Home História O Brasil na mira de Hitler

O Brasil na mira de Hitler

564
0

o_brasil_na_mira_de_hitler.jpg“No Brasil se acham reunidas todas as condições para uma revolução que permitiria transformar um Estado governado por mestiços, numa possessão germânica”  Adolf Hitler

Os passageiros do navio Baependi, do Lloyd Brasileiro, dançam no salão ao som de uma orquestra, quando uma explosão sacode brutalmente a embarcação. Estamos em 15 de agosto de 1942. Das 306 pessoas a bordo, apenas 36 sobreviveram. Os náufragos – assim como cadáveres e destroços – chegaram ao litoral nordestino, transformando a paisagem bucólica num cenário de horror.
O afundamento do Baependi foi um dos episódios mais trágicos da campanha de torpedeamentos de navios brasileiros por submarinos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Foi também o ponto culminante de uma série de eventos que levariam o governo Vargas a, finalmente, aderir às forças aliadas e declarar guerra à Alemanha de Hitler.
Esta é uma história surpreendente e dramática, que pouca gente conhece. Durante a Segunda Guerra, 34 navios brasileiros foram torpedeados, causando a morte de 1.081 pessoas, a maioria civis inocentes. Nem nos campos de batalha morreram tantos brasileiros.
Com uma pesquisa rigorosa e uma ágil narrativa jornalística, O Brasil na Mira de Hitler resgata este capítulo da nossa história recente. Roberto Sander traz à tona as negociações diplomáticas entre o Brasil e os Estados Unidos; reproduz depoimentos dramáticos de náufragos; recria o desmantelamento da rede de espiões nazistas no Brasil; e expõe as intrigas, desavenças e hesitações do governo Vargas, num teatro de guerra que colocava o país em cena.

Comprando o livro pelo Submarino, você também ajuda a manter o site e o Blog do Poder Naval Online.

1 COMMENT

  1. Bela sugestão de leitura, Galante. Leremos o livro…e compraremos pela Submarino.

    Já que o assunto é esse, vou deixar aqui mais uma sugestão de leitura para os interessados em Segunda Guerra Mundial:

    Antonio Pedro Tota – O Imperialismo Sedutor. A americanização do Brasil na época da Segunda Guerra. SP: Cia das Letras.

    Neste livro, o historiador Tota estuda a “disputa” pelo Brasil, de um lado pelo Eixo e de outro pelos EUA. E foi uma disputa mesmo. Não passamos para o lado aliado de uma maneira muito tranquila. Ao contrário, as relações comerciais brasileiras eram muito maiores com a Alemanha do que com a Inglaterra ou EUA neste período. Além do fato, como todos sabem, de Vargas ser um admirador do nazismo e ter muito mais coisas em comum com as ditaduras do Eixo (a começar pela ditadura que ele, Vargas, implantou aqui no Brasil) do que com as democracias dos aliados. O livro também pode ser comprado na Submarino.

    abraços

  2. Antes que eu me esqueça: um livro pode complementar o outro. Os assuntos são próximos e interligados…para quem gosta do tema, um prato cheio.

    abraços

  3. Em 1942, um morador de origem alemã de Angra dos Reis aplainou e cortou o mato de uma grande faixa de terreno de sua propriedade para facilitar a chegada dos aviões alemães. Ele foi preso, mas constatou-se que não era um espião nazista, só um lunático mesmo.
    Mais tarde foi preso o espião alemão J. J. J. Starzinczny em 15 de março de 1942 no Rio de Janeiro e descobriu que ele estava monitorando o trajeto do navio cruzeiro Queen Mary pela América do Sul afim de passar sua localização por rádio para submarinos alemães. O Queen Mary estava indo para a Austrália com oito mil soldados canadenses a bordo e foi avisado pelo governo brasileiro a mudar de rota para impedir a ação dos submarinos. Por causa dessa ação, Reali(um delegado brasileiro) recebeu uma carta de agradecimento do lendário diretor do FBI, J. Edgar Hoover e uma caixa de charutos do comandante do Queen Mary.
    Inconformado com a decisão do Brasil de declarar guerra ao Eixo, Hitler ordenou que 10 submarinos alemães atacassem os portos de Santos, Rio de Janeiro e Salvador. Os barcos deveriam ser torpedeados e os portos minados, o que causaria o desabastecimento do país. A operação acabou abortada por influência do ministro do Exterior do Reich, Joachim von Ribbentrop, que temia que uma ação em larga escala contra o BRASIL arrastasse toda a América do Sul à guerra.

