudo é balela, retórica de partidos políticos. Isso que eu nem entrei na composição dos elementos que compõem esse PIB brasileiro. A maior parte da população não sabe nada de economia mesmo, então eles inventam qualquer porcaria de estatística kkkkkk assim as pessoas ficam otimistas para consumir produtos que não precisam, com dinheiro que não tem, para agradar pessoas que não conhecem, até o dia que acordam no mundo real (desemprego).
    Igual aquela história de classe média brasileira, há alguns anos tinha sujeito morando de aluguel, ganhando mil reais por mês e achando que era classe média.
    Notícia da época: A nova classe média brasileira é constituída por famílias com renda per capita mensal entre R$ 291,00 a R$ 1.019,00 e representa mais de 50% da população total. O crescimento desse segmento deve-se principalmente ao aumento na renda dos mais pobres.

  28. Helio
    .
    escravizar ou ser prisioneiro, não esta necessariamente ligado a grilhões ou barras de ferro, pode ser uma condição voluntaria, ou como o pássaro que nasceu em uma gaiola, não ter consciência disso..
    .
    No caso do Brasileiro, temos de começar olhando para o nivel da população :
    .
    VEJAMOS:
    http://www.todospelaeducacao.org.br/reportagens-tpe/38997/os-impactos-do-analfabetismo-funcional/
    “O Inaf incomoda as autoridades porque mostra uma realidade que ninguém quer ver. Estamos cronicamente com 27% da população adulta na faixa dos analfabetos funcionais. É praticamente um terço da população. Então não adianta comemorarmos a quase universalização do acesso à Educação, porque não estamos universalizando as competências.No Ensino Médio, 57% estão na categoria analfabeto funcional, mais da metade. O Ensino Fundamental não está cumprindo sua função mais elementar. Melhorar a Educação Básica é o maior desafio civilizatório do Brasil. E não é só a escola que deixa a desejar. A família e as empresas também. A família é muito pouco atenta à importância da Educação. E as empresas são displicentes, pouco voltadas para a importância que a Educação tem para elas mesmas”.
    .
    .
    Um terço da população adulta é ANALFABETA FUNCIONAL:
    .
    isto em parte explica a reeleição de bandidos contumazes..
    .
    como vimos no passado recente, foi necessário importar pessoas com nivel superior, pois não temos ainda, mão de obra qualificada, ainda hoje há vagas sobrando.
    .
    ESTA É A PRISÃO INVISÍVEL…o indivíduo não consegue discernir o universo que o cerca e é vitima de tudo, como pirâmides , talvez nisso tenhamos a raiz da passividade do Brasileiro.
    .
    mas não se limita a isso, no planeta estamos vendo um exercício de engenharia social impressionante, a saber a questao de genero…chegou ao absurdo de a CNN discutir que mulher amamentar não é natural, tem video.
    .
    ou seja, a solução para isso passa pelo Estado, ou pela construiçao de uma alternativa educacional… O proprio plano de educção recente revela isso, vc aprende fisica não é para só usa-la mas para APRENDER A PENSAR
    EU JOGO XADREZ TODOS OS DIAS

  29. Não que faça muita diferença…mas…vendo com mais calma agora o quadro dos 11 navios…
    percebi que foi utilizado o deslocamento dos mesmos completamente carregados quando o correto seria ter o deslocamento dos mesmos vazios.
    .
    O LPD tipo 071 por exemplo que está com o deslocamento listado como 25.000 toneladas só terá tal deslocamento quando estiver totalmente carregado com combustível, munição, aeronaves, embarcações de desembarque, tripulação, etc…portanto o deslocamento a ser
    listado seria mais próximo de 20.000 toneladas.
    .
    Mas, como escrevi acima, não faz muita diferença já que o importante é a quantidade de navios e colocar o deslocamento totalmente carregado facilita as coisas tanto para quem confecciona o quadro quanto para quem irá ler já que no futuro se lidará com os dados do
    navio em condições de combate.

  30. “Bosco 2 de julho de 2017 at 23:18

    Tudo bem que é o povo o responsável mas só os que militam na esquerda é que têm bandidos de estimação. O resto, sabendo que o cara é bandido contumaz deixa de votar nele.”

    Opa! Renan Calheiros, Fernado Collor, Eliseu Padilha, Maluf, Sarney e tantos outros mandam lembranças. Até parece que a roubalheira começou em 2002.

    Sobre os meios navais, se a MB definiu que os SubNuc são prioridade total dos investimentos pois são os meios de dissuação ideiais, na aquisição de meios de superfície deveriam mirar em prateleira, com o menor custo-benefício possível

  31. Jonas Rafael 3 de julho de 2017 at 17:21

    Desculpe, mas você já viu alguma “passeata” em apoio a renans, fernadinhos, paulos ou ribamares?
    Pois é, da esquerda temos até hoje!

