Caso ‘Santísima Trinidad’: governo argentino fala em sabotagem

    344
    32

    Santísima Trinidad afundada em puerto belgrano - foto cfnews13

    vinheta-clipping-navalO governo da Argentina disse nesta quarta-feira que não descarta a possibilidade de ter ocorrido uma “sabotagem” no naufrágio do destróier das Forças Armadas do país utilizado na Guerra das Malvinas contra o Reino Unido e que estava atracado em uma base naval.

    “Nós não descartamos sob nenhum aspecto a possibilidade de uma sabotagem”, disse hoje o ministro argentino de Defesa, Arturo Puricelli, em declarações à “Rádio 10”. O navio começou a afundar aparentemente na segunda-feira.

    “É raro que uma embarcação dessa envergadura, fabricada para a guerra e estando amarrada ao porto possa afundar em questão de horas sem nenhuma razão aparente”, acrescentou.

    O destróier Santísima Trinidad estava atracado na base naval de Puerto Belgrano (a cerca de 700 quilômetros ao sul de Buenos Aires) à espera de ser desmontado.

    Puricelli disse que pediu ao chefe da Marinha, Daniel Martín, que “acelere” o processo para investigar as causas do afundamento do barco, considerado a embarcação símbolo do desembarque das tropas argentinas nas Malvinas, em 1982.

    Para o ministro da Defesa teria sido uma “negligência muito grande” deixar as comportas do navio abertas, o que permitiu o naufrágio do destróier.

    O ex-comandante da embarcação, José Luis Trejo, denunciou à imprensa que a deterioração do Santísima Trinidad começou depois da Guerra das Malvinas, quando o Reino Unido “se negou a nos vender peças para reposição”.

    O destróier foi o primeiro estaleiro (sic) com mísseis da Argentina. A partir da década de 90, o Santísima Trinidad passou a ser usado para se extrair peças de reposição destinadas a uma embarcação idêntica, o Hércules.

    A Guerra das Malvinas, em 1982, envolveu a Argentina e o Reino Unido, que lutava.

    FONTE: Terra

    FOTO: cfnews13

    32
    Deixe um comentário

    avatar
    29 Comment threads
    3 Thread replies
    0 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    18 Comment authors
    Hugo_WolffRequenapaulofvjOzawaMAD DOG Recent comment authors
      Subscribe  
    newest oldest most voted
    Notify of
    Hugo_Wolff
    Visitante

    RT @podernaval: Caso ‘Santísima Trinidad’: governo argentino fala em sabotagem: O governo da Argentina disse nesta quarta-feira… http …

    Augusto
    Visitante
    Augusto

    Também acredito em sabotagem e dou o nome do principal suspeito: Fer, sobrenome Rugem.

    Giordani RS
    Visitante
    Giordani RS

    Augusto disse:
    23 de janeiro de 2013 às 20:35
    Também acredito em sabotagem e dou o nome do principal suspeito: Fer, sobrenome Rugem.

    Também! Mas o nome do sabotador é “Go” e o sobrenome “Verno”…

    Mas esses argentinos são legais. Não é eles que vão pro inferno, é o diabo que quer ser argentino…

    Sofisma se aprende na escola…

    Carlos André
    Visitante
    Carlos André

    Pelo que entendi da declaração do ex-comandante do STrindade ele queixou-se que os ingleses barraram os sobressalentes para o navio depois da guerra. Que diabos ele espereava??? Desculpa esfarrapada para não falar que os Kitchner desmontaram as FAs nesses dez ultimos anos

    MO
    Membro

    Isso aparentemente cheira alem de tudo problemas no controle de bombas e tanques de lastro … o negocio ta feio mesmo

    thomas_dw
    Visitante
    Member
    thomas_dw

    vai servir como um bom teste para a engenharia deles, o casco carcomido de ferrugem pode partir em dois com a torcao ao ser colocado na horizontal.

