Home Sistemas de Armas Navio de guerra abate UAVs com laser

Navio de guerra abate UAVs com laser

326
25

A companhia Raytheon e uma equipe da US Navy usaram um feixe combinado de laser para derrubar quatro UAVs em voo durante testes sobre a água, em maio deste ano.

Os alvos aéreos foram engajados e destruídos pelo Navy’s Laser Weapon System (LaWS) guiado pela suíte de sensores de um CIWS (Close-in Weapon System) Phalanx.

O LaWS emprega seis lasers de uso industrial que focam simultâneamente no alvo

Os engajamentos serviram para validar a viabilidade operacional da combinação Phalanx-LaWS sobre o mar, segundo o presidente da Raytheon Missile Systems, Dr. Taylor W. Lawrence.

A equipe Raytheon- Navy demonstrou a capacidade dos sistemas de detectar, rastrear, engajar e destruir alvos dinâmicos em alcances táticos significativos em ambiente marítimo.

Para o teste, o LaWS foi montado em uma plataforma próxima de um reparo Phalanx Block 1B. O operador do Phalanx usou o modo de superfície do Block 1B para rastreamento eletroótico e os sensores de rádio frequência do sistema para prover dados de alcance para o LaWS. Quando o Phalanx adquiriu os UAVs, o LaWS os destruiu.

Foi a primeira vez que um feixe de laser de estado sólido de 32 Megawatt (MW) de energia dirigida, foi disparado por um navio de guerra a uma distância de mais de 2 milhas, destruindo drones voando a mais de 300 milhas por hora.

Abaixo, um vídeo mostrando a destruição de um dos drones.

25
Deixe um comentário

avatar
25 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
13 Comment authors
Luiz R.Leandro RequenabrazilwolfpackFernando SinzatoMikhail Aleksandrovitch Bakunin Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Mk-15 Vulcan Phalanx, tb conhecido como R-2D-2.

Vader,

Invoque a força!!!

Marcelo
Visitante
Marcelo

Parece que demorou alguns segundos para destruir o drone, que seguiu no mesmo curso. Será que um míssil anti-navio supersônico (ou hipersônico) seria detido por essa arma? Ainda necessitam aumentar a potência, talvez para a casa dos 100 MW.

Diego Tarses Cardoso
Visitante
Diego Tarses Cardoso

Nem de longe lembra Star Wars…..rsrsrs
Mas para um programa inicial já é um avanço pq até ha alguns anos atras nao se tinha ideia de quando teriamos laseres operando em conflitos,hj jah temos boings com armas lasers,navios,baterias anti-aereas para derrubar misseis,já atiraram em um caminhao com laser,enfim,logo vamos ter algo bem mais letal vindo ai….

Rodrigo Rauta
Visitante
Rodrigo Rauta

Lembrando que esse conjunto de lasers estão ainda no formato experimental. Quando estiver pronto e definitivo terá um alcance e potencias bem maiores….. sinistro, daqui a pouco vai ter PA lançando X-Wings ai….

Abraços!

Marcelo
Visitante
Marcelo

é verdade…quando estiverem operacionais serão um divisor de águas (“game changer” como dizem os gringos). Isso até a China copiar em poucos anos…hehehe

Sabre
Visitante
Sabre

Senhor Spok acionar feises! Daqui a dez vinte anos, quando tivermos as fragatas novas, os EUA já estará lançando uma nova família de navios armados com lasers de longo alcançe, triste não?

marlige
Visitante
marlige

è SABRE… continuaremos cerca de 50-60 anos atrasados.

Cláudio Melo
Visitante
Cláudio Melo

Sabre e Marlige, Vamos fazer a nossa parte e deixar que os outros façam a deles. Precisamos projetar, construir, desenvolver doutrinas de operação e saber reparar os nossos meios. Já é um trabalho e tanto e é nisso que precisamos nos concentrar. Devemos estar de olho nos desenvolvimentos tecnológicos alienígenas, assim como so russos, chineses, franceses, etc, fazem. Mas devemos nos preocupar com com as nossas prioridades, como o desenvolvimento de um parque industrial capaz de absorver tecnologia de ponta voltada para a defesa, e que, ao mesmo tempo, possua flexibilidade suficiente que o capacite a fornecer produtos e serviços… Read more »

Flavio
Visitante
Flavio

Estamos na pré-historia.

Fernando Sinzato
Visitante
Fernando Sinzato

“Mauricio R. disse:
20 de julho de 2010 às 21:01”

Existe uma coisa interessante entre o desing das X-Wing e as Tie Fighter do Lord Vader.