    Saudações

  32. Aircobra tem toda razão no comparativo enquanto a China num espaço de tempo curto constrói navios de alto poder de fogo e super modernos nosso pais se mata para fazer em 14 anos uma simples corveta.

  33. >>> EParro 3 de julho de 2017 at 19:30
    Jonas Rafael 3 de julho de 2017 at 17:21
    Desculpe, mas você já viu alguma “passeata” em apoio a renans, fernadinhos, paulos ou ribamares?
    Pois é, da esquerda temos até hoje!
    Saudações <<<

    Então não votam neles? Nem dão somas vultuosas de dinheiro pra campanha? A questão do Bosco dizia que deixavam de votar. Então chego à conclusão que esses caras entram no tapetão, já que ninguém vota neles não é mesmo? Esses caras não tem passeata e nem precisam ter, estão lá há 20 anos ou mais, eleitos não se sabe por quem nem com os interesses de quem. Mas todo mundo sabe por quem brigam. Desculpe me estender na política que não é o foco aqui, mas as vezes parece que as pessoas escolhem não ver a realidade.

  34. Todos esses se elegeram no tapetão e com dinheiro do PT, todos eles são aliados históricos do PT, fazem parte do mesmo esquema

  35. A “coitada” da “Barroso” sempre é lembrada…mas…as demais corvetas foram construídas em
    tempo bem menor…menos da metade do tempo levado para construir a “Barroso” que
    começou a sofrer atrasos já no início devido à falta de dinheiro.

  36. A China está se preparando para a guerra com os EUA. O atraso da conflagração só beneficia os chineses.

  37. Muito impressionante os numeros apresentados, e cabe lembrar que estamos apenas na metade do ano, então estes numeros podem dobrar…

    Li todos os comentários, e tenho que concordar com alguns…… Não recordo alguém citou que eles estão se preparando para uma guerra (ou sabem de algo)…..Isso concordo e é um fato….. A pergunta não é se uma nova guerra irá acontecer, mas sim quando. Vemos hoje, movimentos em varios continentes em países tanto no sentido nacionalista como no de perseguição e desestabilização. Vale lembrar que hoje, o único continente que não enfrenta situação de conflito fronteiriço ou interno armado é a América do Norte. Em todos os outros continentes no mundo hoje há uma, duas ou mais regiões de conflito deflagrado.

    Além destes, temos ainda uma expansão crescente do nacionalismo, sendo que em muito países já há abertamente risco de endurecimento das políticas isolacionistas.

    A verdade é que vemos hoje o quadro se desenhando e é sombrio. Além de crises economicas, temos ainda aquecimento global e crescimento populacional pressionando todas as nações do mundo. Os conflitos por recursos naturais e minerais são inevitáveis. Os chineses, diferente dos EUA hoje, enxergam que sua sobrevivência no mundo futuro vai depender de manter sob seu controle estas fontes (que por sinal, as maiores estão justamente no 3º mundo), sendo que vale lembrar, que numa hipotética guerra futura, além de recursos minerais e alimentos, recursos humanos serão também fator primordial.

    Os chineses já vislumbram esse cenário e sabem sim o que esta por vir. Mas diferente do ocidente em geral (que acredita piamente no poder dos seus valores morais para evitar esse conflito), eles sabem que somente o poder militar vai garantir a sobrevivência. No jogo das apostas, eles estão se preparando, enquanto o resto brinca de soldadinho.

    E para quem quiser argumentar que a qualidade dos armamentos ocidentais pende esta balança, digo, revejam muito bem esse argumento….. A história humana esta repleta de exércitos tecnologicamente superiores mas que foram derrotados pela quantidade. Pois quanto mais tecnológico que seja uma FFAA, mais demorada suas reposições de perdas, e mais dependentes suas tropas destas tecnologias. E salvo um único caso, a quantidade sempre irá subjugar a qualidade, isso é um fato. E os chineses já sabem disso.

    —–CURIOSIDADE——
    Um dado bem interessante para quem gosta de história, lembrem que na II Guerra o exército Alemão era tido como o mais tecnologicamente forte o no fim perdeu. Vale lembrar que além da tecnologia, seus numeros também eram impressionantes. Apenas no mês de Abril de 1945, as forças aliadas capturaram nesse mês:
    -Frente ocidental: 1.200.000 soldados
    -Frente oriental: 800.000 soldados
    -Itália: 120.000 soldados

    No mês de rendição, Maio, podemos ainda somar:
    -Rendição das forças alemãs no Noroeste da Alemanha, Dinamarca e Países Baixo : 1.000.000 soldados

    Ou seja, a Alemanha nazista nos ultimos dois meses possuia em suas tropas uma incrivel cifra de mais de 2.000.000 de soldados.
    No seu auge, o regime possuia 18,2 milhões de soldados aproximadamente…….Quantidade e qualidade. Eles tinham ambos. Mas foram derrotados pela quantidade muito superior dos aliados. Quantidade no final é o fator predominante para a vitória.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here