Notícias do Comando do Controle Naval do Tráfego Marítimo

    332
    7

    O Centro de Dados Regional LRIT (CDRL) foi aprovado nos testes finais realizados pela International Maritime Satellite Organization (IMSO) e a Organização Marítima Internacional (IMO) o homologou, definitivamente, para operar no ambiente de produção. O CDRL, além de permitir o acompanhamento, por satélite, de navios mercantes estrangeiros acima de 300 toneladas, em viagens internacionais, a uma distância de até 1.000 milhas náuticas de nossos litorais, também possibilita o monitoramento dos navios mercantes de bandeira brasileira em qualquer parte do globo.

    Acrecenta-se às tarefas do CDRL o fornecimento de dados de tráfego marítimo à Marinha do Uruguai, fruto de sociedade com a MB. Desse modo, a AROU poderá utilizar as funcionalidades do sistema para o acompanhamento de suas frotas mercantes nacionais e dos navios mercantes estrangeiros navegando em suas águas.

    O intercâmbio de informações entre os Centros de Dados do sistema LRIT auxilia na compilação do panorama de superfície a ser utilizado nas diversas atividades desenvolvidas pela Marinha, em especial nos eventos SAR e nas Operações Navais. Além disto a integração dos dados recebidos pelo CDRL ao SISTRAM permite a visualização das informações dos navios mercantes e contribui para a formação da Consciência do Domínio Marítimo brasileiro, fortalecido pela segurança do tráfego marítimo pelas atividades econômicas e científicas realizadas nas Águas Jurisdicionais do nosso País.

    O CDRL foi uma evolução do Centro de Dados Nacional LRIT, ambos desenvolvidos pelo CASNAV, é operado pelo ComCoNTraM, encontra-se hospedado no Centro de Dados da Marinha (CTIM) e foi homologado pela DCTIM. Todo esforço realizado por essas OM, sob a orientação do ComOpNav e com o auxilio da Representação Brasileira junto à IMO (RPBIMO) foi coroado com a homologação do primeiro Centro de Dados Regional de todo o sistema LRIT. Esse pioneirismo é motivo de orgulho para todos na MB, haja vista que a maioria dos Centros de Dados existentes foram desenvolvidos, estabelecidos e mantidos por empresas privadas, com um elevado custo anual.

    Atualmente, a EMGEPRON está encarregada de estabelecer os vários acordos administrativo-financeiros com os demais países e CD integrantes do sistema LRIT. Representantes do CASNAV e do ComCoNtraM realizaram, na semana de 26 a 30 de julho, a instalação e o adestramento das equipes que irão operar o LDU-Uruguai em Montevidéu.

    O CRDL é uma realidade que se tornou possível graças ao comprometimento, profissionalismo e dedicação de todos os envolvidos nos processos de desenvolvimento, instalação, homologação, operação e manutenção de um sistema genuinamente nacional. ”

    Centro Regional de Tráfego Marítimo da Área Marítima do Atlântico Sul (CRT-AMAS) – O Sistema do Centro Regional de Tráfego Marítimo da Área Marítima do Atlântico Sul (CRT-AMAS), recentemente publicado na internet, apoiará o sistema regional de troca automática de informações marítimas ostensivas, compreendido pelos países da AMAS (Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai), compatível com as atuais doutrinas de Controle Naval do Tráfego Marítimo (CNTM), consolidando a Coordenação de Defesa do Tráfego Marítimo Interamericano (CODEFTRAMI), bem como a cooperação e a amizade compartilhada pelas Marinhas do Cone Sul das Américas.
    O atingimento desse objetivo não seria possível sem as orientações e o apoio do Comando de Operações Navais (ComOpNav), do apoio da Diretoria de Comunicações e Tecnologia da Informação da Marinha (DCTIM), do desenvolvimento do Sistema pelo Centro de Análises de Sistemas Navais (CASNAV) e do auxílio técnico do Centro de Tecnologia da Informação da Marinha (CTIM).

    O Comando do Controle Naval do Tráfego Marítimo congratula todos os militares e servidores civis que participaram do desenvolvimento desta primeira fase do projeto CRT-AMAS e de igual maneira, a todos os envolvidos no processo de homologação, acessibilidade e hospedagem deste novo sistema que contribuirá sobremaneira para o cumprimento de nossa missão, que elevará o intercâmbio de informações de acompanhamento do tráfego marítimo entre os países da AMAS, via Internet e em tempo próximo ao real, como também por sua utilização nessa primeira fase de implantação nos exercícios internacionais de CNTM.

    CERIMÔNIA DE ENTREGA DE PRÊMIOS CNTM 2010

    No dia 23 de julho de 2010 o Comando do Controle Naval do Tráfego Marítimo coordenou a cerimônia de entrega de prêmios relacionados à Segurança Marítima que teve lugar no Salão Nobre do Edifício Tamandaré, localizado no complexo do 1º Distrito Naval Centro do Rio de Janeiro.

