Home Marinhas de Guerra ARA San Juan: balsas podem ter sido trocadas durante modernização de meia-vida

ARA San Juan: balsas podem ter sido trocadas durante modernização de meia-vida

12674
132
Imagem ilustrativa: uma balsa de salvamento ligada a um EPIRB – Emergency Position Indicator Radio Beacon

Uma fonte ligada à operação de busca e salvamento ao submarino argentino ARA San Juan, disse com exclusividade ao Poder Naval que as balsas avistadas por aeronave P-8A Poseidon e por navios da Armada Argentina podem pertencer ao submarino argentino desaparecido.

No momento está ocorrendo uma discussão interna na Armada Argentina para saber se, durante a modernização de meia-vida do submarino ARA San Juan, as balsas reinstaladas foram tiradas de outro tipo de submarino, como o Type 209, por medida de economia.

As balsas encontradas são de capacidade menor do que o tipo de balsa que o TR-1700, classe do ARA San Juan, deveria ter. Se o submarino estava com uma tripulação de 44 pessoas, deveria ter duas balsas de 22 pessoas, mas as balsas encontradas são de capacidade menor. Mas o tipo de balsa é o mesmo usado em submarinos, da marca RFD Survitec.

O avistamento de pirotécnicos brancos ao invés de vermelhos (encarnados) também poderia ser pelo mesmo motivo, ou seja, os sobreviventes poderiam estar usando o equipamento que foi disponibilizado durante a modernização.

É preciso saber agora qual será a resposta da Armada Argentina sobre essa importante questão.

132
Deixe um comentário

avatar
123 Comment threads
9 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
70 Comment authors
Paulo PerauVitor RodriguesFMRCésar A. FerreiraAlejandro Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Renan
Visitante
Renan

Meu Deus! Na chance da duvida.
Mande vasculhar a aerea.
Se tem duvida pode ser a ultima chance da tripulação.
DEUS ilumine quem manda. E faça a busca no local

Gabriel Oliveira
Visitante
Gabriel Oliveira

Eles não mandaram barcos para essa área para investigar se de fato tem alguma coisa ali?
Enquanto eles debatem lá tem gente dentro daqueles submarinos deveria se haver um consenso pelo menos nesse ponto de ir in loco averiguar essa possibilidade.

Gabriel Oliveira
Visitante
Gabriel Oliveira

Correção =daquele submarino

luiz antonio
Visitante
luiz antonio

Bem. Cabe uma pergunta: Se as balsas não são do San Juan de quem são? Não me consta que submarinos ficam espalhando balsas pelos mares. Muito esquisita essa história.
Nesse momento nem deveriam perder tempo com isso. Continuem procurando e quando acharem os sobreviventes (se Deus quiser) perguntem a eles de quem são as balsas.

CT Araguari
Visitante
CT Araguari

Se isso se confirmar, já dá pistas das prováveis causas: Falta de recursos > Falta de Manutenção > Incremento no risco de acidentes > Potencialização das consequências.

Leandro M.
Visitante
Leandro M.

Uma ligação já é suficiente para solucionar a dúvida.

John Paul Jones
Visitante
John Paul Jones

Eu não vou comentar mais nada, o PN está levantando as questões de forma clara acima, parabéns ao site !!!

Deus ilumine os SB do SJ e a cabeça dos encarregados da busca.

Bardini
Visitante
Bardini

“medida de economia”
.
Olha ela aí…

Renan
Visitante
Renan

Tire este Balbi da frente de trabalho, digalhe o senhor já trabalhou muito vai descançar volte amanhã
E mande um barco vasculhar a area. Talves sonoboias
Quem sabe teremos sucesso nesta area, mesmo sem ser do submarino pode ser Deus, dizendo estão aqui venham savar eles.
Não iguinorem a possibilidade se houver duvida.

NandaLima
Visitante
NandaLima

Que agonia Senhor. Abençoe que este submarino seja encontrado e que todos os tripulantes possam finalmente voltar para os seus lares com vida!

