segunda-feira, dezembro 6, 2021

Saab Naval

Guerreiros voando em formação na Macega

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

HA-1_voo_formatura_1

Em 29 de julho foi realizado um voo de formatura com três aeronaves do 1° Esquadrão de Helicópteros Anti-Submarino (HS-1).

A Esquadrilha “DIP GANG” foi composta pelas aeronaves SH-3A N-3015 e 3016 (Guerreiros 15 e 16) e SH-3B N-3029 (Guerreiro 29).

O voo teve a duração de 30 minutos e sobrevoou a cidade de São Pedro da Aldeia e o Complexo Aeronaval.

HS-1_voo_formatura_2

HS-1_voo_formatura_3

HS-1_voo_formatura_4

HS-1_voo_formatura_5

FONTE / FOTOS: ComForAerNav

- Advertisement -

5 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bronco1

É… os bichos são bonitos.

Daqui uns anos sentiremos saudades.

SERGIOCIN

S.Pedro está voltando a ficar agitada.
Torre nova c/ operadores navais.
Pista Nova.
Recuperações de Helis (Cougar).
Instalações /p manutenção de FLIR.
Turbinas revisadas chegando de Israel.
Mais um Falcão no AR.
É,lamentavelmente, lento, mas estão começando a dar um pouco de ânimo.
O proce$$o de manutenção é assim.

Mauricio R.

Se houver realmente “vida inteligente” na Aviação Naval da MB, podemos ver pássaros iguais a esses por mtos anos ainda, em uma nova capacidade mto importante na guerra naval moderna: AEW!!! Pq não se justifica criar linhas de suporte logístico, de manutenção, de instrução e de operação p/ somente 5 (CINCO) aeronaves de asa fixa, qndo ainda hão disponíveis no mercado células de 2ª mão, sobreçalentes e suprimentos p/ esse helicóptero. Aliás um dos argumentos que “ajudaram” a “matar” o VH-71 em benefício dos VH-3D, é justamente o fato de que empresas americanas ainda investem na aplicação de novas tecnologias… Read more »

Tailhooker

A coisa anda tão feia que um voo em formatura de 3 aeronaves vira um grande evento digno de notícia, fotografias e cobertura “jornalística”. Essa situação deveria ser normal nas atividades de uma unidade aérea, mas a cultura de escassês é tão forte que gera essa inversão de valores, embora o conhecimento, ou pelo menos a suposição, de que tal evento tenha sido o resultado de trabalho muito duro em condições desfavoráveis acabe dando a legitimidade que o evento merece.

João Augusto

Os caras estão comemorando(um deles até com uma dancinha) porquê? Tiveram algum problema?

XD

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Construtor naval CSSC da China atinge a meta de entrega de 2021 e mantém a liderança mundial

A China State Shipbuilding Corporation (CSSC) informou que, com a entrega de dois novos navios em 1º de dezembro,...
- Advertisement -