Home Sistemas de Armas US Navy quer comprar mais 122 V-22 Ospreys por US$ 8 bilhões

US Navy quer comprar mais 122 V-22 Ospreys por US$ 8 bilhões

298
5

A Marinha dos EUA emitiu um RfP  (pedido de apresentação de propostas) à Textron e Boeing para compra de mais 122 aeronaves “tilt-rotor” V-22 Osprey. O contrato proposto supriria o Marine Corps e a Força Aérea até 2017, renovando o contrato atual por mais 5 anos.

A Textron e a Boeing estão no último ano do contrato de US$ 10,9 bilhões para o fornecimento de 174 aeronaves. O valor “flyaway” das novas aeronaves seria de US$ 65 milhões por unidade, resultando num contrato de aproximadamente US$ 8 bilhões. Se o contrato for fechado, poderá redundar numa economia de 10%.

As compras adicionais vão completar o plano dos Marines e da Força Aérea de se equipar com 410 aeronaves V-22. A Marinha quer ainda comprar separadamente mais 48 aeronaves depois de 2018.

O programa do Osprey entrou em produção total em setembro de 2005, depois de quatro anos de desenvolvimento adicional para corrigir uma série de deficiências, incluindo problemas de  projeto, segurança e confiabilidade que resultaram em dois acidentes no ano 2000, com a morte de 23 Marines.

O Osprey foi empregado com sucesso no Iraque e no Afeganistão. Uma das aeronaves também transportou o corpo de Osama bin Laden para o navio-aeródromo USS Carl Vinson, após sua morte num raide no Paquistão, no dia 2 de maio.

FONTE: Bloomberg

BATE-PAPO ONLINE: Converse com outros leitores sobre esta notícia no ‘Xat’ do Poder Naval, clicando aqui.

5
Deixe um comentário

avatar
4 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Mauricio R.GalantedaltonlBascheraGUPPY Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
GUPPY
Membro
GUPPY

Será se os EUA vão poder continuar gastando bilhões de dólares assim? E o acordo que o Obama assinou de reduzir gastos? A área militar é intocável?

Abs

Baschera
Visitante
Member
Baschera

Pois é….. parece que é intocável….mas logo vão se dar conta que o cartão de crédito que precisa ser pago (imprimem simplesmente o dinheiro que necessitam…sem lastro algum).

Credores não mais farão aplicações em títulos americanos, só se forem burros….a China, maior credora individual, já avisou que a farra acabou, além de mandar um recado: acabem com os gastos militares absurdos!

Uns gastam demais e outros…..

Sds.

daltonl
Membro
Active Member
daltonl

Para certas coisas, não há alternativa. Os CH-46s estão no fim e precisam ser substituidos.

abs

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Estão tungando 350 bilhões USD do Pentágono e tem mta gente lá, que não está gostando.
Opinam que o volume de cortes dos gastos militares, deveria ser sobre o custeio e não sobre o investimento.
Afirmam que isto pode comprometer, a vantagem tecnológica americana.