    E depois vai ser um sufoco se livrar do bagulho.

    daltonl
    Membro
    Active Member
    daltonl

    “É raro que uma embarcação dessa envergadura, fabricada para a guerra e estando amarrada ao porto possa afundar em questão de horas sem nenhuma razão aparente”, acrescentou.” Na US Navy eles classificam um navio no estado do Santissima Trindade como “categoria de manutenção X ” que é aquele que ” não receberá manutenção, apenas segurança contra fogo, INUNDAÇÃO e roubo. São navios que aguardam uma disposição final, seja desmantelamento, venda, designação como alvo ou recife artificial ou museu/memorial que segundo li era provavel. Se tais medidas de segurança não estavam sendo devidamente observadas e há razões para duvidas devido a… Read more »

    jacubao
    Membro
    jacubao

    E quem iria querer sabotar uma lata de sardinha abandonada como esse destróier???? Só alguém muito burro mesmo, até porque o HERCULES já não dá mais no coro ha muito tempo. Está só a casca.

    daltonl
    Membro
    Active Member
    daltonl

    Jacuba…

    o “Hercules” foi convertido em um navio de transporte veloz, teve o lançador de Sea Dart retirado e o hangar aumentado para acomodar 2 Sea Kings e continua ativo.

    abs

    Mauricio R.
    Visitante
    Mauricio R.

    A sabotadora se esconde na “Casa Rosada” e atende pelo codigo “Presidenta Cristina”!!!

    Soyuz
    Visitante
    Member
    Soyuz

    Em que na opinião dos senhores este episódio é diferente do afundamento de um submarino da MB que estava atracado em sua base?

    adrianobucholz
    Visitante
    adrianobucholz

    OPA!! Já era previsto essa desculpa……………….

    adrianobucholz
    Visitante
    adrianobucholz

    Sei que não tem nada a vê mas lembrei desta charge de anos atras!!! hehhehehe

    http://charges.uol.com.br/2004/12/03/brasil-a-verdade-sobre-o-acidente/

    MO
    Membro

    Rsss eh um NASH contra um AB o ARA Juan R. Riquelme …. bem por ai mesmo (visao sapiencia de emprença leiga) mesmo sendo charge e bla bla bla …

    Sem contar que algo do genero ja aconteceu, inclusive sobrando para um grande amigo …

    Fabio ASC
    Visitante
    Fabio ASC

    Isso é obra do SAS, que, com medo desta magnífica belonave (feionave) levasse a Guerra às Falklands denovo.

    MO
    Membro

    opa opa opa, feionave ??????????????????? ah ele nao eh um quadrado – retangulo … Fabio vc vai pro Acre Enferno … rsssss

    Vader
    Membro
    Member

    De fato, acho que foram os ingleses que o afundaram. Vai ver que estavam com medo de uma nova invasão às Falklands…

    Caras, existe país mais hipócrita e sem noção no mundo que a Argentina? 🙂

    MO
    Membro

    sem noção tem aquele pais que fica entre o oruguai e a guiana …

    HMS TIRELESS
    Visitante
    Member
    HMS TIRELESS

    Mais um factóide da vasta coleção da Senhora K, a louca, tendo em vista que a justiça local tem barrado sistematicamente a malfadada Ley de medios….

    MAD DOG
    Visitante
    MAD DOG

    Senhores, vocês não precebem!!!

    É claro que foi sabotagem, com certeza dos Ingleses, afinal, a “Louca”, já exigiu a retirada das tropas inglesas das Malvinas.
    Logo os mesmos já inciaram a guerra que essa doida tanto aspira para se acobertar de suas cagad… e ainda sair como heroína quando da sua derrota e justificar sua incompetência.

    Pelo menos foi isso que o médico psquiátrico dela me narrou e pediu para não contrariá-la!!!…rsrsrs…

    É uma piada….

    Giordani RS
    Visitante
    Giordani RS

    Vader disse:
    24 de janeiro de 2013 às 10:15
    Caras, existe país mais hipócrita e sem noção no mundo que a Argentina?

