sábado, maio 28, 2022

Saab Naval

O substituto do Ouija (wee-gee) Board

Destaques

Alexandre Galante
Ex-tripulante da fragata Niterói (F40), jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Após 70 anos de uso o sistema Ouija, usado para controlar o posicionamento de aeronaves no convés dos porta-aviões americanos, será substituído por um programa de computador. A mesa consiste de um modelo em escala 1:192 do convés do porta-aviões com aeronaves em escala 1:192. O Ouija foi desenvolvido na Segunda Guerra Mundial. A mesa também indica a situação da aeronave (combustível, armas, esperando para ser levado para o hangar ou pronto para decolar) com o uso de parafusos de várias cores empilhados acima do modelo da aeronave. Outra mesa mostra o posicionamento no hangar.

Agora o Ouija será substituído por um programa de computador ADMACS (Aviation Data Management And Control System). A substituição já foi tentada antes, mas os operadores não aprovaram o software. O Ouija sempre mostrou ser barato, simples e difícil de quebrar. O ADMACS terá novas capacidades como controlar o estoque de peças de reposição, pessoal e combustível e outras informações relacionadas com logística, reparo e operação de aeronaves. O ADMACS deve estar em operação em todos os porta-aviões americanos em 2015.

FONTE: Strategy Page

- Advertisement -

3 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Joker

Jogo de “tabueliro” indispensavel a correta administração de espaço tão vital,esse é o tipo de know-how que nossa aviação naval não pode perder jamais.

martins

kkkk
Parece brinquedo de criança. Não conhecia esse item dentro de um porta-aviões.

Observador

É um equipamento muito simples, mas demonstra toda a complexidade da operação de um porta-aviões.

Organizar a disposição dos aviões em um espaço tão limitado influencia a logística (armamento, combustível, etc.) e até o estado de prontidão das aeronaves.

Não é só pousar e decolar com os “aviunzinhu”, não.

Como isto é feito no NAe São Paulo? Como era feito no Minas Gerais?

- Publicidade -
Publicidade
Parceiro

Últimas Notícias

‘Top Gun: Maverick’ impulsionará o recrutamento da Marinha dos EUA? A história diz que provavelmente não

Por Heather Mongilio “Top Gun: Maverick” é uma carta de amor à aviação naval americana e acontece quando a Marinha...
- Advertisement -