Home Marinha Mercante Piratas atacam navio chinês e são repelidos pela tripulação

Piratas atacam navio chinês e são repelidos pela tripulação

688
14

Em 17 de dezembro de 2008, o navio semi submersivel especializado no transporte de volumes pesados M/V “Zhen Hua 4”, de bandeira de San Vicente e Granadinas, pertecente ao armador Shanghai Zenhua Shipping Co. Ltd., de Shanghai, Republica Popular da China, foi atacado por piratas somalis no Golfo de Aden.

O bote dos piratas se aproximou pela popa do mercante chinês aproveitando-se do arco cego do radar de navegação. Ao perceber a iminência da abordagem a tripulação enviou um pedido de socorro ao Centro de Alerta contra Pirataria da Agencia Marítima Internacional, em Kuala Lumpur (Malásia) e iniciou preparativos para defesa do navio.

A Agencia de Kuala Lumpur comunicou o ocorrido a Força Naval Multinacional operando na área contra ações de pirataria. Os somalis abordaram o navio e a tripulação se defendeu com tudo que tinha de disponível, inclusive “Coquetéis Molotov” e sinalizadores.

A batalha pelo controle do navio durou 5 horas antes da chegada do socorro, que veio através de helicópteros de um navio de guerra malaio que realizaram disparos contra os piratas, que embarcaram em seus botes e saíram do local. Como se pode ver nas fotos haviam muito jovens entres os piratas somalis.

zhen-hua-4_somalia-pirates-01 zhen-hua-4_somalia-pirates-02 zhen-hua-4_somalia-pirates-03

zhen-hua-4_somalia-pirates-04 zhen-hua-4_somalia-pirates-05 zhen-hua-4_somalia-pirates-06

zhen-hua-4_somalia-pirates-07 zhen-hua-4_somalia-pirates-08 zhen-hua-4_somalia-pirates-09

14
Deixe um comentário

avatar
14 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
Don DPatriotaDungaMarcelo OstraGiovani Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Claudio/Itajaí
Visitante
Claudio/Itajaí

Bravo Zulo para a tripulação.

Democracia
Visitante
Democracia

Agora a China vai ficar “braba”, se eu fosse eles eu corria, ou melhor nadava pra longe.

Viva a República !!!

McNamara
Visitante

Que falta faz uma ponto 50…

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

É proibia a tripulação de navios mercantes o porte de armas, como pistolas ou fuzis?

Que socorro hein? 5 horas pra ajudar esse navio. Os piratas teriam tempo de sobra pra invadir, pilhar e dar no pé (ou no motor de popa 😉 antes de qualquer ajudar externa.

Everson
Visitante
Everson

Deve estar havendo oferta de emprego para mercenários em navios hein….

Higgins
Visitante
Higgins

Por convenção, navios mercantes não podem portar armas. Idem para sua tripulação.
Segurança para navegação é fornecida pelas armas nacionais das nações.
E o que se vê, é o fracasso das mesmas.

Jorge
Visitante
Jorge

Talvez compre briga com alguns colegas de Blog. Mas chamar de piratas os somalis é esquecer que eles como povo, estão no “fundo do poço”. Por baixo creio que as lutas internas naquela região (Chifre da Africa) devem passar dos 30 anos. Não se organiza nada nessa situação. E considerando as tramóias que andam sendo reveladas no chamado 1º Mundo, não me espantaria descobrir que os somalis estejam sendo induzidos por alguém mais “civilizado”. Nada como um bom efeito colateral para atingir o objetivo real. Os janízaros marxistas sabem disso como ninguém! ECA + MST + Constituição de 88 +… Read more »

Giovani
Visitante
Giovani

Que pena que a tripulação não pode andar armada.

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

Negativo Segundo o IMO (International Maritime Organization) é permitido ao Comandante de navio mercante portar arma de baixo calibre em águas internacionais. Quando o mesmo se encontrar em águas territoriais de um país o Comandante deverá declarar a arma (tipo/modelo/numero de série) e munição a autoridade local competente (No caso do Brasil, a Policia Federal), por ocasião de chegada e ou atracação do mesmo, mantendo em cofre no Camarote do Comandante. EU mesmocomo agente do navio,já protocolei muitos "Arms and Ammunition Declaration" por ocasião da liberação de entrada e ou atracação de navios mercantes Clesio, nao entendi seu expanto por… Read more »

Dunga
Visitante
Dunga

Segundo a (International Maritime Salve-se Quem Puder), lembra do filme do Mad Max???. Só vai sobreviver quem portar armas e souber se defender. Não vai haver ONU e direitos humanos hipocritas ditados por paises que ja estão falidos economicamente. Vejamos então que está ficando um bla, bla ,bla, só.

Patriota
Visitante
Patriota

Esses chineses são valentes botaram os somalis pra correr

Don D
Visitante
Don D

Verdade, corajosos mesmo, assumiram o risco e mandaram ver…

Marcelo Ostra
Visitante
Marcelo Ostra

um report do Lloyds Maritime Inteligence Unity “Casualty Reports: 17 December 2008, 13:33 Somalia London, Dec 17 — A press report, dated today, states: Pirates boarded semi-sub HL vessel Zhen Hua 4 (26650 gt, built 1974) off the coast of Somalia but failed to hijack the vessel today, thanks to quick action by a naval force patrolling the area, a maritime official said. The attack occurred a day after Beijing said it was considering sending warships to the area to help battle piracy. Noel Choong, who heads the International Maritime Bureau’s piracy reporting centre in Kuala Lumpur, said the Zhen… Read more »

Clésio Luiz
Visitante
Clésio Luiz

@Marcelo Ostra

Sim eu sei que os navios não poderiam chegar para socorro em minutos, mas os helicópteros podem. Obviamente que estes tem autonomia de apenas algumas centenas de quilômetros, mas eu fiquei com a impressão de que a resposta ao ataque foi demorada por causa da cadeia de comando da operação.