    Francês é um argentino disfarçado de europeu ou argentino é um francês disfarçado de sulamericano????

    Fabio ASC
    Visitante
    Fabio ASC

    MO, depois que falaram aí em cima que o enferno é na argentina, prefiro o Acre….. kkkkk

    Ozawa
    Visitante
    Member
    Ozawa

    Mas é evidente que houve sabotagem ! Ora ! Mas isso tá proa !

    O nome dos sabotadores são: Raúl Ricardo Alfonsín; Carlos Saúl Menem; Fernando de la Rúa; Adolfo Rodríguez Saá; Eduardo Camaño; Eduardo Alberto Duhalde; Néstor Carlos Kirchner e Cristina Kirchner !

    Foi uma verdadeira legião diabólica contra a Santíssima Trindade !

    Fabio ASC
    Visitante
    Fabio ASC

    O MO, as T 42 realmente são muito “belas”, mas esta aí, colocaram aquela bandeirinha azul desbotado e “enfeiou”.

    thomas_dw
    Visitante
    Member
    thomas_dw

    Os sabotadores foram os Militares que durante a Ditadura na Argentina embarcaram em um programa de compras insano de armas e depois perderam uma Guerra, foram eles que compraram toneladas de equipamento sem olhar daonde ia sair o dinheiro para pagar as compras e depois fazer a manutencao.

    Esse Destroyer ja teria virado sucata, se a Marinha da Argentina tivesse o dinheiro para sucatea-la, como nao da pra vender de graca, o bagulhi ficou apodrecendo no Porto, ate que afundou.

    daltonl
    Membro
    Active Member
    daltonl

    Teste !

    daltonl
    Membro
    Active Member
    daltonl

    Soyuz… O Tonelero apesar de antigo ainda era uma unidade ativa da Marinha, enquanto o Santissima Trinidad não e apenas aguardava um destino o que as vezes leva muitos anos e se o navio não for vistoriado periodicamente, corre risco sim de afundar no atracadouro. O USS Forrestal por exemplo, foi descomissionado 20 anos atrás e só no ano passado decidiu-se finalmente que ele irá para o desmanche, após ser canibalizado e todas as tentativas de transforma-lo em museu terem falhado. Parece ter havido negligencia dos poucos tripulantes a bordo no caso do Tonelero que encontrava-se no Arsenal de Marinha… Read more »

    jacubao
    Membro
    jacubao

    adrianobucholz disse:
    24 de janeiro de 2013 às 7:34

    Sei que não tem nada a vê mas lembrei desta charge de anos atras!!! hehhehehe

    adrianobucholz, eu sinto até arrepio desse episódio na RADEMAKER em 2004. Eu nunca havia chegado tão perto da morte como naquele dia, mas graças ao nosso misericordioso Deus, saimos todos vivos.

    paulofvj
    Visitante
    paulofvj

    Vejam a reportagem de ontem no Clarin: “La flota cada vez navega menos y le faltan repuestos y municiones”

    Requena
    Visitante
    Active Member
    Requena

    A fanfarrona acha que engana quem com esse papo?
    Além dos “militontos” quem mais cai nessa conversa?

    Vader
    Membro
    Member

    daltonl disse:
    24 de janeiro de 2013 às 22:17

    Acontecer acontece mesmo e o único navio que não pode afundar é aquele que repousa no solo marinho.

    O problema é falar que foi sabotagem…

    daltonl
    Membro
    Active Member
    daltonl

    “O problema é falar que foi sabotagem…”

    Mas, como se diz…uma mentira contada muitas vezes torna-se uma verdade, não me surpreenderei se for aceito por alguns como verdade especialmente entre os Kirchneristas mais arraigados.

    O curioso é que o Santissima Trinidad foi de fato vitima de uma sabotagem pelos Montoneros quando ainda encontrava-se em construção o que atrasou a conclusão em pelo menos um ano.