    Hitler, a propósito, sonhava ocupar o Brasil. No livro Hitler m’a dit (Hitler me disse) escrito pelo ex-oficial prussiano Hermann Rauschning, consta que o Fuhrer teria dado a seguinte declaração sobre nosso país: “O Brasil me interessa, particularmente. Lá edificaremos uma nova Alemanha. Ali se acham reunidas todas as condições para uma revolução que permitiria transformar em alguns anos um estado governado e habitado por mestiços corrompidos em uma possessão germânica”. É, parece que o medo de que os alemães atacassem o Brasil vindos da África não era assim tão infundado…
    A entrada do Brasil na guerra,teve um marco significante para o povo brasileiro e para os aliados!

  4. Pior que o socialismo baseado em raça está atormentando o Brasil novamente. É a política do PT que visa jogar ahto declarados negros e indios contra auto declarados brancos. Esta pseudo “justiciamento” histórica também será um caminho para implantação da ditadura socialista em nosso país retalhado por “terras indígenas” e quilombolas.

  5. Até hoje, a entrada do Brasil na 2ª Guerra Mundial contra seu aliado mais natural,a Alemanha, não foi bem explicada. Tenho certeza que, em futuro próximo, tudo será esclarecido.

  6. Caro Voluntário da Pátria

    A expansão do Centro Espacial de Alcantara está praticamente
    fora de cogitação com a demarcação da área feita pelo Incra esta semana.
    Os quilombolas ficaram com quase toda a área.
    O presidente da Alcantara Cyclone Space disse que é hora de pensar em sair dali.
    Vai ser um problemão, pois já tem investimentos lá de milhões de dólares.
    Outra perda é o no cronograma que atrasará o já atrasado programa espacial brasileiro.
    É por coisas como essas que o Brasil é o eterno país do futuro.

    Sds
    Iuri

  7. Voluntário da Pátria

    Gostaria de saber de qual pátria é voluntário?
    Pois não entendo sua colocação de que um partido faz apologia racial, quando na verdade tenta dar um pouco de dignidade ha que está ” pátria ” deve muito, pois se indígenas vamos ser francos roubamos as suas terras, negros os escravizamos, e tal dita liberdade nada mas é de uma maneira moderna de terceirizar da mão-de-obra que era escrava!

    Temos muitas pátria em um nosso território, pois como já dize é afirmo somos colônia globalizada, isso é de maneira pratica uma visão do porque esta “pátria ” é o que é; pois temos que ver bem que fez a gestão errada para depois jogar pedra em telhados de vidros .

  8. O que é a história. Se Hitler conseguisse ultrapassar o Atlântico faria uma sangrenta limpeza étnica que impediria a existência atual de Lula e Obama.

  9. jean respeito sua opinião porem minha avó esta a mais tempo que muitos índios no Brasil, não existe povo negro e muito menos povo índio só existe o povo Brasileiro, povo é uma caraquiterização política e se nossos ancestrais fizeram merd… Não temos culpa não cometemos crimes nenhum, agora me digam pra alguns milhares de índios querem uma região que é maior que alguns estados Brasileiros? Nem se eles quiserem eles conseguem andar toda aquela região a pé isso é ridículo, mas mais ridículo ainda é que as terras são continuas e não podem ser patrulhadas pelo exercito ( Só que o exercito tem o direito de patrulhar qualquer área dentro do nosso território).
    Não digo todos, mas digo os lideres os políticos indígenas que estão indo para o exterior e aprendendo novas línguas, política e tudo sobre leis, gente pra que índio tem que ir para o exterior aprender isto se for assim vamos inseri os mesmos na sociedade dar estudo moradia e empregos para eles e vamos proteger nossas terras esses índios fazem parte do nosso povo Brasileiro e estão indo contra a nossa soberania pois estas milhares de ONGs picaretas estão na Amazônia por interesse a maioria não se preocupa com os moradores daquela região só querem explorar nossas riquezas como plantas medicinais verificar pontos de reservas minerais para quem não sabe a reserva raposa dos sol não pode ser patrulhada pelo Exercito Brasileiro por um tratado internacional qual da até o direito do dito povo indígena de escolher sua nacionalidade ou formar uma própria. Isto vai contra a nossa soberania aquela região é a mais rica em recursos minerais do mundo ( Lá existem metais como urânio,ouro, meganes, nióbio, petróleo dentre outros varios recursos minerais o nosso país sempre alvo da cobiça mundial e até de Brasileiros egoístas que não se preucupam com o nosso país) se eles resolverem se tornar independentes terão o apoio da ONU por que o Brasil assinou um tratado que não foi assinado pelos EUA, Austrália e vários outros países isto porque não são burros este tratado vai contra a soberania de qualquer país. O General heleno é um homem honrado que se preocupa com o país ao contrário dos nossos políticos que acham que podem decidir tudo eles são pessoas comuns isto tinha que ser debatido em um plebiscito pela sociedade Brasileira, não sou a favor do povo branco ou do povo negro e nem do povo indígena sou a favor do povo Brasileiro.