Antônio
Visitante
Antônio

Está muito mal explicado o detalhamento das buscas.
O que já fizeram?
O que ainda falta?
O P3 e o P8 estão há vários dias.
Já devem ter coberto toda a área de buscas.
O que fazer agora?
E os navios? O que podem e o que faltam fazer?
Falta eficiência.
Ou estão no lugar errado ou os modos de busca são insuficientes.

Leonardo
Visitante
Leonardo

O Skandi Patagonia partiu a pouco de Comodoro Rivadavia com 4 (veículos submersíveis não tripulados) e a câmara de resgate levados pela equipe americana. Levará um dia e meio para chegar e iniciar as buscas.

Alex
Visitante
Alex

Porra, esse assunto do San Juan a cada post que sai não é pra cardiaco!

John Paul Jones
Visitante
John Paul Jones

ha ha ha ha ha Alex, gostei !!!

NandaLima
Visitante
NandaLima

Como um dia e meio? Eles têm este tempo?

John Paul Jones
Visitante
John Paul Jones

No meu entender a ARA tá demorando muito a reagir as evidencias ….

Como alguem comentou aqui eles parece que estão com medo de admitir a tragédia e a imensa necessidade de ajuda.

Ivan
Visitante
Ivan

John Paul Jones,
Infelizmente tenho a mesma impressão.
Desde o primeiro sinal de não conformidade.
Sds.,
Ivan.

NandaLima
Visitante
NandaLima

John Paul Jones 21 de novembro de 2017 at 15:13

Mas ajuda eles têm.. o curioso é q até agora houveram chamadas via satélite, sons/barulhos detectados, e agora as balsas, e todas estas evidências foram classificadas como ñ originadas do submarino, sem q houvesse qualquer explicação plausível.. o mundo têm acompanhado este drama.. o que falta para eles dizerem a verdade, se é que algo foi ocultado? Só clamo a Deus que possamos testemunhar um final feliz! Não vamos perder as esperanças..

John Paul Jones
Visitante
John Paul Jones

É isso aí Nanda ….

Como vc disse tantas evidencias desprezadas e nenhuma eficiencia.

Deus queira que estes navios de oportunidade e com os eqptos da USN encontrem o submarino e tripulantes com vida.

abs

Dalmar Locateli Verdade
Visitante
Dalmar Locateli Verdade

Ainda existe alguma embarcação tipo o ” Hughes Glomar Explorer” em operação pelo mundo?

Helio
Visitante
Helio

Me expliquem algo: os “sinais luminosos brancos” se referem ao equipamento, tipo o bastão é branco, ou foram avistadas luzes de sinalização na cor branca?????

Claudio Melo
Visitante
Claudio Melo

Quando estive em Buenos Aires fui ao Monumento a Los Caídos prestar minhas homenagens aos soldados que pereceram no conflito das Falklands/Malvinas. Foram mandados para a guerra por uma junta militar sem sequer uniformes adequados ao clima local. Estratégia de manter linhas de suprimento simplesmente não havia, e os soldados no terreno ficaram à míngua. Com todas as deficiências, a Força Aérea Argentina deu um trabalho danado à Task Force britânica. Naquela oportunidade os submarinos argentinos já operavam com severas restrições. O ARA Santa Fe foi danificado em combate por aeronave de ataque Harrier, e o ARA San Luis continuou… Read more »

Negrão
Visitante
Negrão

Eles têm oxigênio até sexta-feira.

O grande problema é que submarinos são realmente “armas invisíveis”, quanto mais desligadas.

