domingo, junho 26, 2022

Saab Naval

A caminho do Rio, exercícios de reabastecimento da Courbet

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Coubert reabastecendo no mar com Jeanne d´Arc - foto Marine Nationale

A última viagem de instrução do porta-helicópteros e navio-escola Jeanne d’Arc, informada em mais de uma matéria aqui no Blog do Poder Naval, trará uma visita interessante para as lentes dos fotógrafos de plantão no Rio de Janeiro: a fragata Courbet, da classe Lafayette. Nas fotos acima e abaixo, divulgadas na última terça-feira (5 de janeiro) pela Marinha Francesa (Marine Nationale), a fragata é vista realizando exercícios de reabastecimento no mar com o Jeanne d’Arc. Ambos os navios encontravam-se, na ocasião das fotos, em rota para o Rio de Janeiro, a partir de Dakar (12 dias de navegação).

Coubert reabastecendo no mar com Jeanne d´Arc - foto 2 Marine Nationale

Os exercícios de reabastecimento no mar (ravitaillement en mer – RAM), realizados “a seco” (sem transferência de combustível) têm dois objetivos: formar os jovens oficiais divididos entre os dois navios na execução dessa faina e treinar as equipagens a executar de forma rápida e segura as diferentes manobras necessárias – 25 marinheiros são empregados nas diversas fases do exercício. Vale lembrar que uma transferência real (“molhada”) também foi realizada no último dia do ano de 2009, com a Courbet recebendo 50 metros cúbicos de combustível do Jeanne d’Arc.

Abaixo, mais fotos da Courbet, disponíveis no site da Marine Nationale.

04HYR084CE10

Courbet - foto 2 Marine Nationale

FONTE / FOTOS: Marinha Francesa (Marine Nationale)

VEJA MAIS:

- Advertisement -

18 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sopa

Onde que essas naves costuma aparecer ai no Rio ? é pq. to indo pra lá é quero espiar…rsrs

Sds.

C.F.M.

Está previsto na modernização de meia vida desses meios, a instalação de 16 misseis Aster 15 e mísseis MM-40 BIII.

Sopa, o Jeanne D’Arc e a Courbet ficarão atracadas no Porto do Rio de Janeiro.

Ricardo

Lindo Navio ein ?

Bronco

Já chegaram.

Estão atracados no cais dos turistas, pertinho da perimetral. Mas estão parcialmente cobertas pelos armazéns.

Ambos os navios são belíssimos, diga-se de passagem.

S.A.

marcos-Brasil

será que tambem são muitas caras e fazem tranferencia irrestrita de tecnologia!

Celio Andrade

Sabem me dizer se estão abertas ao publico.até quando ficarão?

.moro perto posso tirar fotos para o Blog..

Coral Sea

Meio que off-topic; mas vale como informação:

O USS Carl Vinson CVN 70 e o USS Bunker Hill CG 52 partirão na próxima terça-feira de Norfolk/USA com destino Rio de Janeiro….
Creio que deverão chegar no início de fevereiro…
Galante, sabes de mais detalhes??

Almeida

Adoro essa “canhoneira” stealth! Mas suas primas exportadas tem armamento muito superior.

AJS

Beleza, estão chegando os substitutos do Minas Gerais e do Tamandaré.

Dalton

Coral Sea…

O USS Bunker Hill está baseado em San Diego, então deverá ser outro o cruzador que acompanhará o USS Carl Vinson.

abraços

Coral Sea

Oi Dalton

Eu sei que o USS Bunker Hill CG 52 é baseado em San Diego; mas isso não quer dizer muita coisa.
Recentemente o USS Higgins DDG 76 estava patrulhando no Mediterrãneo, mesmo sendo também baseado em San Diego.
Outro exemplo; o USS The Sullivans DDG 68 baseado em Mayport, Florida esteve visitando o Japão e a China….
Pelas informações que tenho será mesmo o “Bunker Hill” que irá escoltar o “Carl Vinson”; mas vamos apostar um churrasco??? hehehe

corsario01

Coral Sea
BH no Rio em Fevereiro e tb aposto no churrasco. Apesar de que as vezes as coisas mudam e o escolta poderá acabar sendo outro.
De qualquer forma, quando for comer este churrasco, não me esqueça. Hein?

Dalton, picanha maturada, ok? hehehehehe

Dalton

É verdade Franz…as fragatas baseadas em Mayport também costumam atravessar o canal do Panamá operando no Pacifico oriental,por isso não me surpreendo com o fato de navios pertencendo a um oceano irem parar em outro. O que chamou minha atenção quanto ao USS Bunker Hill foi o fato dele, sendo o mais antigo da classe , ter passado por uma completa modernização concluida no inicio do ano passado, e que ele passaria por diversos testes durante o ano, voltando de verdade a ativa em 2010…só não me avisaram que seria já no inicio de 2010 e que ele já tinha… Read more »

Dalton

Olha Corsário…

são tão poucos os que “postam” aqui no Naval que não seria um grande problema convidar a todos para um churrasco (rs)…mas
o que importa mesmo é o FX2…e não que a nossa marinha tinha
18 escoltas no inicio de 2002 e agora tem 14 e uma das 4 baixas
foi a Dodsworth…mas, enfim !

Picanha maturada é uma excelente escolha!

abraços

Coral Sea

Pois é Corsário; pelo jeito “ganhamos” a aposta….vamos escolher a churrascaria mais cara de Curitiba….

Dalton,eu ví o seu comentáriono Blog Aéreo sobre o Gripen; obrigado.

De mecânica, turbinas, sensores e eletrônica não entendo nada; o meu forte é mesmo a parte operacional e organização da US Navy…

Grande abraço para ambos!

Danilo

O Brasil vai memsmo comprar aquelas 10 escoltas ? falaram que seriam como as FREMM será que vem ? apesar de que eu preferiria as sul coreanas KDX-III mas a marinha precisade tudo que for possivel comprar e rápido.

Abraços,

corsario01

Neste ano de 2010, o foco principal da MB será a escolha de qual será o NaPaOc. Brasileiro, Americano, Francês, Alemão, Coreano e italiano.

Todos tem propostas e o martelo ainda não foi batido.

Ricardo Pinto

Sera que um dia teremos as FREMM na MB ? 🙂

Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

MODELISMO: Ateliê de Maquetes de André Gomes

O Ateliê de Maquetes de André Gomes produz modelos navios de guerra e mercantes sob encomenda. (Contato: 21-96598-8318 e...
- Advertisement -