NDCC Almirante Saboia (G25)

    866
    18

    g25

    O NDCC Almirante Saboia (ex-RFA Bedivere), fotografado em 7.3.09 em Falmouth, Inglaterra. O navio, da classe “Round Table”, é “irmão mais velho” do Garcia D’Ávila, incorporado no ano passado.

    FOTO: Geoff Hoather/SHIPSPOTTING.COM

    Subscribe
    Notify of
    guest
    18 Comentários
    oldest
    newest most voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Ivan
    Ivan
    11 anos atrás

    Muito ruim o Matoso Maia está em más condições. Ele tem um desenho muito interessante e uma excelente velocidade, algo em torno de 20 nós, que os ex-ingleses não acompanham mesmo. Será que vale a pena reformar seu maquinário, pois são motores diesel e podem muito bem ser trocados por outros mais modernos, econômicos e potentes. Gostaria muito que a MB podesse dispor de uma força de desenbarque, pelo menos parte dela, com capacidade de navegar a 20 nós de cruzeiro… Se procurarmos ver as forças expedicionárias americanas, veremos que uma velocidade de cruzeiro de 20 nós é normal em… Read more »

    Ivan
    Ivan
    11 anos atrás

    Enfim, os ex-ingleses são bem vindos, mas são lentos.
    Podendo ter um núcleo mais rápido seria ótimo.

    Esdras
    Esdras
    11 anos atrás

    Pessoal, este navio esta confirmado mesmo a vinda?
    O Matoso Maia que está fudidão…será que não vale apena um reforma para o manter em operação?

    Saudações a todos
    Esdras

    OBS: Ao pessoal do blog naval, terrestre e aéreo. Sou fã de vocês, pela agilidade no blog e pertinecia dos assuntos.

    Mauricio R.
    Mauricio R.
    11 anos atrás

    E os classe “Foudre”???? Estão de fato á venda??? Interessariam á MB???

    marujo
    marujo
    11 anos atrás

    Agradeço aos Srs.Galante e LM pelas informações. Quanto aos Foudre, Maurício R, com a palavra o Sr. LM.

    LM
    LM
    11 anos atrás

    Prezado Marujo,

    A MB estuda a possibilidade de adiquirir, por oportunidade, 2 NDD nos próximos anos. Contudo, não existe uma definição de qual classe, ou origem eles seriam.

    Quanto aos Foudre, que eu saiba não foram oferecidos para MB. Os Franceses estavam estudando sua venda, mas não havia nada definido.

    Sds

    LM
    LM
    11 anos atrás

    Prezado Marujo,

    Apesar dos problemas no sistema de propulsão do “Mattoso Maia”, o “Almirante Sabóia” deverá cumprir as funções que, anteriormente, eram exercidas pelo “Ary Parreiras”.

    Sds

    Marcelo Ostra
    Marcelo Ostra
    11 anos atrás

    Bingo ! ponto pros Ostra !!!!

    Sai G 21, entra G 25 !

    Abs
    MO

    Galante
    11 anos atrás

    Sim Marujo, o Mattoso está em situação muito ruim.

    marujo
    marujo
    11 anos atrás

    A revista Segurança@Defesa, em uma de suas últimas edições, levantou a possibilidade da aposentadoria do Mattoso Maia. Algum ccompanheiro do blog sabe de alguma coisa, acha isso possível?

    Almeida
    Almeida
    11 anos atrás

    Nem tô preocupado mais com os argentinos, na boa. Os chavistas populistas “anti-imperialistas” “neo-socialistas” companheiros me preocupam muito, mas muito mais.

    Quantos aos dois navios, chegaram em boa hora! Os que temos aqui precisam se aposentar com urgência! Agora, um projeto de navio de projeção de poder anfíbio também se faz necessário no PRM não acham?

    marujo
    marujo
    11 anos atrás

    Que os hermanos vão engolir em seco, ah! isso vão. Eles não conseguiram sequer comprar os dois Ouragan que os franceses estavam vendendo. Se é que é possível isso, em breve vamos ver os hermanos com um tremendo complexo de inferioridade.

    marujo
    marujo
    11 anos atrás

    Que venha! Alguém sabe informar em que pé estão os trabalhos de vivicação do navio?

    marujo
    marujo
    11 anos atrás

    Quiz dizer, operacionalização.

    Jacubão
    11 anos atrás

    É agora que os hermanos argentinos vão ficar loucos de inveja vendo mais esse navio de apoio aos Fuzileiros Navais sendo incorporado, enquanto a ARA só tem um mercante pintado de cinza, rsrsrsrs.

    RUTHY
    RUTHY
    10 anos atrás

    EU ADOREI TUDO Q VI NO NAVIO FIZ VARIAS AMIZADES PENA Q DURARAM TAO POUCO POR AKI EM FORTALEZA

    kiko
    10 anos atrás

    nada de substituir o ary. o comforto do hipo e muito e seria uma perda de tempo e material coloca-lo no lugar do ary.e mais confortavel que o garcia. mais rapido e mais novo sua tecnologia pra 2018.o hipo e bem mais economico .um abraço

    helder
    helder
    9 anos atrás

    O Sabóia e um excelente navio, mas não podemos esquecer que está com quase cinquenta anos. A Marinha devia fazer um grande reparo no nosso Arsenal de Marinha e passara produzir nossos própios navios aqui.