Roger
Visitante
Roger

Não teria muito a acrescentar nos comentários, só um questionamento: Em várias entrevistas que assisti ontem e hoje (nos sites de notícias argentinos), se cogita a possibilidade do San Juan (em função do incêndio ou curto nas baterias), ter tocado ao fundo a uma profundidade em torno de 800 metros. Desde a época da 2ª guerra foi mostrado que os melhores submarinos construídos na época eram os Alemães (no caso os U-Boot), com testemunhos de tripulantes a bordo, relatarem que o submarino suportava uma profundidade máxima 450 metros de profundidade antes de começar a romper o casco. Então caso ocorreu… Read more »

Jeff
Visitante
Jeff

Uma simples boia ou bote com a devida identificação do sub já acabaria com todo esse mistério. E a falta de relatórios sobre a possível substituição ou não dos botes? Os submarinos normalmente possuem botes identificados?
Parece que eles estão meio “perdidos” por lá.

Bueno
Visitante
Bueno

Amanhã é o dia D para ARA se considerar os .6 dias de O², Parece que alguém esta querendo esconder o esquema da balsa salva vidas que foram trocadas.

Helio
Visitante
Helio

Amigos, nunca vi uma balsa de resgate, mas pergunto: elas não possuem identificação sobre a qual embarcação pertencem? uma plaqueta, uma pintura ou algo assim? Para saber se a balsa é do ARA San Juan vão pesquisar registros para comparar com o que deveria ter sido colocado no sub quando da sua construção e modernização????!!!!

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

inverossímil, simples assim.

Leonardo M.
Visitante
Leonardo M.

Meu deus, cada dia que passa fico com mais raiva da Marinha Argentina e seus superiores.
Nunca vi tanta falta de profissionalismo em divulgar notícias.

Primeiro as mensagens de satélite, aí não eram.
Depois o barulho de alguém batendo no casco do submarino, depois não eram
Agora as balas, e não são do submarino

Então de quem é?
Será que são fantasmas?

Olha, se depender dos marinheiros morreram não foi por causa das buscas e sim pela falta de manutenção do submarino
Lamentável

NandaLima
Visitante
NandaLima

Roger,

Eu ñ possuo qualquer conhecimento técnico sobre o caso.. mas conforme sugere as informações vinculadas na mídia, entendo como vc.. pois, se infelizmente houve esse “pique de profundidade”, a pressão seria insuportável e o submarino estaria despedaçado.. agora, onde estão as evidências? os destroços? Pois os “sinais” mencionados até então parecem tratar-se mesmo de uma forma de sinalizar/comunicar, mas não da ocorrência de uma catástrofe… se eu estiver falando alguma bobagem, por favor, me corrijam.. já não sei mais o q imaginar..

Bueno
Visitante
Bueno

Claudio Melo, triste este relato, parece que se repete com o San Juan , Espero que a amanha marinha Argentina no brinde com uma boa noticia , amanha é o dia D para AR dizer a verdade 7º dia perdidos no mar ou no fundo do mar

Gabriel OLiveira
Visitante
Gabriel OLiveira

Não sei como funciona mas o lançamento de daquelas cargas que o P-3 e o P-8 usam,não poderiam ser soltas para localizar acho que o nome certo é cargas de profundidade,me corrijam se eu estiver errado.

Claudio Melo
Visitante
Claudio Melo

Gabriel,
Cargas de profundidade não ajudariam muito…

Bianobr
Visitante
Bianobr

Que zona! Parece que a armada argentina não está sabendo processar as informações colhidas por seus meios e outros! Mande os Ps 3 e 8 varrer a área, assim como os navios que caçam Subs como a nossa fragata! Os caras estão vivos e a moça tb, mas o tempo está passando!

Jeff
Visitante
Jeff
Gabriel OLiveira
Visitante
Gabriel OLiveira

Claudio Melo 21 de novembro de 2017 at 16:01
Pensando bem,você tem razão.

