domingo, abril 11, 2021

Saab Naval

Operações Aéreas na missão PAMIR

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Operações aéreas no PAN Charles de Gaulle, durante a missão PAMIR, em apoio aéreo as tropas terrestres da ISAF no Afeganistão.

- Advertisement -

4 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Padilha

Lindas imagens. Se um dia operarmos o Rafale, espero vê-lo assim.

Nautilus

Padilha,
Eu sinceramente espero NÃO ver o Rafale assim, SE viermos a operá-lo. Operar um caça caríssimo de adquirir e de manter, que é anunciado aos quatro ventos como multirole, sem ter um pod de designação de alvos integrado a ele e dependente de outras aeronaves para fazer isso, é o fim da picada!
Espero vê-lo com as bombas guiadas a laser, como na última foto, mas também com o pod Damocles integrado (já que tudo indica que não poderíamos integrar um pod Litening para fazer o mesmo serviço).

Guilherme Poggio

Caro Nautilus

O Damocles já está integrado ao Rafale. No entanto ele é utilizado somente pela marinha.

Tem uma entrevista com o Brigadier General Dominique de Longvilliers lá no Poder Aéreo sobre o assunto

http://www.aereo.jor.br/2010/11/21/cruzex-v-entrevista-com-o-brigadier-general-dominique-de-longvilliers/

a.morales

Tanto falam de retrofit de aeronaves masi antigas, mas a poderosa França que fabrica o “best of de bests” Rafale ainda precisa do veteraníssimo Super Etandard.

E vendo o Super Etandard ainda operando, fica fácil avaliar o tamanho da burrada que foi gastar os tubo$$$ que gastaram com o Rafale.

- Publicidade -

Guerra Antissubmarino

Doutrina de engajamento da US Navy contra submarinos inimigos

A doutrina de Guerra Antissubmarino (ASW) da US Navy (Marinha dos EUA) prioriza a destruição dos submarinos de um...
- Publicidade -
- Advertisement -