As primeiras se utilizam da robustez e droides para reparos simples contra os lasers. A desvantagem é o peso. Porém excelente para a condição dos rebeldes e parco treinamento dos pilotos.

http://www.ono-sendai.co.uk/gallery/HD1080/xwing.jpg

Já as Tie Fighter são mais refinadas e se utilizam de escudos de cerâmica (as “asas”) para a proteção. Mais leves e ágeis. Bom para os bem treinados pilotos do Império (para manobrar a nave e aproveitar o escudo).

http://www.jrbassett.com/images/TFg3d0.JPG

Que a Força estejam com os Senhores!

Risos.

marlige
Visitante
marlige

Nobre Claudio Melo.

Não foi o q eu disse?

Sabre
Visitante
Sabre

Já sei colocamos espelhos nos misseis , assim eles deviaram os raios lases! 🙂 coloca um espelinho desses que compra em supermercado, O que é a tecnologia alienigena perto da iteligência e criatividade do brasileiro!

Marcelo
Visitante
Marcelo

hahaha…Sabre, essa foi boa. Pensando bem, me lembrei da patrulha estelar (Yamato), tem um episódio, acho que da guerra contra Bolar, que um canhão laser disparava do solo e refletia em uma nave “espelho” para acertar o Yamato, que estava fora da linha de mira direta (direct line of sight).

brazilwolfpack
Visitante
brazilwolfpack

Rodrigo Rauta,de acordo contigo. Daqui a pouco ja comecam a aparecer X-Wings e Tie-Fighters. Quando isso acontecer,o Brasil vai lancar os 13 F-5 “reformados” da Jordania.

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
Visitante

Sabre disse:
21 de julho de 2010 às 8:44

Senhor Spok acionar feises! Daqui a dez vinte anos, quando tivermos as fragatas novas, os EUA já estará lançando uma nova família de navios armados com lasers de longo alcançe, triste não?

longo alcançe(sic)? Primeiro mande os gringos “aplainarem” a Terra, ou inventarem um LASER que faça curva.

Fernando Sinzato
Visitante
Fernando Sinzato

“brazilwolfpack disse:
21 de julho de 2010 às 14:18”

Eu apostaria na Milenium Falcon:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Millennium_Falcon

Risos.

brazilwolfpack
Visitante
brazilwolfpack

E isso ai; 36 Milenium Falcons.

Sabre
Visitante
Sabre

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin, Mas não estou dizendo que é para acertar um navio ,ou um missel, longo alcançe, é só mirar para cima na reta, quando um satelite, de interesse do inimigo passar num angulo (diagonal) que dê para atirar, o mesmo valendo para aviôes,cabummmmmmm! Lembrar que conceito de longo e curto alcançe não é um conceito fixo, pode ser que 10, 20 km seja longo para um Laser, do mais ainda vão inventar como o Marcelo disse algo para desviar a trajetoria do raio acertando o inimigo, quem vier verá!

Sabre
Visitante
Sabre

Esse é um teste ,mas tenho certeza daqui a 40 anos essa tecnologia estará bem ,mais bem avançada, daqui a 20 no máximo já substuirá o phanlax, e nós querendo um phanlax, aliais temos um de enfeite né?

Leandro Requena
Visitante
Leandro Requena

Os caras fabricando drones cada vez mais potentes, testanto armas laser…

Daqui a pouco apresentam um soldado robô, tipo exterminador do futuro.

O negócio lá é sério…

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin
Visitante

Sabre disse:
22 de julho de 2010 às 10:06

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin, Mas não estou dizendo que é para acertar um navio ,ou um missel, longo alcançe, é só mirar para cima na reta, quando um satelite, de interesse do inimigo passar num angulo (diagonal) que dê para atirar…

Ou no clima do pessoal que curte Star Wars, até a Estrela da Morte.

SABRE
Visitante
SABRE

Mikhail , prefiro jornada nas estrelas, tô me lixando para a estrela da morte, quero acabar com os Romulanos,malditos!

SABRE
Visitante
SABRE

Deixo registrado no diário de bordo data estrelar 294577.3 que também odeio os kringos!

Luiz R.
Visitante
Luiz R.

E ainda tem o canhão de matéria!

Luiz R.
Visitante
Luiz R.

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin disse:
21 de julho de 2010 às 20:39

Ou de alguma forma “sugar” toda a atmosfera da Terra para o espaço e usar satélites com espelhos, para compensar a curvatura da Terra.
Ou ser mais inteligente e por laser no espaço de vez, em satélites!

Desculpe, não é uma critica a você.