quinta-feira, maio 13, 2021

Saab Naval

Continuam as buscas à aeronave do voo AF 447 da Air France

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A Marinha do Brasil informa que, atualmente, três de seus navios operam no local indicado da queda da aeronave da Air France (voo AF 447) – o Navio-Patrulha (NPa) “Grajaú”, a Corveta (Cv) “Caboclo” e a Fragata (F) “Constituição”.

O comandante da fragata “Constituição” assumiu o Comando da Cena de Ação (CCA) marítima e a coordenação das buscas no mar. A área circular com raio de 120 milhas náuticas, centrada na posição onde foi avistada, pela aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB), no último dia 2, uma esteira de 5 km de destroços, foi dividida em três setores, sendo um para cada navio da Marinha do Brasil. Com isso, a área de busca de cada navio fica reduzida.

Dessa forma, caso algum objeto ou mancha de óleo seja avistado por aeronave da FAB, o Comandante da Cena de Ação direcionará o navio da Marinha mais próximo da área indicada para investigar. Se for o caso, a fragata “Constituição” empregará sua aeronave orgânica AH-11A Lynx para sobrevoar objeto avistado e auxiliar direcionamento do navio. Até o presente momento, não houve identificação positiva de qualquer destroço.

Além do NPa “Grajaú”, da Cv “Caboclo” e da F “Constituição”, a Marinha emprega outros dois navios nas buscas, com as seguintes previsões de chegada ao local:

  • Fragata “Bosísio” – dia 6, às 12h; e
  • Navio-Tanque “Gastão Motta” – dia 7, às 21h.

Devido a problemas logísticos, os três Navios Mercantes deixaram, ontem, 3 de junho, a área de busca e retomaram suas rotas.

Condições meteorológicas na área de busca:

  • céu encoberto;
  • vento Nordeste com intensidade de 5 nós;
  • visibilidade boa (8 a 10 milhas náuticas);
  • temperatura do ar: 28° C;
  • estado do mar: 1 (ondas 0 a 0,1 metros);
  • temperatura da água do mar: 30° C; e
  • corrente Nordeste com 1 nó.
- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

[…] dos novos pontos detectados, os aviões engajados nas buscas irão coordenar o direcionamento dos dois navios da Marinha do Brasil, que se encontram na área, para garantir a aproximação e possível coleta de destroços. No […]

J Roberto

Gostaria de parabenizar a MB pelo esforço empreendido,apesar de várias carências vividas,na busca por destroços do voo AF 447 da Air France.Espero que o governo brasileiro se sensibilize com a atual situação da MB no momento e libere mais verbas para reaparelhamento da nossa marinha. É um local estratégico tb para a MB aproveitar e marcar presença,visto que há interesses naquela área para exploração de nossas riquezas minerais. A instalação de plantas de exploração e beneficiamento dos minerais, com apoio militar para segurança das atividades tão próximas da costa brasileira é indesejável, acredita o ministro da defesa Nelson Jobim, que… Read more »

Zero Uno

J Roberto em 04 Jun, 2009 às 12:49

Belo “post”.

Dalton

J Roberto,

nao entendi seu penultimo paragrafo…

“um solitario submarino nuclear comissionado em 2015 ainda poderá fazer alguma diferença mas nao contra uma Russia.”

Nao há meios de termos um sub nuclear em 2015, além do mais um unico submarino nuclear faria que especie de diferença?

Nao é para ser usado contra a Russia, entao, deduzo que seja para intimidar os EUA? Um unico submarino? Que quando está em manutençao
significa zero ameaça.

Realmente fiquei curioso com o paragrafo, se vc puder esclarecer sua ideia, agradeço.

sds

J Roberto

Dalton Por isso mesmo,que a MB tem que buscar uma luz no fim do túnel. Cada vez mais ativo na política externa, Nelson Jobim, disse que o Brasil precisa assegurar os interesses brasileiros no Atlântico Sul, que considera ameaçados pela falta de regras internacionais claras para a exploração de recursos minerais na área. Jobim viajará à África, para convencer governos locais a aliar-se ao Brasil na tentativa de influenciar na elaboração dessas regras. Sem uma ação urgente, o Brasil pode enfrentar problemas até em rotas comerciais de navegação no Atlântico. Jobim se refere à região marítima conhecida como “Área” no… Read more »

- Publicidade -

Reportagens especiais

Poder Naval visita navios da MB em Santos-SP, no Dia do Marinheiro

Para comemorar o Dia do Marinheiro no sábado (13 de Dezembro), o Poder Naval visitou os navios que compõem...
- Advertisement -