quarta-feira, dezembro 1, 2021

Saab Naval

Array

Navantia participa de concorrência internacional na Noruega

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.naval.com.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A-15-Cantabria

A Navantia compete com outros cinco estaleiros para construir um navio de apoio logístico para a Marinha da Noruega. Também estão no páreo o estaleiro Bergen Group, a DCNS, a Fincantieri e as coreanas Hyundai Heavy Industries e a Daewoo.

O prazo para a apresentação das propostas foi encerrado no dia 4 de janeiro e segundo o jornal La Voz de Galicia, a Noruega já iniciou o processo de avaliação das propostas. A Navantia oferece um navio com características semelhantes ao projeto Cantabria.

A fase de análise terminará em março, qunado será anunciado o vencedor da licitação internacional. E a partir do mês de abril serão iniciadas as negociações, previstas para seguirem até o mês junho ou julho. O valor do contrato está avaliado em 160 milhões de euros.

FONTE: Infodefensa (tradução e adaptação, Poder Naval, a partir do original em espanhol)

- Advertisement -

3 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
GUPPY

Sabe-se que as marinhas da Noruega e do Brasil tem necessidades diferentes de meios e com características também diferentes, mas será se não dava para ter feito uma parceria, um acordo, para a compra ser conjunta e assim sair mais em conta para os dois países?

Mauricio R.

E pq raios, os outros países teriam alguma obrigação, em fazer parcerias c/ o Brasil???

GUPPY

Obrigação nenhuma, mas por economia poderia ser interessante para os dois países compradores já que encomendar dois navios pode sair mais barato a unidade do que numa encomenda de um só.

Publicidade
- Publicidade -
Parceiro

Últimas Notícias

Reator nuclear pode tornar Brasil autossuficiente em radiofármacos

Empreendimento reduzirá riscos de desabastecimento e custos dos medicamentos, além de ampliar o acesso dos brasileiros à medicina nuclear São...
- Advertisement -