Home Vídeo Entrevista com o Almirante Vidigal no Programa Debate Brasil

Entrevista com o Almirante Vidigal no Programa Debate Brasil

199
0

alte-vidigal.jpg

O vice-almirante Armando Amorim Ferreira Vidigal, membro do Centro de Estudos de Política e Estratégia da Escola de Guerra Naval – CEPE/EGN, deu uma excelente entrevista ao Programa Debate Brasil, que pode ser vista clicando-se na imagem acima ou no link logo abaixo.
O almirante Vidigal presta excelentes esclarecimentos sobre a importância da “Amazônia Azul” e seu significado estratégico para o Brasil no século XXI.
Vidigal discorre sobre o Direito do Mar, a recriação da 4a. Frota da US Navy, as futuras crises energéticas e ambientais que colocarão o Brasil em evidência e os Royalties do Petróleo, que por direito, pertencem à Marinha e que não estão sendo devidamente liberados, para resolver o problema do reequipamento dos meios navais brasileiros.

http://www.aepet.org.br/debate_brasil/video_interna.php?videoID=32

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Hornet
Visitante
Hornet

Muito boa entrevista! Gostaria de destacar alguns pontos levantados pelo Almirante Vidigal que, volta e meia, estamos discutindo aqui no blog: a) visão global da Defesa Nacional; b) análise estratégica tanto dos problemas (crises) mundiais como da projeção do papel que o Brasil vai (certamente) desempenhar no cenário internacional que se configura; c) compreensão de que somente com o desenvolvimento de tecnologia nacional estaremos realmente capacitados para termos um poder dissuasório eficaz (ele cita o Sub Nuclear, mas creio que esse pensamento vale para os demais casos, como o FX-2, por exemplo); d) reconhecimento do alto nível de excelência e… Read more »

direto do fundo do mar
Visitante
direto do fundo do mar

Alto padrão!!!

XR
Visitante
XR

Caro HORNET, ressaltou muito bem os pontos chaves desta entrevista. Sou integrante da área nuclear no Brasil, embora atue na área de Biotecnologia; outra área na qual somos (ou temos o potencial de sermos) detentores de tecnologia (ou conhecimentos) do mais alto nível, gerando riquezas evidentemente (só para citar: uma conhecida medicação para controle da hipertensão arterial, desenvolvida por brasileiros, a partir da peçonha de uma serpente que só ocorre em território nacional, gera, atualmente, US$ 26 bi/ ano à empresa estrangeira que é detentora de seus direitos de produção); mas voltando à área nuclear, posso dizer que o conhecimento… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Caro XR, Concordo contigo, entrevistas como esta deveriam ser levadas ao público em geral e não só ficar restrita a um canal de TV da Petrobrás. Embora, estando na internet ela já possa chegar (ao menos em tese) a um público amplo (o problema da internet é que, mesmo tendo muita coisa importante, ninguém, ou poucos, sabe procurar…a grande maioria da população mundial usa a internet como lazer e não como fonte de pesquisa). Tenho amigos espalhados por todo o país, trabahando seriamente em várias áreas de pesquisa (desde pesquisas na Amazônia ligadas à ecologia, no INPA – e brigando… Read more »

XR
Visitante
XR

Amigo HORNET, realmente, os gringos também querem nosso “ouro verde” (riquezas biológicas, com potencial imensurável na geração de fármacos dentre outros), de tal forma que a biopirataria ocorre sem controle na NOSSA Amazônia, influenciando populações endêmicas e procurando obter conhecimentos com os nativos, essencial no reconhecimento de plantas com potencial farmacológico. Vi pessoalmente o reator de treinamento da Marinha, com o qual estudam a melhor disposição dos elementos combustíveis e barras de controle, uma vez que um vaso de guerra se movimenta nos três eixos e portanto deve-se evitar que tanto as barras de controle quanto os elementos combustíveis “dancem”… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

Amigo XR, deixa eu dar uma “parpitada” (gostei deste termo…rs.rs.) também…eu entendo o que vc falou e concordo com tudo… Entretanto, o estado (de desenvolvimento e de custos) tecnológico de hoje em dia não permite mais procedimentos como vimos no passado. É claro que eu admiro um Santos Dumont ou um César Lattes, é claro que eu tiro meu chápeu pelo empenho pessoal de todos aqueles que se doaram heroicamente pelo desenvolvimento da C&T no Brasil. Mas acho que essa fase heróica, para não dizer romântica, infelizmente ou felizmente, não encontra mais espaço nos dias de hoje. Eu entendi o… Read more »

XR
Visitante
XR

Olá HORNET, li e concordo plenamente!!! Talvez eu tenha me expressado de forma um tanto dúbia, o que queria dizer na verdade é que precisamos de pessoas conscientes (capazes de atuar agora, de uma forma ou de outra), com uma visão do contexto no qual estamos imersos, em todas as suas nuances, a de uma Amazônia integrada, por exemplo,que despertem ou tragam à discussão tais temas, para que não caiam no esquecimento ou descaso, ou mesmo para decidirmos o que nos interessa ou não. Concordo com suas palavras, plenamente, a obtenção, ou não, de tecnologia é uma decisão nossa, independente… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

XR,

sim, sim…eu havia entendido o sentido da coisa, no seu post anterior…mas escrevi um outro comentário apenas para a gente continuar a discussão e aprofundá-la.

um forte abraço

XR
Visitante
XR

Amigo HORNET, acho que ambos pensamos da mesma forma!!!
Abraços