Home Estratégia Coletiva do Ministro da Defesa na LAAD

Coletiva do Ministro da Defesa na LAAD

56
0

dsc04209

O Ministro da Defesa, Nelson Jobim, acabou de dar uma entrevista coletiva para a imprensa durante a abertura da LAAD 2009.
Jobim respondeu às perguntas dos jornalistas, tratando da compra dos helicópteros EC-725 para as três Forças, submarinos “Scorpène” para a Marinha e o blindado “Urutu-III” (VBTP-MR) para o Exército.
O ministro ressaltou que as aquisições são para longo e médio prazos e que, por isso, não serão afetadas pela atual crise, que se espera tenha curta duração.
Os novos helicópteros que serão adquiridos para as três Forças terão muitos componentes nacionais, inclusive nos motores e na aviônica. O ministro ressaltou que as compras agora são planejadas pelo Ministério da Defesa, visando uma maior integração e padronização de equipamentos nas Forças.
Jobim também adiantou que serão assinados hoje à tarde os contratos com a Embraer, para o desenvolvimento do cargueiro C-390 e para a modernização dos caças AF-1 da Marinha do Brasil.
Perguntado sobre a questão da proteção do mar territorial brasileiro, Nelson Jobim destacou a preparação do Poder Naval para atuação na área de Vitória a Santos, a área do Pré-Sal. Jobim foi enfático: “quem entrar vai se dar mal!”

FOTO: Poder Naval OnLine

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
marujo
marujo
11 anos atrás

Boas e animadoras notícias as do ministro Jobim na abertura da Laad. Mas há um grande ausente em sua fala: o FX – 2.

FABIO GORDO
FABIO GORDO
11 anos atrás

senhores quantos avioes A-4 a MB tem operacionais hoje no VF-1
ou seja prontos para voar?

Baschera
Baschera
11 anos atrás

O Esdras não esquece dos S-2T…..
Sds.

molleri
11 anos atrás

Blá, blá, blá… Cadê a grana? O contingenciamento comeu!

RJ
RJ
11 anos atrás

Nenhum novo contrato para escoltas ainda?

Faltam os navios! Faltam os Navios! Ou será que a marinha vai só de subs e vai submergir de vez?

Helião
Helião
11 anos atrás

Antes que falem, já me adianto não é pessimismo é realismo. O governo pôs um bode na sala e agora tira o bode, mas do seu jeito, isto é, jogando para a platéia e gritando OLHA O QUE EU TÔ FAZENDO; OLHA COMO EU TÔ TRABALHANDO. Explicando meu ponto de vista: é claro que existe uma mudança em curso e me parece algo muito significativo, mas a pergunta que não quer calar é porque só agora?. E esse caso dos AF1 é exemplar ninguém sabia que eles precisavam de uma modernização a pelo menos 4 anos? Claro que sabiam, e… Read more »

RL
RL
11 anos atrás

Eu não sou a favor de gastar com modernização dos A4, no entanto se será assim, então tem que torcer a favor de ao menos que não se perca a já precária condição de voo e operacionalidade da aviação naval.

Quanto ao cargueiro da EMBRAER, melhor noticia não há.

Show de bola.

Esdras
Esdras
11 anos atrás

Finalmente esta modernização será assinada…..melhor ele modernizado do que um nada voando.
Vale lemnbrar que a necessidade da assinatura de modernização e comprar dos S-2t é muito importante também, mas que para os dois, espero que os trabalhos comecem logo porque o tempo não para.
Agora isso não exclui a necessidade de um caça para a MB de porte mais eficaz, como Rafale e F-18, mas isso vai depender do FX.

Esdras

Marco Antonio
Marco Antonio
11 anos atrás

Ainda é pouco, mas já da pra comemorar, principalmente sobre o C-390.