Colisão entre navio de patrulha francês e pesqueiro brasileiro

    576
    6

    pesqueiro brasileiro
    Na tarde da última quarta-feira o navio de patrulha francês La Gracieuse surpreendeu um grupo de cinco pesqueiros brasileiros, onde três realizavam pesca ilegal, em águas francesas cerca de dez milhas da fronteira marítima entre os dois países.

    Durante a aproximação do navio de patrulha os pesqueiros tentaram se reagrupar e fugir. Na execução da manobra de aproximação e em função das características meteorológicas locais, o pesqueiro ” Tititao I” colidiu com o La Gracieuse. Após a abalroamento o navio brasileiro emborcou.

    Seis pescadores brasileiros foram resgatados a bordo do navio francês. Os outros quatro pesqueiros evadiram-se.

    Após passar a noite no mar, o navio patrulha chegou ao Dégrad-des-Cannes na quinta-feira. Os pescadores brasileiros foram entregues à guarda-costeira.

    La Gracieuse

    FONTE: guyane1ere (tradução e adaptação, Poder Naval a partir do original em francês)

    NOTA DO EDITOR:La Gracieuse é um navio da classe P400, projetado pelo estaleiro francês CMN. Dez unidades foram construídas para a Marinha Francesa e metade delas já deu baixa. Esta é a mesma classe nos NaPa 500 Macaé da Marinha do Brasil.

    6
    Deixe um comentário

    avatar
    6 Comment threads
    0 Thread replies
    0 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    6 Comment authors
    Mauricio R.Marcosnunes netoGiordani RSaldoghisolfi Recent comment authors
      Subscribe  
    newest oldest most voted
    Notify of
    graanbarros
    Visitante
    Member
    graanbarros

    Deviam estar pescando lagostas na Guiana Francesa.

    aldoghisolfi
    Visitante
    Member
    aldoghisolfi

    PEna é que quase nunca acontece o contrário. É rara a notícia de interceptação de navios pesqueiros estrangeiros que estejam atuando dentro de nossas águas. Gostaria de saber mais.

    Giordani RS
    Visitante
    Giordani RS

    Pois é Aldo, até o uruguay intercepta pescador malandro…

    nunes neto
    Visitante
    Member
    nunes neto

    Vamos logo comprar esses cinco que deram baixa,kkkkk! Bom, acho que não interceptamos mais barcosde pesca de outros países,porque tanto o distrito naval em Belém quanto o do Rio Grande possuem uma dotação muito pequena de navios patrulha, se não me engano o 4 DN em Belém tem dois Bracuí e dois Grajáu,para tomar conta do litoral Maranhão, Pará ,Amapá fora toda a região Oriental da Bacia Amazônica.Abçs

    Marcos
    Visitante
    Member
    Marcos

    Achei que a embarcação que aparece na primeira imagem fosse a mais nova Fragata brasileira.

    Se bobear, chegaremos lá!!!

    Mauricio R.
    Visitante
    Mauricio R.

    OFF TOPIC…

    …absolutamente, somente p/ conhecimento, nosso litoral é mto aberto ao oceano e tb mto extenso; p/ esse tipo de belonave:

    (http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2013/01/ambassador-iv-fast-missile-craft.html)

    Qnto as tralhas francesas da classe P-400, uma foi vendida ao Quenia e as demais ou parte delas, seriam remotorizadas, ao invés de serem desativadas.