  10. Legal, nãqo si porque eu sempre ouvia dizerem, apesar de ficar na dúvida, que americanos tentando forçar o Brasil a entrar na guerra, eles mesmos haviam afundado o Baependi etc… mas se vc ver que existem 9 submarinos se não me engano que foram afundados na costa do Brasil, certamente será óbvio dizer que foram os alemães que o fizeram ao meu ver.
    Eu tb gostaria de falar sobre um bom livro de autoria de Alvanir Carvalho – Mossoró em 35, que relata as intentonas nazistas tentando implantar no Sul do Brasil, sua máquina nazista, culminando com levantes realizados em Mossoró com um pitada do humor de Alvanir mesclando as hostórias de seu pai seu “Altino(que pegou no rifle pra defender Mossoró, com o levante que estava sendo erguido.. muito bom ler …

  11. Esse boato do afundamento dos navios brasileiros ter sido fruto de ataques de subs aliados surgiu na própria época dos ataques. Não se sabe até hoje se o boato foi obra da “quinta coluna” ou de setores que eram contra a aproximação com os norte-americanos (o que dá praticamente na mesma).

    Mas a aproximação com os EUA já vinha de antes, a siderúrgica de Volta Redonda é acordo de 1940, a troca da influência “eixo” pela “aliados” já vinha num crescendo. A própria MB estava se reestruturando acessorada por uma missão norte-americana desde 1922… O processo de Getúlio pender hora para um lado, hora para outro, é fruto de uma complexa dinâmica de política externa e interna. Se foi boa ou ruim, isso já é outra história.

    No fim das contas, pesquisas sérias ao longo dos anos, verificando farta documentação alemã, comparando com afundamentos de mercantes e de submarinos, datas e horas dos ataques etc já refutaram há muito tempo a teoria conspiratória de ataques de subs aliados à costa.

    Mas enfim, essa história sempre volta…

  12. Jean, “roubamos”,”escravizamaos”??? Nem eu, nem vc,nenhum de nós podemos pagar ou sermos beneficiados em nome de reparações de séculos atrás. Que loucura é esta??? De que Pátria? Do Brasil, que foi construído a partir da integração destas raças, desde de GUARARAPES, já ouviu falar? Sabe o que é DNA? O Brasileiro tem sangue das 3 raças em variados graus? Eu tenho espelho em casa e vc, amigo?

  13. Voluntário da Pátria !

    Bom partindo de um ponto de vista que sempre digo, um erro não justifica outro!
    Segundo o que pouco que se de direito, os herdeiros tem direito e deveres e diretos em eventuais créditos e débitos que se ancestral deixar, tendo por este raciocínio se somos realmente povo justo e civilizado devemos ter outra conduta em relação a este assunto, quanto a batalha de Guararapes sim já li e posso afirmar que em determinadas circustacisa de combate e comum somar forças para vencer um inimigo maior, isso vimos em varias conflitos ao logo da historia, que por curiosidade os menos digamos favorecidos fazem a linha de frente, quanto ao DNA vecçe pode verificar que sempre vai ter um dominante, e o meu espelho são fatos que li e vejo todos os dias neste mundo onde o feudo continua sem sofre muita interferência pois mudaram as ferramenta mas o trabalha é o mesmo.

    Só vamos ser uma nação forte quando ver e ouvir o que realmente acontece ou aconteceu em nossa volta

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here