Home Data Comemorativa Submarino ‘Tupi’ completa 22 anos de incorporação

Submarino ‘Tupi’ completa 22 anos de incorporação

488
0

O Submarino Tupi (S 30), foi o terceiro navio e o segundo submarino a ostentar esse nome na Marinha do Brasil, em homenagem ao guerreiro e a nação Tupi.

Foi ordenado em fevereiro de 1984, junto ao estaleiro Howaldtswerke Deutsche Werft (HDW), em Kiel, na Alemanha.

Teve sua quilha batida (casco 197) em 8 de março de 1985, foi batizado e lançado em 28 de abril de 1987, tendo como madrinha a Sra. Heloísa Fonseca, esposa do ex-Ministro da Marinha Almirante-de-Esquadra Maximiano Eduardo da Silva Fonseca.

Foi entregue pela HDW em 20 de dezembro de 1988, ficando a partir dai como “navio isolado”, assumindo a função de Encarregado das Provas, Testes e Adestramento do Submarino, o Capitão-de-Fragata Paulo Sérgio Silveira da Costa.

Depois de realizar provas de mar e treinamento da tripulação no Báltico, foi submetido a Mostra de Armamento e incorporado a Armada em Kiel, Alemanha, em 6 de maio de 1989, segundo a Portaria n.º 1055 de 20 de dezembro de 1988, neste mesmo dia, passou a subordinação do Comando de Operações Navais.

A cerimônia de incorporação contou com a presença de autoridades civis e militares, brasileiras e alemãs, dentre elas o Ministro da Marinha, Almirante-de-Esquadra Henrique Sabóia, o ex-Ministro da Marinha, Almirante-de-Esquadra Maximiano da Fonseca e sua esposa, que foi madrinha do navio, o Chefe de Gabinete do MM, VA Jelcias Baptista da Silva Castro, que presidiu o ato de incorporação representando o Chefe do Estado-Maior da Armada, e o Coordenador do PRM, CA (EN) Armando de Senna Bittencourt.

Naquela ocasião, assumiu o comando o Capitão-de-Fragata Paulo Sérgio Silveira da Costa.

Seu atual Comandante é o Capitão-de-Fragata Gilberto Carlos Salles dos Santos.

FOTO: Edson Lucas, via NGB

NOTA do EDITOR: Conheça mais sobre a história do Tupi, acessando o NGB no site Navios Brasileiros

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of