Leandro Alves
Visitante
Leandro Alves

Independente do desfecho, serve à todos que acham que exercícios são gastos discricionários. Com segurança não se deve nunca economizar. Trocar balsas por questões econômica (Se constatado for) chega a ser criminoso (dolo eventual). Que toda a angústia mundial seja recompensada com o resgate dessas vidas>

luiz antonio
Visitante
luiz antonio

De tudo isso só posso aguardar e manter esperanças. Temos que considerar que localizar um submarino sem energia elétrica é o mesmo que tentar localizar um objeto metalico qualquer, porém quem sabe, a profundidades imensas e com mar em péssimas condições. As equipes de buscas em barcos devem estar sofrendo o diabo e aéreas sem condições visuais, apenas com instrumentos que apesar de modernos, não fazem milagres. A realidade é bem mais severa e imparcial do que os filmes de Hollywood. Vamos considerar que as equipes de buscas estão em plenas condições adversas. mesmo com varios meios envolvidos, os mesmos… Read more »

Renan
Visitante
Renan

Galante sua fonte é a melhor pena que ela não toma a decisão de enviar barcos ao local para investigar.
E desde já obrigado pela cobertura atenção e espaço para comentar
Abraços

Julian
Visitante
Julian

Meu Deus ,será que ninguém percebe que isso é um pedido de ajuda? Estão deixar pistas como um “passei por aqui” ..
Parece que estão fazendo vista grossa pra um fato óbvio!

Junior
Visitante
Junior

Impressionante , eles não sabem ao certo qual equipamento o SUB leva . Os caras simplesmente não conhecem o próprio equipamento ….

luiz antonio
Visitante
luiz antonio

No Marine Traffic a posição do Felinto Perry é de 5 horas atrás ao largo de Floripa. No FR24 não consigo ver nada além de aviões comerciais na região de buscas.
Alguém possui informações atualizadas?

Ozawa
Visitante
Ozawa

Até as informações desse episódio parecem estar naquele mar revolto em que se perdeu o ARA SJ… Sobem, descem, giram, voltam… Mas esse último indício tem que ser muita coincidência para não ser uma evidência.

A busca só acaba quando termina.

Glasquis 7
Visitante

Gabriel OLiveira 21 de novembro de 2017 at 15:56
SONOBOIAS. Cargas de profundidade são explosivos usados na guerra anti submarinos.

Burgos
Visitante
Burgos

#saibamais

A #MarinhadoBrasil selecionou a Fragata “Rademaker”, para as buscas ao #SubmarinoARASanJuan, por possuir capacidade de operação e permanência na área SAR e dispor de recursos de detecção sonar, de comunicações submarinas e de operações aéreas, em condições operacionais capazes de contribuir com os esforços de busca.

A F49 estava nas proximidades da cidade de Montevidéu-URU, realizando a Operação ATLANTIS IV e reunia condições de dirigir-se imediatamente à área de busca, para prestar o apoio necessário. Saiba mais sobre o navio: https://goo.gl/qDGsXX

Mol
Visitante

Balsas salva-vidas podem se desprender de navios em mar grosso.O dispositivo que as faz se soltar ao atingir determinada profundidade é frágil. Já aconteceu comigo. Como o mar esteve 6 e até acima na região as balsas podem ter se desprendido de outras embarcações navegando na área.

Rita
Visitante
Rita

Hermanos gracias por su ayuda. Las demoras se deben al mal tiempo que hay en la zona desde que se comunicaron por última vez. Tormentas y olas de hasta 10 metros que recien hoy empezarán a bajar, y mejorar el tiempo. En cuanto al equipamiento no nos extraña que no le hayan colocado el correspondiente al ARA San Juan, mal gobierno anterior malgasto dinero. Esperamos por los 44 con vida.

bit_lascado
Visitante

Torcendo para o que a ARA diz ser verdade, que eles tenham controle sobre o equipamento disponível a bordo do ARA San Juan, porque senão sinto muito.

Jorge Augusto
Visitante
Jorge Augusto

Cada noticia que chega é um atestado da falência das forças argentinas. É simplesmente ridículo os caras não saberem o equipamento do próprio submarino.

Falcão 06
Visitante
Falcão 06

Porque não utilizam um outro Submarino para localizarem o ARA SAN JUAN ?