    A cerimônia, que é realizada anualmente, foi presidida pelo Exmo. Sr. Almirante-de-Esquadra MARCUS VINICIUS OLIVEIRA DOS SANTOS Comandante de Operações Navais e Diretor-Geral de Navegação, e contou com a participação de diversos representantes da Comunidade Marítima e Organizações Militares da Marinha do Brasil.
    Foi destacado o relevante trabalho realizado pelas Empresas de Navegação, Navios Mercantes, meios navais e aeronavais no incremento da Segurança Marítima. Foram entregues os seguintes prêmios:

    “Segurança no Mar”, aos Navios Mercantes que mais se destacaram no envio de informações ao Sistema de Informações sobre o Tráfego Marítimo (SISTRAM) e às suas respectivas empresas:

    • NM COPACABANA – ALIANÇA Navegação e Logística Ltda.
    • NM NORSUL CARAVELAS – Companhia de Navegação NORSUL
    • NM CAP MORETON – ALIANÇA Navegação e Logística Ltda
    • NM WARWICK – Petróleo Brasileiro S/A – PETROBRAS
    • NM BLU STAR – ISS Marine Services Ltda

    “Salvamento no Mar”, aos Navios Mercantes que distinguiram-se pela participação efetiva em busca e salvamento no mar:

    • NM CRYSTAL PIONEER – CARGILL AGRICOLA S/A;
    • NM HOKUETSU DELIGHT – Agência Marítima CARGONAVE Ltda;
    • NM MARFRET DOUCE FRANCE – Wilson Sons Agência Marítima Ltda;
    • NM UAL TEXAS – Heitor Gusmão Comércio e Representações Ltda;
    • NM MSC FIAMMETTA – MSC MEDITERRANEAN SHIPPING BRASIL;
    • NM GRAIN HARVESTER – RODOS Agência Marítima Ltda.

    “Contato-CNTM”, aos Navios e Esquadrão de Helicópteros da MB que transmitiram ao COMCONTRAM o maior número de partes de contato com navios mercantes:
    “Contato-CNTM” Esquadra, aos navios subordinados ao Comando-em-Chefe da Esquadra

    Navios Soltos
    Navio-Escola Brasil
    Comando do 1o Esquadrão de Escolta
    Fragata Defensora
    Comando do 2o Esquadrão de Escolta
    Corveta Frontin
    Comando do 1o Esquadrão de Apoio
    NT Almirante Gastão Motta

    “Contato-CNTM” DHN

    Navio-Oceanográfico Antares

    “Contato-CNTM” Distrital

    Comando do 1o Distrito Naval
    Navio-Patrulha Guajará
    Comando do 2o Distrito Naval
    Navio-Patrulha Guaratuba
    Comando do 3o Distrito Naval
    RbAM Triunfo
    Comando do 4o Distrito Naval
    Navio-Patrulha Guarujá
    Comando do 5o Distrito Naval
    Navio-Patrulha Babitonga
    Comando do 9º Distrito Naval
    Navio Hospital Carlos Chagas

    “Contato-CNTM” Esquadrão de Helicópteros

    1o Esquadrão de Helicópteros de Esclarecimento e Ataque

    “ORGACONTRAM-CNTM”, à Delegacia da Capitania dos Portos em Itajaí que obteve o melhor desempenho nos exercícios de Controle Naval do Tráfego Marítimo, realizados no período de 01 de maio de 2009 a 30 de abril de 2010.

    SAIBA MAIS:

    7
    Deixe um comentário

    avatar
    7 Comment threads
    0 Thread replies
    0 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    7 Comment authors
    Jjose HenriqueJosé AugustoJ. ClaroBuenoRtadeuR Recent comment authors
      Subscribe  
    newest oldest most voted
    Notify of
    souzat19
    Visitante
    souzat19

    Esse sistema é tipo o SIVAM ?

    RtadeuR
    Visitante
    RtadeuR

    Não sabemos como funciona na prática, falta esclarecimentos mesmo.

    Bueno
    Visitante
    Bueno

    Parabéns pela matéria. Com poucos recursos a MB continua fazendo historia no continente.

    J. Claro
    Visitante
    J. Claro

    Espero desde já, mais sobre esse promissor sistema. Parece mesmo, com o Sivam naval.

    Abraço a todos

    José Augusto
    Visitante
    José Augusto

    Gostaria de mais informações, acho que realmente vale a pena uma matéria

    Jjose Henrique
    Visitante
    Jjose Henrique

    Estou sentindo falta de notícias sobre o P70 MACAÉ, pois onde vejo nomes de Navios patrulha pelo BRASIL em reportagens como esta não vejo citação alguma sobre ele.Alguem sabe por onde anda e o que esta fazendo.Abraços do MENDES.